logo

Telefone: (11) 3024-9500

6 destinos de Páscoa e suas tradições | Qual Viagem Logo

8598541475_665e48e6fc_k

6 destinos de Páscoa e suas tradições

24 de fevereiro de 2016

Celebração católica, a Páscoa é comemorada de maneiras diferentes nos quatro cantos do mundo, com procissões, liturgias e pratos especiais, porém sempre trazendo a reflexão sobre o mesmo tema da igreja: a Paixão, a morte e a Ressurreição de Cristo.

Nova Jerusalém

Foto Divulgação

Foto Divulgação

O Brasil tem a maior população católica do mundo, são mais de 126 milhões de devotos, e as festividades tomam conta das cidades de norte a sul do País. A maior cidade-teatro do mundo, Nova Jerusalém, em Pernambuco, encena a Paixão de Cristo há 48 anos, num cenário que reproduz uma Jerusalém pequena da época de Cristo. Em 2016, as emocionantes encenações acontecem entre 19 e 26 de março. No sul do País, o festival Gramado Aleluia resplandece o município, oferecendo peças artísticas, muita cor, luz e magia, além de muito chocolate caseiro, entre os dias 11 e 27 de março.

Bermuda

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Em clima caribenho, famílias saem às ruas de Bermuda para empinar pipas caseiras na Sexta-Feira Santa, e depois matar a fome comendo bolinhos de bacalhau e pãezinhos enfeitados com uma cruz em cima. Segundo a lenda, a pipa feita em formato de cruz ilustra a Ascensão de Jesus ao céu, uma ideia criada por um professor do Exército Britânico para explicar o momento histórico aos seus alunos.

Sevilha

Foto freeimages

Foto freeimages

Na Espanha, apesar do espírito turístico se sobressair ao caráter religioso do feriado, as comemorações são emocionantes. Sevilha, o berço da Semana Santa, traz às ruas uma das procissões mais dramáticas e tradicionais, com penitentes mascarados usando vestes nazarenas e carregando barcas ricamente enfeitadas. Elas cruzam as ruas da cidade a partir da Quinta-Feira Santa, quando passam as procissões mais antigas, levando altares com imagens dos padroeiros das igrejas até a Catedral de Sevilla, ao som de bandas. Em Santiago de Compostela, a procissão Caladiños Descalzos também acontece na quinta, mas a Semana Santa é estendida para atrair os turistas, de 12 de março a 3 de abril.

Europa

Foto por Adriana Lage

Foto por Adriana Lage

Assim como acontece no Natal, várias cidades europeias, como Paris, Frankfurt, Viena, Praga e Varsóvia enchem suas praças com barraquinhas coloridas vendendo comidinhas, artesanato e toda a sorte de produtos locais inspirados na Páscoa. Nestes países, a tradição é pintar a casca de ovos de galinha cozidos e participar de gincanas em que crianças e adultos rolam os ovos ladeira abaixo. Vale a pena assistir às missas litúrgicas nas belíssimas igrejas, muitas delas com corais fantásticos.

Roma

Foto Getty Images

Foto Getty Images

Em Roma, a procissão da Sexta-Feira Santa remonta aos tempos medievais e inclui textos desde o Novo Testamento, reconta a Natividade e segue a vida de Cristo até sua crucificação. O Vaticano oferece ingressos sempre gratuitos para assistir à Missa do Domingo de Páscoa com o Papa Francisco e ouvir sua mensagem tradicional de paz e esperança, chamada Urbi et Orbi. Os ingressos devem ser reservados com antecedência pelo site do Vaticano ou pessoalmente, mas chegue cedo, porque dezenas de milhares de cristãos se aglomeram na Praça São Pedro e, quando a lotação máxima é atingida, fecham-se as entradas, mesmo para quem tem o tíquete.

Jerusalém

06-santo-sepulcro-jerusalem_w

Foto freeimages

Para reviver a história da Páscoa onde ela aconteceu, cristãos vão à cidade santa de Jerusalém. As celebrações acontecem a partir do Domingo de Ramos, numa procissão que relembra a entrada de Jesus na capital e congrega mais de 10 mil pessoas. Na Sexta-Feira Santa, peregrinos fazem a Via Sacra pelo mesmo caminho onde se acredita que Jesus percorrera antes da crucificação. Muitos deles carregam pesadas cruzes e participam da missa na Igreja do Santo Sepulcro, construída no mesmo lugar onde Jesus foi enterrado e depois ressuscitou. No amanhecer do Domingo de Páscoa, muitos devotos reúnem-se na Tumba do Jardim, um lugar proposto como sendo o Gólgota.

Texto por Adriana Lage, via shopntravelguides.com

Foto destaque via Flickr Francisco Martins

Comentários