Warning: file_put_contents(): Only 0 of 13 bytes written, possibly out of free disk space in /home/qualviagem/public_html/wp-content/plugins/wp-csv/wp-csv.php on line 299
 9 atrações na Nova Zelândia para celebrar o Ano da Luz
logo

Telefone: (11) 3024-9500

9 atrações na Nova Zelândia para celebrar o Ano da Luz Logo

nova zelândia destaq Tom Hall flickr

9 atrações na Nova Zelândia para celebrar o Ano da Luz

25 de novembro de 2015

Em uma iniciativa global para destacar a importância da luz e das tecnologias ópticas em nossas vidas, a Unesco elegeu o ano de 2015 como o Ano Internacional da Luz. Então a Nova Zelândia, conhecida por suas maravilhas naturais de luz e considerada pelo cineasta Peter Jackson, das trilogias de “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”, como o melhor país no mundo para se fazer filmagens por conta da luz, resolveu abraçar a causa.

O país, vizinho da Austrália, é a primeira nação do mundo a receber a luz de um novo dia e os primeiros minutos do Ano Novo, pela sua localização no globo. Além disso, da reserva internacional de céu escuro nos alpes do Sul a cavernas iluminados por vermes, a Nova Zelândia hospeda atrações turísticas iluminadas e festivais brilhantes de tirar o fôlego! Confira a seleção:

Aurora Austral

aurora austral peq nova zelândia divulgação

Foto: Ian Griffin/Otago Museum

Auroras Austrais são partículas eletricamente carregadas por ventos solares, que entram na atmosfera da Terra e reagem com seus gases. O resultado é um impressionante show de luzes, assim como as famosas Auroras Boreais. O fenômeno acontece durante o ano todo, no extremo sul da Nova Zelândia, mas não é muito previsível e é melhor visualizado entre março e setembro. Até o fim deste ano, será inaugurado o novo Planetário do Otago Museum, em Dunedin, onde será possível ver a Aurora Austral em qualquer dia do ano, sem ter que enfrentar as temperaturas da madrugada.

Como chegar: Dunedin está no sudeste da costa da Nova Zelândia e próximo de todos os principais aeroportos domésticos. Mais informações sobre o novo planetário, acesse: http://otagomuseum.nz

Aoraki Mackenzie International Dark Sky Reserve

aoraki mackenzie foto maki yanagimachi

Foto: Maki Yanagimachi

Aoraki Mackenzie, localizada no centro da Ilha Sul, é uma reserva de céu escuro com classificação ouro, em reconhecimento da qualidade dos céus quase livres de poluição e de luz da região. É uma área desprovida de luz urbana, que exibe um dos céus mais limpos do mundo, permitindo que as estrelas sejam mais brilhantes. A área de 4.300 quilômetros quadrados é delimitada por uma paisagem alpina espetacular, com os Alpes do Sul a oeste e a cordilheira Two Thumb a leste.

O chamado “Tekapo’s Earth and Sky”, que faz a operação turística do local, trabalha em colaboração com a Universidade de Canterbury e o Observatório Mt. John, e realiza tours diurnos e noturnos ao observatório. Guias realizam uma imersão e exploração do céu noturno por meio de telescópios e astro-fotografias.

Como chegar: Tekapo está a três horas e meio de carro a partir de Christchurch ou Queenstown. “Earth and Sky” realiza tours diurnos e noturnos para o Observatório de Mt. Cook. Para rmais informações, acesse http://earthandskynz.com

Kiwi

Nestor_notabilis_-Otorohanga_Kiwi_House,_New_Zealand-8a

Foto: Commons Wikipedia

O mais famoso pássaro nativo da Nova Zelândia, o kiwi, é um animal noturno. Então, para ter um vislumbre destas aves indescritíveis, é preciso uma tocha e orientação. O local para isso é o Zealandia Sanctuary, em Wellington, um santuário localizado em um vale de 225 hectares que providencia passeios noturnos com tochas para encontrar e ver o kiwi. Os chamados agudos do kiwi e outras aves podem ser ouvidos através do vale, enquanto os animais procuram alimentos pelo chão da floresta.

