logo

Telefone: (11) 3024-9500

67 quilômetros de natureza preservada no litoral do Piauí | Qual Viagem Logo

revoada-dos-guaras-no-delta

67 quilômetros de natureza preservada no litoral do Piauí

7 de junho de 2018

Ainda pouco conhecido nos grandes centros emissores de turismo do Brasil, como Rio de Janeiro, São Paulo , Brasília e Belo Horizonte, o município de Cajueiro da Praia, no Piauí, é um dos 14 destinos que integram a Rota das Emoções. Sua faixa litorânea impulsiona o turismo, com praias paradisíacas como Barra Grande, Sardim e Itaim. O litoral piauiense é o menor do Brasil, tem apenas 67 km de extensão, mas reserva aos seus visitantes experiências incríveis.

Na praia de Barra Grande, por exemplo, os ventos fortes favorecem as práticas esportivas e contribuem para elevar o fluxo tanto de esportistas quanto de turistas que buscam tranquilidade na vila de pescadores. Boas pousadas e cenários paradisíacos esperam por turistas de todo o Brasil, que vão desde pequenos chalés  aos quartos para casal. Em boa parte dos estabelecimentos os hospedes podem desfrutar da linda vista para o mar. Os preços das diárias variam entre R$ 160 a R$ 650 com acomodações que vão desde os quartos mais simples a chalés.

Foto via iStock/ phelder2006

Foto via iStock/ phelder2006

A matéria prima mais utilizada para o artesanato é a palha da carnaúba, que são trabalhadas pelos artesãos locais na confecção de cestos e bolsas. A cabaça e o talo do coco são usados na confecção de luminárias. São atraentes os pratos oferecidos pelos restaurantes locais, como a moqueca de Arraia ou o Ensopado de Sururu, além de peixes, camarões e lagostins frescos. O roteiro para explorar esse belíssimo e ainda pouco explorado litoral, pode começar no povoado de Barra Grande. A praia que leva o mesmo nome é a mais utilizada pelos turistas, por possuir uma área mais vasta e apropriada ao banhista, e a maior estrutura de pousadas restaurante do município. Para amantes do esporte e da natureza, Barra Grande tem opções para quem gosta de vivenciar a cultura e esporte local e sentir-se conectado com a natureza.

Foto via iStock/ phelder2006

Foto via iStock/ phelder2006

Outra interessante opção é realizar o passeio para ver de pertinho o Cavalo-Marinho com a Associação de Condutores de Turismo. Nesse passeio, turistas são conduzidos por uma canoa por cerca de 30 minutos, atravessando manguezais e apreciando a exuberante fauna e flora do litoral , com direito a banho e ao encontro com o hippocamppus, conhecido como o exótico cavalo-marinho. A espécie, que está ameaçada de extinção, encontrou nas águas piauienses um local ideal para se produzir e para também morar.

Foto via iStock/ GOLFX

Foto via iStock/ GOLFX

Outro passeio interessante é o “Fraldão”, em que os visitantes descem o rio fazendo flutuação na água, com a ajuda de um colete salva-vidas. Na localidade, existem condutores credenciados que faz passeios e caminhadas monitoradas, nos igarapés e manguezais do estuário dos rios Camurupim e Cardoso. O passeio termina com um lindo por do sol em Barra Grande.

Foto via Natur Turismo - Sebrae - PI

Foto via Natur Turismo – Sebrae – PI

Outra atração é a praticar o Kitesurf. O esporte é a atração mais forte do destino. É a força motriz do desenvolvimento turístico da região. No litoral do Piauí, existem várias escolas que oferecem curso básico tem carga horária de 10 horas. Em cinco dias, pode-se completar e sair pilotando ao vento. O SUP – Stand Up Paddle é a atração do local para quem curte o esporte.

Foto via Flickr/ MTur - Chico Rasta

Foto via Flickr/ MTur – Chico Rasta

Já quem prefere algo mais tranquilo, pode explorar a Praia da Barrinha, um refúgio que concentra belos cenários naturais. Na verdade é uma charmosa aldeia de pescadores  As casas coloridas se misturam à paisagem natural. A praia é uma ótima pedida para fazer aquela caminhada no final da tarde. Outra dica é explorar as selvagens e fantásticas praias do Sardim e Morro Branco. O visitante vai se deparar com cenários cinematográficos. Na vastidão azulada do mar, o branco destaca-se entre as dunas, contracenando com o coqueiral. Em Morro Branco, encontra-se a praia mais tranquila de Cajueiro da Praia. A faixa litorânea é exuberante.

Foto via Natur Turismo - Sebrae - PI

Foto via Natur Turismo – Sebrae – PI

Explorar e vivenciar as belezas dos rios Timonha, Ubatuba e Carpino. Com agendamento e um pouco de sorte, o visitante tem a oportunidade de conhecer a torre de monitoramento do projeto peixe-boi marinho, e até ver o mamífero aquático passando tranquilamente pela foz do rio Timonha. Na trilha do Barbaço é possível ver sítios arqueológicos, visitar sambaquis e conhecer o Centro Peixe-Boi Marinho e o imenso Cajueiro Rei, que disputa com o Cajueiro de Pirangi, no Rio Grande do Norte, o título de maior mundo. É recomendando ainda fazer as trilhas ecológicas nos carnaubais, conhecer os tradicionais currais de pesca e aproveitar o passeio de charrete na beira da praia. Outra dica interessante é a partir de Parnaíba realizar os passeios pela Rota das Emoções.

Foto via Flickr/ MTur -Chico Rasta

Foto via Flickr/ MTur -Chico Rasta

A Natur Turismo é a operadora de receptivo credenciada que realiza os passeios tanto no Delta do Parnaíba, como nos Lençóis Maranhenses e também Jericoacoara. A empresa é especializada também nos roteiros turísticos do litoral Piauiense e oferece todas as soluções de pacotes e passeios terrestres no litoral do Ceará e Maranhão.

Confira mais em: www.naturturismo.com.br

Texto por: Claudio Lacerda Oliva

Imagem Destacada via Natur Turismo – Sebrae – PI

Comentários