logo

Telefone: (11) 3024-9500

9 motivos para curtir Valência: a terra da Paella | Qual Viagem Logo

Aerial view of Valencia, Spain

9 motivos para curtir Valência: a terra da Paella

24 de agosto de 2017

A cidade de Valência é uma opção interessante para ser visitada na Espanha. O ideal é ficar de dois a três dias para curtir a bela cidade que foi a responsável pela criação da Paella, um dos principais pratos da culinária espanhola.

Se você entrar pela Espanha por Barcelona pode ir a Valência utilizando-se do trem de alta velocidade, são pouco menos de 3 horas. Quem entrar por Madrid pode utilizar voos econômicos, com 50 minutos de duração , ir de trem ou de ônibus.

Valência é uma cidade com mais de 2 mil anos de história. Foi fundada pelos romanos no ano de 138 a.c, a cidade tem mais de 2 mil anos de história. Denominada antes de Valentia, com a queda do Império Romano ela foi parar nas mãos dos visigodos e por volta do ano 718 passou ao domínio muçulmano. Em 1238 Jaime I, rei da coroa de Aragão, conquistou Valência que passou a ser parte do reino aragonés-catalão. Confira 9 motivos para visitá-la

1. Catedral de Valência

The Metropolitan Cathedral-Basilica of the Assumption of Our Lady of Valencia in Spain

Foto por iStock / Leonid Andronov

Construída entre os séculos XIII e XV sobre uma antiga mesquita muçulmana, o seu estilo predominante é o gótico, porém, ao longo do tempo, foram incorporados outros estilos como o Barroco. É dedica a Santíssima Virgem Maria. Curiosidade: a igreja tem três portas, cada uma de um estilo arquitetônico diferente. A entrada principal é pela praça de la Reina, pela porta de estilo Barroco.

2. Basílica e praça de la Virgen

Valencia, Spain - May 14, 2016: Views of the different buildings and streets of the city of Valencia, Spain

Foto por iStock / jslsvg

Junto a catedral está a praça de la Virgen JUNTO A fonte de Netuno e as falleras (as rainhas da festa das Fallas). A praça está localizada no antigo fórum romano. Aqui também está a basílica de Nossa Senhora de los Desamparados, uma igreja com um teto barroco muito lindo. Vale entrar para ver a pintura do teto, ao estilo dos tetos das igrejas barrocas italianas.

3. Museu La Almoina

3-reproducao

Foto por Reprodução via museosymonumentosvalencia.com/museos/centro-arqueologico-de-la-almoina/

Atrás da catedral está o museu La Almoina, um lugar onde o visitante se transporta a mais de 2000 mil anos de história. No subsolo, deste museu, ficam as ruínas da antiga cidade romana de Valentia e alguns restos da cidade visigoda.

4. Palácio da Generalitat

Generalitat of Catalonia Palace in Barcelona, Sant Jaume square

Foto por iStock / TomasSereda

 

É a sede oficial do governo da comunidade valenciana e o palácio está justamente na frente da Basílica da N. Sra. dos desamparados. O edificio começou a ser construído em 1421 e mais adiante recebeu uma torre renascentista, que é vista da praça da Virgem. O destaque deste prédio é o salão dourado, com um teto precioso com madeira entalhada.

5. La Lonja

The "Lonja de la Seda", or "Silk Market", Valencia is one of the tourist attractions of the city, is located in the historical center of Valencia, opposite the Central Market.

Foto por iStock / cavallapazza

Conhecida como a lonja de la seda, porque dentro deste edifício os mercadores da seda realizava as transações comerciais. A construção é Patrimonio da Humanidade da Unesco. O lugar nos remete a história mercantil de Valencia. Destaque para o salão das colunas, com impressionantes colunas helicoidais de 16 metros de altura.

6. Mercado Central

Valencia, Spain - June 12, 2017: Shops at the colorful mercado central of Valencia, Spain

Foto por iStock / venemama

O mercado público de Valencia tem estilo modernista, começou a ser construído em 1914. Com uma bela cúpula , e estrutura de ferro com lindos vitrais e cerâmicas. Dentro dele encontramos uma variedade enorme de produtos da região: frutas, verduras, carnes e diferentes tipos de arroz. O mercado fica aberto só na parte da manhã, das 7 às 15h e a entrada é gratuita.

7. Ciudad de las Artes y las Ciencias

Valencia, Spain - June 29, 2012: Dawn over the futuristic architecture of the Ciutat de les Arts i de les Ciencies - City of Arts and Sciences - the the city of Valencia in the Pais Valenciano region of eastern Spain.

Foto por iStock / SteveAllenPhoto

Este complexo arquitetônico, cultural e de entretenimento causou muita polêmica quando foi construído. O arquiteto é Santiago Calatrava, o mesmo que acabou de construir o museu do Amanhã no Rio de Janeiro. O lugar fica um pouco afastado do centro de Valência e é preciso ir de ônibus até lá.

8. Praias de Valência

View over the town of Peníscola in the region of Valencia, Spain.

Foto por iStock / Simon Lehmann

As praias de Valência geralmente tem uma grande extensão de areia e muitos bares e restaurantes na orla. Dizem que lá é onde estão os melhores restaurantes de paella.

9. Comer Paella e tomar Hortaxa

Spanish dish paella with seafood, shrimps, squid, rice, saffron, traditional tasty dinner

Foto por iStock / Maria_Lapina

Prato típico e tradicional desta região, que produz o melhor arroz da Espanha. A verdadeira Paella Valenciana é feita com carne de coelho e frango. O restaurante Canela fica na Calle de Quart, 49 e é uma referencia para experimentar a iguaria gastronômica de Valência. O turista deve também experimentar a horxata que é uma bebida refrescante feita com chufa, um tubérculo, açúcar e água. A bebida é consumida na Espanha durante o verão, mas em Valência tem o ano todo. Em Valência tome uma horxata na tradicional horxateria Santa Catalina, Plaça de Santa Caterina, 6. Dentro e fora do mercado central também tem horxaterias deliciosas.

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por iStock / unclepodger

Comentários