Como chegar: Zealandia está a dez minutos de carro do centro de Wellington. Há um serviço de transporte gratuito disponível a partir do Wellington i-SITE, que funciona durante todo o dia. Para mais informações, acesse: http://visitzealandia.com

Glow Worms

1280px-Glow_worms_hig_res_003 commons

Foto: Commons Wikipedia

Focado na atividade recreativa de caiaque, o Waimarino Adventure Park, na Ilha do Norte, leva os visitantes a passeios noturnos guiados para ver o brilho etéreo de milhares de glow worms – vermes com iluminação própria no teto de cavernas naturais de calcário. Remadores cruzam o lago McLaren em direção ao às secretas cavernas dos glow worms. Os passeios partem uma vez por dia, antes de escurecer, pois é preciso estar completamente escuro para no momento em que se chega na caverna para ver o show de luzes naturais dos glow worms.

Como chegar: a cidade de Tauranga, na região da baía de Plenty, na Ilha do Norte, está a três horas de carro de Auckland. O Waimarino Adventure Park fica a dez minutos de carro de Tauranga, às margens do rio Wairoa. Mais informações, acesse http://waimarino.com

Hobbits noturnos

Hobbit_holes_reflected_in_water

Foto: Commons Wikipedia

A atração turística Hobbiton – fazenda transformada em set de filmagem das trilogias de “O Senhor dos Aneis” e “O Hobbit” – também pode ser visitada no período noturno, e é um espetáculo à parte. As casinhas dos hobbits, assim como a grande árvore no centro do local e os caminhos sinuosos, são todos iluminados para receber os turistas, que agendam jantares no restaurante Green Dragon. O passeio pela propriedade de 4,8 hectares pode ser feito duas vezes por semana – às quartas e aos domingos – e contam com um guia contando as histórias de como os filmes foram criados.

Como chegar: Hobbiton está a duas horas de carro a partir de Auckland ou a 45 minutos de carro de Hamilton. Os tours para jantares acontecem duas vezes por semana nas noites de quarta e domingos. Para mais informações, acesse http://hobbitontours.com

Aoraki Mackenzie Starlight Festival

Aoraki Mackenzie Starlight Festival foto tom Hall flickr

Foto: Tom Hall flickr

O Aoraki Mackenzie Starlight Festival celebrou em outubro a criação da Aoraki Mackenzie International Dark Sky Reserve, primeira reserva internacional de céu escuro do hemisfério sul, no centro da Ilha Sul, na Nova Zelandia. O festival foi um dos eventos oficiais do Ano Internacional da Luz, de 2015. O evento mesclou atividades científicas, educativas e culturais. Mais informações, acesse http://light2015.nz

TSB Bank Festival of Lights

TSB Bank Festival of Lights nova zelândia commons

Foto: Commons Wikipedia

Todos os anos o Pukekura Park, em New Plymouth, um dos mais importantes jardins botânicos da Nova Zelândia, é transformado em um belo e iluminado país das maravilhas noturno, com luzes multi-coloridas brilhando entre as árvores e atraindo mais de 100 mil visitantes por edição. O TSB Bank Festival of Lights acontece durante sete semanas e apresenta uma mistura de atividades diurnas para crianças e famílias, filmes no parque ao crepúsculo e entretenimento noturno ao vivo. Este ano será de 13 de dezembro de 2015 a 31 de janeiro de 2016. Mais informações, acesse http://festivaloflights.nz

Wellington’s LUX Festival

Wellingtons LUX Festival foto james gilberd

Foto: James Gilberd

Wellington’s LUX é um festival de luz público e gratuito, que transforma a orla e vielas da cidade de Wellington em uma celebração de luz, arte, tecnologia e design. O festival apresenta uma variedade fantástica de esculturas de luz ao longo de uma trilha de luz urbana. As obras são acompanhadas por falas de artistas nacionais e internacionais, designers e pesquisadores; exibições e instalações pop-up; e divertidas atividades gratuitas. Acontece durante dez noites no mês de agosto. Mais informações, acesse: http://lux.org.nz

Albert Park’s Lantern Festival

Albert Park’s Lantern Festival Tim Dawson flickr

Foto: Tim Dawson flickr

E a capital Auckland não fica de fora da diversão luminescente, principalmente quando o Albert Park se acende todo mês de fevereiro, com o colorido Festival das Lanternas. Dezenas de milhares de moradores e visitantes vem todos os anos para apreciar esta celebração da cultura chinesa e as cores brilhantes das lanternas. O próximo evento acontece de 26 de fevereiro a 1º de março de 2016. Mais informações, acesse: http://aucklandnz.com/lantern

Texto por: agência com edição de Andressa Volpini

Foto destaque: Tom Hall flickr

Comentários