logo

Telefone: (11) 3024-9500

24 horas em Milão: um roteiro pela capital italiana da moda | Qual Viagem Logo

MILAN, ITALY - MAY 16, 2017: The Galleria Vittorio Emanuele II on the Piazza del Duomo in central Milan. This gallery is one of the world's oldest shopping malls.

24 horas em Milão: um roteiro pela capital italiana da moda

13 de agosto de 2018

A segunda maior cidade da Itália é uma metrópole cheia de atrações. A comuna de Milão fica localizada na região da Lombardia e é considerada a capital italiana da moda.

Caso esteja de passagem pela cidade, não deixe de conhecer as melhores atrações que Milão tem a oferecer. Selecionamos o melhor para se fazer em um roteiro rápido. Confira:

Catedral de Milão

Foto via iStock/ Noppasin Wongchum

Foto via iStock/ Noppasin Wongchum

Localizada na Piazza del Duomo, é o ponto central da cidade e onde o tour deve começar. A praça é uma das principais da Itália e ao seu redor existem diversos bares e restaurantes.

A Catedral, que foi considerada o ponto turístico mais bonito de Milão, não recebeu esse título à toa. Além de ser a terceira maior igreja do mundo, ela é a única que é proprietária de sua própria marmoraria, o mármore branco-rosa, no qual foi construída e ainda hoje dispõe das placas que são utilizadas em reconstruções e reparos.

Galeria Vittorio Emanuele II

Foto via iStock/ NanoStockk

Foto via iStock/ NanoStockk

A galeria gigantesca une duas praças, a Duomo até a Scala, onde está o Teatro Alla Scala.

O impressionante cruzamento de duas ruas formar um incrível octógono que é coberto, fazendo disso uma galeria.

Dentro da galeria existem diversas lojinhas e restaurantes, então aproveite para comer e comprar souvenires.

Castelo Sforzesco

Foto via iStock/ Bepsimage

Foto via iStock/ Bepsimage

Construído em meados do século XV pelo homem que veio a se tornar o Duque de Milão, Francesco Sforza, era antigamente uma fortaleza, que acabou sendo modificada.

Dentro do castelo existem diversas alas com museus, arquivos, exposições e até mesmo biblioteca. Não deixe de conhecer a La Pietà Rondanini, de Michelangelo.

Parque Sempione

Foto via iStock/ florin1961

Foto via iStock/ florin1961

Atrás do castelo, está o segundo maior parque da Itália: o Sempione. Muitos turistas e moradores vão até o parque para descansar e aproveitar o tempo livre, e a área ainda dispõe de internet Wi Fi gratuita. Bem pertinho fica a Torre Branca, de onde é possível ter um visão panorâmica da cidade.

Próximo do parque está o Arco della Pace, uma obra arquitetônica remetente do século XIX, um antigo portão que fazia parte da muralha que cercava Milão.

O quadrilátero da moda

Foto via iStock/ AleMasche72

Foto via iStock/ AleMasche72

Como visitar Milão e não ir às compras? As via della Spiga, via Montenapoleone, via Manzoni e Corso Venezia compõem o conjunto denominada de “quadrilátero da moda”, onde estão lojas e boutiques das grifes mais conhecidas e renomadas no mundo inteiro.

O bom é que elas ficam bem pertinho dos principais pontos turísticos, como a Piazza del Duomo.

Brera e Navigli

Foto via iStock/ Gatsi

Foto via iStock/ Gatsi

Termine o passeio em Brera ou Navigli. Brera tem uma vida noturna bem agitada, já que é um bairro boêmio, com vários barzinhos e restaurante.

Já Navigli é um bairro que possui muitos canais – lindos! – e que têm uma boa vida noturna, porém costuma ficar mais agitada nos finais de semana.

Se der tempo visite os dois, ambos valem a pena.

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock/scaliger

Comentários