logo

Telefone: (11) 3024-9500

As belas e escondidas cachoeiras de Corupá, em Santa Catarina | Qual Viagem Logo

Foto reprodução turismo.corupa.sc.gov.br

As belas e escondidas cachoeiras de Corupá, em Santa Catarina

28 de dezembro de 2018

A pequena cidade de Corupá, localizada no norte do estado de Santa Catarina, ainda é pouco conhecida e valorizada como destino turístico. Nós, da Qual Viagem, recomendados uma escapada por lá nessas férias de verão!

A Rota das Cachoeiras oferece nada menos que 14 cachoeiras em uma área de 1.156 hectares. Na região, há a ocorrência da Floresta das Araucárias e da Mata Atlântica e no parque já foram catalogadas mais de 200 espécies de plantas, sendo algumas ameaçadas de extinção, como a Canela Preta, que leva cerca de 100 anos para se reproduzir. As cachoeiras, abastecidas pelo Rio Novo, ficam dentro da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Emílio Fiorentino Battistella. Além das grandes belezas das quedas d’águ , é possível apreciar também a exuberante fauna e flora.

Foto reprodução turismo.corupa.sc.gov.br

Foto reprodução turismo.corupa.sc.gov.br

Corupá, em língua indígena, significa ‘lugar de muitas pedras’. Fundada em 1897 por colonizadores alemães, italianos e poloneses, chamou-se inicialmente Hansa Humboldt em homenagem ao alemão Alexandre Von Humboldt. Em 1958 foi desmembrado de Jaraguá do Sul e conquistou a emancipação política. O trajeto das quedas é feito por trilhas. A Trilha Passa-Águas, que contorna o rio, permite a caminhada próximo às águas, tem extensão de 2.900 metros e tempo de percurso aproximado em 3h30, ida e volta. As paisagens ao longo do Rio Novo são de tirar o fôlego e revelam um dos cenários mais belos do sul do Brasil.

A cachoeira de Salto Grande tem 125 metros de altura, sendo a maior de todas da rota. O número de visitantes diários do parque chega a 1.500 na alta temporada.

Entre os animais existentes na reserva estão o sabiá, o tucano-de bico verde, o macaco-prego e o bugio-ruivo. Ao todo, segundo a bióloga Tatiane Aparecida Batista, são 380 espécies de aves e 40 espécies de mamíferos catalogados. Porém, segundo ela, com certeza existem outros animais na região.

Foto por Iolita Cunha/ Santur

Foto por Iolita Cunha/ Santur

Além da importância ecológica, a água forma um reservatório orgânico, servindo como uma caixa d’água e se tornando um filtro natural para as sete cidades do Vale do Itapocu, que atende cerca de 420 mil pessoas. “Cerca de 40% do abastecimento das cidades vem deste rio. A cidade de Corupá é uma grande produtora de flores e plantas decorativas. São dezenas de produtores que comercializam a sua produção para todo o Brasil e ainda exportam várias delas. O município ainda é um dos maiores produtores de banana do Brasil.  A fruta nesse local é considerada a mais doce do Brasil. Corupá, São Bento do Sul, Rio Negrinho e Campo Alegre formam ainda o Consórcio Quiriri. São 04 cidades que fazem divisa e pretendem ser o mais novo produto turístico do estado de Santa Catarina.

Depois da aventura, a reflexão

A estrutura que tem influências da arquitetura germânica impressiona pelo tamanho e beleza. O Seminário Sagrado Coração de Jesus, em Corupá, é um berço histórico e um “velho conhecido” ponto turístico da região. Mais do que um amplo espaço para visita e realização de eventos, tanto na área externa quanto em espaços internos, o local guarda uma riqueza cultural e histórica ímpar em cada um de seus prédios, que são preservados e tratados como verdadeiros tesouros. Depois de deliciar-se na Rotas das Cachoeiras, vale a pena explorar essa riqueza arquitetônica de quase um século de vida.

O local serviu como base para os estudos sacerdotais e chegou, nos tempos áureos, a receber 230 seminaristas. Afinal, foi exatamente por isso que o seminário começou a ser construído em 1929 e inaugurado em 1932 . Quando abrigava os estudantes, o seminário dispunha de alojamentos coletivos, banheiros, cozinha industrial, lavanderia, padaria, açougue, bibliotecas, salas de estudos, anfiteatro, sala de jogos e área esportiva, além de capela e um viveiro. Hoje, com 84 anos de idade.

Foto por Norberto Cidade/ Santur

Foto por Norberto Cidade/ Santur

O silêncio que paira sobre o Seminário remete a tudo que viveu e vive naquele ambiente. Natureza, lazer, história e religião se integram no espaço que guarda em suas paredes muita história.  O Museu mais antigo de Santa Catarina está abrigado na construção, a capela que foi construída para atender aos seminaristas hoje é disputada por noivos que querem se casar lá, café colonial, loja de souvenir religiosos, restaurante e espaços para lazer e prática esportiva são algumas das opções desfrutadas pelos visitantes.

Além disso, o local é sede da Fábrica de Velas e da fabricação da tradicional bebida Bitter, recomendável para a circulação. Aos domingos o restaurante do local oferece um Buffet de comida tradicional alemã, com toques especiais da cozinha campeira.

Serviço
Rota das Cachoeiras
Corupá
(47) 3375-2232 – Consulte Facebook – Rotas das Cachoeiras Corupá
Horário de funcionamento: diariamente das 7h30h às 17h.
Valor do ingresso: R$20

Onde ficar

Nossa recomendação de hospedagem é o Hotel Serra Alta em São Bento Sul. www.serraaltahotel.com.br

Como Chegar

De avião até Joinville . De lá são 80 quilômetros ou de Curitiba 140 Km. Alugue um carro ou contrate uma empresa de receptivo.

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por reprodução turismo.corupa.sc.gov.br

Comentários