logo

Telefone: (11) 3024-9500

American ampliará ofertas durante a Copa do Mundo | Qual Viagem Logo

Ed6-23

American ampliará ofertas durante a Copa do Mundo

13 de maio de 2014

A companhia aérea American Airlines, um dos maiores símbolos da economia americana, começou a traçar sua história em 15 de novembro de 1926 quando Charles Lindbergh, piloto chefe da empresa Robertson Aircraft, transportou um malote de correspondência da cidade de Chicago para St. Louis em um bi-plano DH-4.
Esse voo pode ser considerado o primeiro da empresa que viria a se tornar a American Airlines.
Em 25 de Janeiro de 1930 com rotas de Dallas para Boston, Chicago, Los Angeles e Nova York a empresa chamava-se American Airways.
Essa companhia aérea era resultado da unificação das operações de cinco empresas sob uma mesma administração, resultaram de diversas fusões, e da união de 85 empresas.
Quatro anos mais tarde, em 11 de abril de 1934, a empresa passava a se chamar oficialmente American Airlines.
A nova companhia aérea já surgia como uma verdadeira águia, preparada para vencer e dominar o mercado, introduzindo grandes estratégias de publicidades, entre elas a famosa “Afraid to Fly”, organizando promoções (Air Travel Plan), e popularizando assim o transporte aéreo. Em 25 de junho de 1936 na rota entre a cidade de Chicago e Newark, foi o primeiro voo a dar lucro para a empresa apenas pelo transporte de passageiros. Começava uma nova era na aviação.
No ano seguinte se tornou a primeira companhia aérea a carregar mais de 1 milhão de passageiros anualmente. Nessa época a American Airlines já havia se tornado a maior empresa aérea dos Estados Unidos.
Em 1959, chegam os primeiros Boeing 707, responsáveis pela entrada da empresa na era do jato. Na década de 70 consolidou ainda mais suas bases, automatizou seu serviço de check- in, comercializou o sistema SABRE para várias agências de turismo dos Estados Unidos, expandiu significativamente suas rotas, aproveitando-se da desregulamentação do transporte aéreo norte-americano.
Em 1979, mudou sua sede de Nova York para Dallas/Fort Worth, no estado do Texas.
A expansão de rotas e de frota continuou ao longo da década de 80 e no princípio da década de 90 a empresa tinha a maior frota do mundo.
A expansão acabou levando a empresa a inaugurar rotas transpacíficas, para a América Latina e novos voos para a Europa. Os anos noventa trazem uma marca significativa: um bilhão de passageiros transportados (1991); recebeu seus primeiros MD-11; inaugurou vários voos transpacíficos; a criação da Oneworld, em 1998; e a utilização dos novos Boeing 777 em algumas de suas rotas a partir de 1999.

American no Brasil
A história entre a companhia aérea e o Brasil começou há exatos 23 anos, com um voo pouco lembrado que unia sem escalas o Rio de Janeiro a Dallas. A companhia aérea opera atualmente 95 voos semanais a partir de nove cidades brasileiras.
São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus, Recife, Salvador, Brasília, Curitiba e Porto Alegre, para Nova York, Miami, Dallas e Los Angeles. O American Airlines Group (NASDAQ: AAL) é a holding da American Airlines e da US Airways.
Em conjunto com American Eagle e US Airways Express, as companhias aéreas operam uma média de aproximadamente 6.700 voos por dia para 339 destinos em 54 países, a partir de seus hubs em Charlotte, Chicago, Dallas/Fort Worth, Los Angeles, Miami, Nova York, Filadélfia, Phoenix e Washington D.C. Os programas AAdvantage da American e US Airways Dividend Miles permitem que seus membros ganhem e resgatem milhas em viagens e compras cotidianas, bem como upgrades de voos, pacotes de férias, locação de veículos, estadias em hotel e outros produtos de varejo.

A American é membro fundador da aliança oneworld®, cujos membros e parceiros atendem aproximadamente 1.000 destinos com 14.250 voos diários para 150 países.

O Brasil representa que posição para empresa em termos de mercado?
O Brasil é uma das operações internacionais mais importantes da American Airlines.
Acreditamos e apostamos muito no crescimento no mercado brasileiro. Hoje, em termos de América do Sul, o Brasil é estratégico. Quais as novidades tecnológicas? Nossos clientes viajando com passaporte da América Latina e Caribe, incluindo o Brasil, agora podem fazer o check-in de seus voos via web. Com este novo serviço, os passageiros poderão fazer check- -in online por meio do aa.com, de duas a 24 horas antes do voo, se estiverem viajando para os EUA ou para seu País natal.
É possível realizar também check-in, mudança de assento e solicitação de upgrades Além disso, os clientes podem imprimir os cartões de embarque em casa ou via máquinas de autoatendimento no aeroporto.

Quais os novos destinos operados pela cia ?
Em 2013, a American Airlines continuou a aumentar sua rede global na América Latina, Europa e Ásia. No Brasil, a companhia lançou o novo voo entre Curitiba, Porto Alegre e Miami em novembro de 2013, bem como o novo voo entre São Paulo e Los Angeles , em dezembro de 2013.

Opera com quais equipamentos no Brasil? Qual a atual frota da cia aérea?
No Brasil, a American opera com as aeronaves 767, 757, 777-200 e 777-300ER. O 777-300ER opera o voo Guarulhos/Nova York e o Guarulhos/Dallas e, em outubro deste ano, o voo Guarulhos/Miami também será operado por essa aeronave.

A American tem qual expectativa para a Copa do Mundo?
Para o período da competição, a American Airlines agendou alguns de seus voos com aeronaves maiores: Os voos Galeão/Miami/Galeão serão operados pela aeronave 777- 200, entre 2 de junho e 1 de julho (o 767-300 é a aeronave usada regularmente nesta rota); Os voos Miami/Recife/Miami serão operados pela aeronave 767- 300, entre 2 de junho e 1 de julho (o 757 é a aeronave usada regularmente nesta rota). Esses voos também serão operados diariamente durante o período mencionado.

A empresa pensa em alguma fusão?
Em dezembro de 2013, a American Airlines concluiu oficialmente sua fusão com a US Airways e iniciou sua jornada para restaurar a posição da American de maior companhia aérea do mundo.

Comentários