logo

Telefone: (11) 3024-9500

8 lugares históricos para visitar em Amã, capital da Jordânia | Qual Viagem Logo

The Ruins of the citadel Jabel al Qalah in the City Amman in Jordan in the middle east.

8 lugares históricos para visitar em Amã, capital da Jordânia

26 de março de 2019

Amã, capital da Jordânia, é uma fascinante cidade de contrastes – uma mistura única do antigo e do novo, situada em uma área de colinas entre o deserto e o fértil Vale do Jordão. No coração comercial da cidade, edifícios ultramodernos, hotéis, restaurantes, galerias de arte e lojas convivem harmoniosamente com cafés tradicionais e oficinas de artesãos. Há evidências do passado longínquo da cidade por todos os lados.

Devido à moderna prosperidade da cidade e ao clima temperado, quase metade da população da Jordânia está concentrada em Amã. Os bairros residenciais consistem principalmente em ruas e avenidas arborizadas, ladeadas por elegantes e quase uniformes casas brancas. O centro da cidade é muito mais antigo e tradicional, com pequenas empresas produzindo e vendendo de tudo: desde joias em ouro e em prata a itens domésticos do dia a dia. Veja abaixo oito lugares históricos para visitar em Amã durante uma viagem ao país:

Palácio dos Omíadas

Foto via iStock por Leonid Andronov

Foto via iStock por Leonid Andronov

O complexo do Palácio dos Omíadas,  data construção de 720-750 d.C. O grande portão monumental, com a sua forma de cruz e quatro nichos abobadados, leva a um pátio e rua com colunatas, que atravessa o complexo de prédios em ruínas em ambos os lados. Acredita-se que o local foi residência do governador de Amã em tempos passados.

Templo de Hércules

Foto via iStock por Lucen64

Foto via iStock por Lucen64

O Templo de Hércules, foi edificado durante o reinado do imperador Marco Aurélio, por volta de 161-180 d.C. No local há uma mão gigantesca esculpida nas pedras, que acredita-se ser de uma estátua para representar Hércules e mostra a grandeza das construções romanas no passado.

Ruínas da Igreja Bizantina

Foto via iStock por SurkovDimitri

Foto via iStock por SurkovDimitri

A Igreja bizantina, que acredita-se datar do século VI ou VII d.C. Colunas coríntias marcam o local.

Teatro Romano

Foto via iStock por SasinParaksa

Foto via iStock por SasinParaksa

O Teatro Romano restaurado, que remonta ao século II d.C., é construído em três lados da encosta e tem assentos para aproximadamente 6.000 pessoas. Ainda hoje é utilizado para apresentações.

Fórum Romano

Foto via iStock por weaver1234

Foto via iStock por weaver1234

O Fórum Romano é uma praça pública, situada na fronteira com o teatro e o Odeon, e estava entre os maiores do Império, com dimensões de 100 x 50 metros. A fileira de colunas na frente do teatro é o que resta das colunatas que uma vez o ladeou.

 Nymphaeum

Foto via iStock por takepicsforfun

Foto via iStock por takepicsforfun

As cidades romanas sempre tiveram jardins ornamentais e chafarizes públicos. A fonte principal fica perto do complexo de teatro e remonta ao final do século II d.C.

A Grande Mesquita de Hussein

Foto via iStock por asafta

Foto via iStock por asafta

A apenas uma curta caminhada de distância, está decorada com pedras rosas e brancas e foi construída pelo Emir Abdullah, em 1924, no local de uma mesquita muito mais antiga, do período omíada. A restauração foi realizada no reinado do falecido Rei Hussein, em 1987.

Ferrovia Hejaz

Foto via iStock por SurkovDimitri

Foto via iStock por SurkovDimitri

Este famoso trem foi várias vezes sabotado pelas tropas árabes do Emir Faisal e por Lawrence da Arábia para derrotar os otomanos. Embora os dias de Lawrence estejam muito distantes, a ferrovia ainda mantém seu apelo sentimental.

Mais Informações: www.visitjordan.com

Texto por Agência com edição de Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock por urf

 

Comentários