logo

Telefone: (11) 3024-9500

5 destinos inusitados para incluir no seu roteiro de viagem pelo Japão | Qual Viagem Logo

Foto via iStock por SeanPavonePhoto

5 destinos inusitados para incluir no seu roteiro de viagem pelo Japão

8 de maio de 2019

Akihabara: o bairro mais geek do mundo

Foto via iStock por wnmkm

Foto via iStock por wnmkm

Impossível falar sobre o Japão e não pensar nas incríveis produções de animes e mangás. Em Akihabara, distrito do bairro Chiyoda, em Tóquio, fica o verdadeiro paraíso para amantes de jogos e derivados.

A região é onde se concentram as principais lojas de eletrônicos da cidade e com preços mais acessíveis, além de ser ponto de encontro de cosplayers e fãs da cultura otaku. Também é o local ideal para quem busca action figures, bonecos de personagens colecionáveis.

Nara: a cidade mística do Japão

Foto via iStock por SeanPavonePhoto

Foto via iStock por SeanPavonePhoto

Antiga capital do país entre os anos de 710 e 784, Nara é o berço da cultura japonesa. O principal destaque do lugar são seus incríveis templos, inclusive é aqui que está o maior edifício construído em madeira do mundo, o Todaiji, que contém o Daibutsu, o Grande Buda de Bronze.

A fama do local fica por conta dos belos veados que cercam a cidade. Considerados seres sagrados, acredita-se que os cervos foram encaminhados para agirem como protetores da região e, por isso, andam livremente pelos parques e ruas. E, claro, não deixe de dar carinho e oferecer biscoitos para eles!

Odaiba: a ilha futurística de Tóquio

Foto via iStock por prachanart

Foto via iStock por prachanart

Bem próxima à Tóquio, Odaiba é uma ilha artificial cheia de atrativos turísticos. Muito popular entre moradores e turistas, a região é visitada por aqueles que querem fugir da rotina turbulenta da capital e buscar descanso à beira-mar.

Também é considerada um destino romântico, muito visitada por casais, graças em especial ao Marine Park, um parque ao ar livre rodeado de tulipas coloridas que aquecem o coração dos apaixonados. Além disso, a ilha é repleta de prédios futurísticos e possui sua própria Estátua da Liberdade e um “Gundam” gigante, que foi construído em homenagem ao anime Gundam, animação de ficção científica muito popular nos anos 70.

Yokohama: o coração étnico do país

Foto via iStock por SeanPavonePhoto

Foto via iStock por SeanPavonePhoto

Apesar de ser um destino turístico conhecido, sempre vale relembrar Yokohama. Revitalizada completamente como uma cidade futurística, a região conta com muitas lojas, restaurantes e um leque de opções de entretenimento.

O principal atrativo vai para a sua Chinatown, que apesar de não possuir uma população chinesa muito grande, é o maior bairro étnico do país, com muitos espaços dedicados à cultura e à tradição da China.

Nikko: a cidade dos templos

Foto via iStock por SeanPavonePhoto

Foto via iStock por SeanPavonePhoto

Nikko e a área ao redor do lago Chuzenji são bem conhecidas por suas lindas cores de outono, mas é ali que estão os templos mais bem conservados e bonitos do Japão.

Por ter sido um centro de adoração de montanha xintoísta e budista por muitos séculos, a região ainda abriga santuários famosos, como Toshogu, que é o templo mais decorado do país, e o mausoléu de Tokugawa Ieyasu, o fundador do xogunato Tokugawa, período feudal do Japão.

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock por SeanPavonePhoto

Comentários