logo

Telefone: (11) 3024-9500

Conheça as melhores atrações de Bariloche | Qual Viagem Logo

An aerial view of the skiing center in Cerro Catedral (Cathedral Mountain), near Bariloche in Argentina, taken from the chairlift.

Conheça as melhores atrações de Bariloche

21 de maio de 2018

Bariloche é um destino querido e conhecido dos brasileiros, que representam o maior contingente de visitantes internacionais na cidade. De acordo com a EMPROTUR, Ente Mixto de Promoção Turística de Bariloche, na temporada de inverno de 2018, são esperados mais de 42 mil turistas do Brasil. Para que todas essas pessoas cheguem à cidade da Patagônia Argentina, companhias aéreas como TAM, GOL e Azul incluíram voos diretos e com frequência maior.

Para aqueles que vão viajar à cidade durante o período de frio, aqui vão algumas dicas sobre o que fazer para aproveitar ao máximo o tempo na cidade.

Esportes na neve

Foto via iStock/ Buenaventuramariano

Foto via iStock/ Buenaventuramariano

Grandes astros da temporada, os esportes de neve –  esqui, snowboard e trenó – podem ser praticados em diversos pontos da cidade. A estação de esqui mais famosa é no Cerro Catedral. O complexo é o maior da América do Sul, totalizando 600 hectares de espaço para esquiar e 120 km de pistas para a práticas de todos os esportes de neve. Nesse ano a estação ganha um upgrade tecnológico e oferece mais conectividade com o aplicativo exclusivo para o compartilhamento de localização, e possibilidade de comprar ingressos pelo celular.

Foto via iStock/ Isabel Fragoso Marin

Foto via iStock/ Isabel Fragoso Marin

O Cerro Otto, outro queridinho dos turistas, também é recheado de atrações. A subida é feita pelo tradicional bondinho, que tem capacidade para até 4 pessoas por gôndola. No meio da subida, encontra-se a famosa confeitaria giratória, e do topo do monte a vista é de tirar o fôlego. É possível ver a cidade, o lago Nahuel Huapi, além da Cordilheira dos Andes e o Cerro Catedral.

Gastronomia

Foto via Divulgação/ EMPROTUR

Foto via Divulgação/ EMPROTUR

A gastronomia de Bariloche é bem rica. Ela traz os pratos e elementos clássicos da culinária argentina, além dos ingredientes únicos da região da Patagônia. A cidade possui alguns dos melhores restaurantes do país, além de produções artesanais locais espetaculares como o chocolate e a cerveja. O doce é produzido por dezenas de chocolaterias na cidade. Ao total, são mais de 1000 toneladas por ano. Durante o período frio vale experimentar os deliciosos chocolates quentes, que trazem combinações e sabores únicos. Outro grande produto é a cerveja. Elas são produzidas em cervejarias locais com ingredientes únicos. Para conhecer várias marcas, é possível fazer o circuito cervejeiro que passa pelas fábricas onde é feita a degustação da bebida. Já para os amantes da carne, a dica é experimentar os peixes dos lagos da região. Truta e salmão são os grandes atrativos. Além disso, tem pratos com carne de carneiro e de javali, muito apreciados.

Passeios

Foto via Divulgação/ EMPROTUR

Foto via Divulgação/ EMPROTUR

Como Bariloche fica rodeada de montanhas, uma das atividades preferidas é o trekking. Nele, as pessoas sobem os montes a pé, através de trilhas. Durante o inverno, a atividade ganha mais charme por conta dos bosques e montes nevados.

Uma das opções para fazer essas caminhadas é com o Montanha & Tango. A atividade é noturna, o que permite uma experiência sensorial bem diferente e única, que une natureza, arte e gastronomia. Os participantes realizam uma caminhada pelo Cerro Otto com lanternas e fazem paradas estratégicas pelo caminho, o que permite admirar a bela cidade iluminada e o lago Nahuel Huapi, além de fazer uma visita a Casa Museu do pioneiro da montanha Otto Meiling – um imigrante alemão que apaixonado pelas montanhas da cidade, participou da fundação do Clube Andino de Bariloche. O passeio continua com um jantar a luz de velas e show de tango no refúgio Berghof.

Foto via iStock/ Buenaventuramariano

Foto via iStock/ Buenaventuramariano

Para os turistas que querem conhecer a cidade, são oferecidos passeios pelo Centro Cívico, onde está localizada a famosa rua Mitre, e para a Colônia Suíça, que surgiu do assentamento europeu na região. Nela é possível experimentar comida preparada com a milenar técnica do curanto, além de conferir a arquitetura típica e lojas.

Ainda é possível fazer o Cruce Andino – passeio de barco que liga Bariloche ao Chile. A excursão passa por paisagens belíssimas com montes, cachoeiras e a impetuosa Cordilheira dos Andes.

Mais informações em: barilocheturismo.gob.ar

Texto por: Agência com edição de Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock/ PCostaBaldi

Comentários