logo

Telefone: (11) 3024-9500

3 lindos cenários para visitar na cidade milenar marroquina | Qual Viagem Logo

The Medersa Bou Inania is a madrasa in Fes, Morocco. Medersa Bou Inania is acknowledged as an excellent example of Marinid architecture.

3 lindos cenários para visitar na cidade milenar marroquina

11 de setembro de 2017

Na terra de deserto e de rica cultura, o que não falta são opções de passeios e lugares interessantes para visitar. Além da arquitetura árabe, o Marrocos mantém suas tradições milenares exalando cores e religiosidade. Véus, temperos, medinas, palácios, uma cidade azul e experiências únicas e vibrantes são um pouco do que você encontrará no país. Quem não quer deixar de se encantar e conhecer mais sobre a história milenar marroquina não pode deixar Fez de lado e caminhar pelas ruas da Idade Média. Confira abaixo 3 principais lugares para conhecer:

 

Porta Azul

Bab Bou Jeloud gate (Blue Gate) - Fez, Morocco

Foto por iStock / diegograndi

A Porta Azul (Bab Boujloud) é o que separa a Medina de Fez da parte nova e moderna da cidade, e é também onde funciona a principal entrada de Fez El Bali. Ao seu redor, estão concentrados muitos hotéis e restaurantes que servem a culinária local. O Place Boujloud (Praça em frente à Porta Azul), é completamente murado com suas fortificações datadas do século IX e por lá ocorrem feiras de produtos berberes e nômades.

Fonte Nejjarine

Najjarin Fountain in Medina of Fes, Morocco

Foto por iStock / RudolfT

 

Fez é repleta de fontes e sua população busca água nelas desde que a cidade foi fundada. Boa parte está desativada, mas algumas ainda jorram água e são usadas para beber e se refrescar. Na mesma praça que está a fonte, podemos encontrar o Museu de Artes e Ofícios de Madeira de Nejjarine.

Curtume Chouara

FES, MOROCCO - CIRCA SEPTEMBER 2014: view of old medina in Fes  circa September 2014 in Fes.

Foto por iStock / LUKASZ-NOWAK1

Para encerrar seu roteiro, conheça um dos cartões-postais da cidade (onde cenas da novela “O Clone” foram gravadas). O Curtume Chouara foi fundado no século XI e continua em atividade até os dias de hoje.

Texto por: Caroline de Oliveira

Foto destaque por iStock / saiko3p

Comentários