logo

Telefone: (11) 3024-9500

8 cidades para comemorar o Ano Novo chinês | Qual Viagem Logo

ano novo chinês

8 cidades para comemorar o Ano Novo chinês

27 de janeiro de 2016

Maior comemoração da China, o Ano Novo chinês é repleto de simbolismos e tradições milenares. Em cada ano cai em uma data diferente – em 2016 acontecerá no dia 8 de fevereiro – e as festividades duram 15 dias. Lanternas vermelhas são acessas e fogos de artifício são queimados para afastar os maus espíritos. Para trazer prosperidade e sorte, dezenas de pessoas organizam-se em coreografias nas danças do Dragão e do Leão.

Na noite da virada, as famílias reúnem-se em grandes e fartos banquetes e fazem a entrega do “hong bao”. São envelopes vermelhos que contém dinheiro, entregues pelos mais velhos aos mais novos, o que representa desejos de fortuna e boa sorte. Separamos aqui oito cidades chinesas para visitar na chegada do ano do macaco.

Pequim

pequim

Foto por Tomoaki INABA via Flickr

Capital do país, Pequim é o centro cultural da China. Com uma arquitetura impressionante, traços da história milenar chinesa aparecem por todos os lados, como no antigo palácio imperial da Cidade Proibida e no Templo do Céu. Durante as comemorações de Ano Novo, feiras espalham-se pelos parques e templos da cidade, com uma grande oferta de comidas e outros produtos típicos.

Xian

xian

Foto por chinaoffseason via Flickr

Um dos berços da civilização chinesa, Xian também é o lar dos famosos Guerreiros de Terracota e de diversas construções repletas de história. Os grandes portões e muralhas da cidade são decorados com inúmeras lanternas durante as festividades. Em vários pontos turísticos de Xian há apresentações típicas de Ano Novo, como a Dança do Leão.

Guangzhou

guangzhou

Foto por llee_wu via Flickr

Conhecida também como Cantão, é um importante centro econômico da China. Ao longo das comemorações de Ano Novo, as ruas da cidade ficam todas decoradas com flores e bonsais, já que Guangzhou é chamada de Cidade das Flores. Visitantes costumam receber dos locais os tais envelopes vermelhos.

Hong Kong

hong kong

Foto por Michael Elleray via Flickr

É uma das regiões administrativas especiais da China, o que significa que é possui mais autonomia e é muito mais aberta ao ocidente. Além disso, é um dos maiores centros econômicos do mundo. Nas ruas de Tsim Sha Tsui, acontece um desfile de Ano Novo e, no Porto de Victoria, há uma grande queima de fogos.

Harbin

harbin

Foto por Steve Langguth via Flickr

Na gelada cidade de Harbin, acontece anualmente o Festival de Gelo e Neve, que começa em janeiro e dura cerca de um mês. A cidade fica repleta de esculturas de gelo, luzes e até lanternas de gelo.

Xangai

xangai

Foto por Yuya Sekiguchi via Flickr

Por ser uma das mais cosmopolitas cidades da China, Xangai equilibra bem o novo e o antigo, o ocidental e o oriental. No Templo de Longhua, monges budistas tocam o sino, simbolizando o começo do ano. Em Yu Yuan, um dos jardins mais famosos da cidade, acontece o Festival das Lanternas. Na Bund, avenida à beira rio cheia de grandes prédios, acontece uma espetacular queima de fogos.

Macau

macau

Foto por travel oriented via Flickr

Assim como Hong Kong, Macau também é uma região administrativa especial. Mas é conhecida por ser uma mistura da cultura chinesa com influências portuguesas e por oferecer diversos resorts e cassinos. No Ano Novo, queima de fogos acontece próximo à Torre Macau. No Largo do Senado, acontece um grande desfile, com um Dragão de 200 metros.

Hangzhou

hangzhou

Foto por Remko Tanis via Flickr

Conhecida como uma das mais belas cidades da China, Hangzhou concentra vários patrimônios históricos, muitos em torno do Lago Oeste. Visitantes e locais costumam visitar templos budistas da cidade, como o Templo Lingyin, durante as celebrações de Ano Novo.

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: Wilson Hui via Flickr

Comentários