logo

Telefone: (11) 3024-9500

7 motivos para conhecer Salesópolis | Qual Viagem Logo

Foto por Divulgação/ Assimptur

7 motivos para conhecer Salesópolis

17 de março de 2017

Com menos de 20 mil habitantes, Salesópolis é um pacato município da Zona Leste do Estado de São Paulo. Por suas belezas naturais e pontos turísticos históricos, é considerada uma Estância Turística, e encanta os visitantes com sua simplicidade e simpatia. Conheça alguns dos melhores motivos para conhecer a cidade:

 Parque Nascentes do Rio Tietê

Foto por Divulgação/ Assimptur

Foto por Divulgação/ Assimptur

O Rio Tietê tem 1010 km de extensão, e nasce em Salesópolis, no Parque das Nascentes. O local fica longe do centro da cidade e recebe muitos visitantes, sendo um marco histórico do Estado de São Paulo. A nascente é tombada pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio, Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo), e toda a Mata Atlântica do parque é cuidadosamente preservada pela cidade. Vale a pena conhecer!

Igreja Matriz de São José

Foto reprodução: salesopolis.sp.gov.br

Foto reprodução: salesopolis.sp.gov.br

A igreja fica no centro da cidade e é muito bonita, tanto por dentro quanto por fora. Foi inaugurada em 1911 e pode ser vista de qualquer ponto de Salesópolis. Internamente ela apresenta estilos variados de afrescos e pinturas. A construção é um dos cartões postais da cidade, você não pode deixar de visitar.

Museu da energia

Foto por Divulgação/ Assimptur

Foto por Divulgação/ Assimptur

A cidade abriga uma usina hidrelétrica, que utiliza o Rio Tietê para gerar energia desde 1913. No mesmo local há um museu, que fica em meio à Mata Atlântica e oferece atrações educativas para todas as idades. O espaço é muito legal para se aprender mais sobre a geração de energia e também para conhecer um pouco mais da história e apreciar a natureza da região.  A visitação é aberta ao público de terça-feira à domingo e os ingressos custam R$ 4,00.

Mais informações no site oficial: museudaenergia.org.br

Casarão do café

Foto por Divulgação/ Assimptur

Foto por Divulgação/ Assimptur

Também construído no começo do século passado, o sítio “Casarão do Café” faz parte de uma rota de turismo rural e remonta muito bem o cenário colonial.  O charme do lugar é uma roda d’água que gira um moinho de cana de açúcar, que produz garapa para os visitantes. O espaço também conta com um museu. Além disso, existem algumas trilhas na mata que são interessantes, e inclusive uma delas leva ao Rio Paraitinga. Para ajudar a manter tudo funcionando, há um ingresso de R$ 5,00 por pessoa.

Casarão e Restaurante da Senzala

Foto Divulgação/ Assimptur

Foto por Divulgação/ Assimptur

Sim, este casarão realmente foi utilizado como senzala pelos escravos no século 18. O lugar também serviu como ponto para troca de mercadorias e descanso para os comerciantes da época, que cruzaram a região de Salesópolis para chegar até o litoral. A arquitetura de pau a pique e os utensílios antigos foram preservados e podem ser vistos dentro da construção. Além disso, funciona atrás do casarão um restaurante cuja gastronomia é bem aclamada.

 

Mirante da Torre

Foto reprodução: salesopolis.sp.gov.br

Foto reprodução: salesopolis.sp.gov.br

Muitas cidades possuem um ponto alto onde é possível desfrutar de uma vista panorâmica de boa parte do local. Em Salesópolis não é diferente, e a melhor vista fica na Estrada das Mirandas, onde estão situadas torres de transmissão de sinal televisivo.

Parque do Pinheirinho

Foto reprodução: salesopolis.sp.gov.br

Foto reprodução: salesopolis.sp.gov.br

Área de descanso, que possui muita vegetação, principalmente muitos pinheiros. Ao longo dos 300 hectares de extensão, por conta do pinheiral surgiu uma praia artificial, ideal para o descanso ao som da água.

Texto por: Heitor Herruso

Foto destaque por Divulgação/ Assimptur

Comentários