logo

Telefone: (11) 3024-9500

5 passeios imperdíveis para férias em família na Islândia | Qual Viagem Logo

ICELAND - SEPTEMBER 6, 2017: Waterfall Skógafoss situated on the Skógá River in the south of Iceland at the cliffs of the former coastline

5 passeios imperdíveis para férias em família na Islândia

6 de abril de 2018

Presença recorrente nas listas de melhores destinos para o inverno, a Islândia se transforma no verão e ganha novos ares com as luzes do sol da meia-noite. Os dias ensolarados trazem um interessante contraste de cores para a Terra do Gelo e emolduram as belezas naturais. A Latitudes, pioneira em introduzir o conceito de viagens de conhecimento no Brasil, selecionou algumas atrações imperdíveis para quem quer aproveitar o verão no país nórdico.

Além da veia para o turismo de aventura, a Islândia conquista com histórias e cenários para inspirar crianças, adultos e adolescentes. Para os adeptos das viagens multigeracionais, o destino é opção para um roteiro de férias inovador e cultural.

Círculo Dourado

Foto por iStock / pichet_w

Foto por iStock / pichet_w

O Círculo Dourado reúne as três atrações mais populares do país: o Parque Thingvellir, a Cachoeira Gullfoss e os gêiseres. O parque é Patrimônio Mundial da UNESCO e abriga um impressionante vale, resultante do afastamento das placas tectônicas da Eurásia e da América do Norte. O cenário tem grande importância cultural para a cultura viking, já que era o local de reunião dos chefes de clãs nórdicos e celtas no século X. Aproveite também para admirar a Gullfoss, com a impressionante queda d’água de 32 metros, e a cratera vulcânica Kerid.

Blue Lagoon

Blue Lagoon, Iceland - August 26, 2014: people relaxing and bathing in the stunning Geothermal Area of the Blue Lagoon, near Reykjavik.

Foto por iStock / ronnybas

A Blue Lagoon entra na lista de formações naturais mais surpreendentes. As águas geotérmicas têm origem a 2.000 metros abaixo da superfície, uma combinação de água doce e água do mar expostas a temperaturas extremas. Além disso, no caminho para a superfície, agregam-se sílica e minerais a essa água, que emerge a 38°C, perfeita para um banho relaxante e restaurador. A água possui uma cor branca leitosa que, iluminada pelo sol, ganha tons de azul, podendo ficar esverdeada durante o verão.

Terra do fogo

Foto por iStock / vitaliymateha

Foto por iStock / vitaliymateha

A região de Landmannalaugar é de grandes contrastes com cordilheiras pretas e montanhas coloridas de verde, vermelho, amarelo e laranja. No caminho, há campos de lava e desertos de cinza complementando a paisagem até o vulcão Hekla, o mais ativo da Islândia. O tour pela região também deve incluir a ida até o lago LjotiPollur, formado em uma cratera e de onde se pode avistar o vulcão mais colorido do país, o Brennisteinsalda. As piscinas naturais de água quente também são uma boa pedida no roteiro.

Terra do gelo

Foto por iStock / Anna_Om

Foto por iStock / Anna_Om

As geleiras são a principal atração do Parque Nacional Skaftafell, com surpreendentes paisagens esculpidas no gelo em diferentes tonalidades azuis. As opções de experiências aqui incluem o passeio pela Lagoa Glaciar Jökulsárlón, um lago formado pela água que derrete do glaciar e que tem constantemente aumentado de tamanho, ou um tour de barco em meio aos icebergs. Já o Langjokull é o segundo maior glaciar da Islândia e onde se pode observar o magnífico “gelo azul” que se encontra enterrado abaixo da superfície, no coração da calota de gelo.

Terra da água

Foto por iStock / Leonid Andronov

Foto por iStock / Leonid Andronov

Continuando na região sul do país, onde as belezas naturais se destacam, inclua uma parada para admirar o desfiladeiro Fjaðrárgljúfur. Com 100 metros de profundidade, o cânion foi esculpido pela erosão das águas que há milênios fluem das geleiras através das rochas. Outros pontos importantes deste caminho são a cachoeira de Skógafoss, que cai como um trovão em um pequeno cânion, e a cachoeira de Seljalandsfoss, uma queda d’água de 60 metros de altura que flui a partir da famosa geleira vulcânica de Eyjafjallajokull.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / olegda88

Comentários