logo

Telefone: (11) 3024-9500

As melhores cervejas Porter de São Paulo para provar neste inverno | Qual Viagem Logo

beer-1670872_1920

As melhores cervejas Porter de São Paulo para provar neste inverno

14 de junho de 2018

O buscador Viajala.com.br fez um roteiro para aproveitar a estação fria saboreando essa bebida encorpada, que tanto lembra o café.
O Brasil tem duas bebidas que são paixões nacionais: o café e a cerveja. Como, às vezes, essas paixões se misturam, a equipe do blog do buscador colombiano Viajala.com.br, especialista em viagens, fez um guia para provar deliciosas cervejas do estilo Porter em São Paulo neste inverno.
“Várias cervejas escuras têm sabor e aroma que remetem ao do café devido à torrefação do malte, mas isso não quer dizer que elas realmente adicionem café na fórmula”, explicaa Luísa Dalcin, gerente de conteúdo do Viajala e editora de gastronomia da equipe. “No Brasil, são poucas as cervejas que realmente adicionam café, caso da Demoiselle, da Colorado, e da Espresso, da porto-alegrense Tupiniquim”.
Como são fortes e encorpadas, as bebidas têm tudo a ver com as estações mais frias e degustá-las pode ser um bom programa neste inverno. Conheça as melhores cervejas com cara de cafezinho escolhidas pela equipe do Viajala em São Paulo e onde encontrá-las:
30549923_2096477330392392_1004200333_o
Bar do Urso
Rua Mourato Coelho, 23 – Pinheiros 
Para começar, uma cerveja que realmente leva café na sua fórmula: a Demoiselle, da Cervejaria Colorado, de Ribeirão Preto, é uma das boas porters brasileiras, de sabor bem intenso. A cervejaria abriu no ano passado o Bar do Urso, com os chopes da fábrica, cervejas de garrafa e uma pequena lojinha, em um ambiente bem convidativo no bairro de Pinheiros. O chope da Demoiselle custa R$12 (300ml) e as comidinhas ficam por conta dos restaurantes da região – seguindo uma tendência de bares sem cozinha  de São Paulo, os clientes podem pedir delivery e comer ali mesmo, nas simpáticas mesinhas do lugar.
Cervejaria Nacional
Av. Pedroso de Morais, 604 – Pinheiros

Desde 2011, quando a Cervejaria Nacional abriu as portas, houve um boom de bares de cerveja artesanal em São Paulo e diversas casas do gênero se espalham pelos bairros da capital. Mas, até hoje, a Nacional ainda está entre as melhores. As cervejas são inspiradas em lendas brasileiras (a partir de R$10, 300ml) e as porções para petiscar dividem com elas o protagonismo do bar. Além de investir nas gostosas IPA Mula e Ale Curupira, a casa também capricha na Stout Saci, de sabor e aroma tostados e de espuma cremosa.São Paulo Tap House
Rua Girassol, 340 – Vila Madalena

Um dos melhores bares de São Paulo para saborear cervejas artesanais (são 40 torneiras!), o SPTH também tem uma localização privilegiada (do ladinho do Beco do Batman, um dos pontos mais concorridos da Vila Madalena), porções fartas de petiscos e burgers suculentos – come-se bem a partir de R$22. Além disso tudo, a casa oferece uma experiência focada em cervejas escuras chamada “O lado negro”: por R$38, você pode degustar quatro chopes de 190ml que vão de cervejas leves, como a American Brown Ale Cosmonauta, da Burgman, a bem encorpadas, como a Imperial Porter Bravo, da 3 Lobos, maturada em barris de amburana. As torneiras mudam frequentemente e, com isso, a experiência também ganha diferentes roupagens o tempo todo.beer-2435382_1920
Câmara Fria
R. Graúna, 137 – Moema
Não é fácil encontrar chope da mineira Wäls em São Paulo – e os fãs da marca já descobriram onde ir quando querem degustá-la. O bar Câmara Fria é até meio secreto, já que fica em cima do bar Original e não há nenhum letreiro óbvio indicando como chegar lá. Mas, uma vez lá dentro (dica: procure por uma porta de câmara fria, literalmente), prove a deliciosa Petroleum, uma Russiam Imperial Stout licorosa com 12% de teor alcoólico. Os chopes tem 250ml (a partir de R$10), mas também dá para pegar cervejas no “freezer-banheira”, onde elas ficam dispostas cobertas de gelo. Para acompanhar, pizzas da famosa pizzaria Braz e petiscos.
Texto por: Agência com edição
Fotos: Divulgação

Comentários