logo

Telefone: (11) 3024-9500

12 praias entre as mais bonitas de Alagoas | Qual Viagem Logo

iStock_000058219710_Small

12 praias entre as mais bonitas de Alagoas

26 de novembro de 2015

Ai como é bom falar de Alagoas! Em um dos estados com litoral mais encantadores do país, parece fácil eleger as melhores e mais bonitas praias. Mas não é tarefa fácil! São tantas praias repletas de natureza, mar azul e coqueirais para completar a paisagem que fica difícil elencar só algumas delas. Mas como nós gostamos muito do destino, nos arriscamos a falar sobre 12 das praias que consideramos as mais bonitas do litoral alagoano. Veja e diga se concorda conosco:

Praia do Gunga

Foto via Flickr Ana Paula Hirama

Foto via Flickr Ana Paula Hirama

A Praia do Gunga, localizada na Barra de São Miguel, está a 33 km ao sul de Maceió. Ela é composta de águas calmas, verdes e cristalinas, areia branca e fofa e centenas de enormes coqueiros em toda sua extensão. Talvez por essa paisagem seja considerado um dos cartões-postais de Alagoas. Oferece ainda piscinas naturais, estrutura de lazer – aluguel de equipamentos náuticos – bares e restaurantes.

Praia de Carro Quebrado

Foto por Feephe via Commons Wikimedia

Foto por Feephe via Commons Wikimedia

Para chegar em Carro Quebrado – que está a 37 quilômetros ao norte de Maceió -, o caminho pode ser feito a pé, partindo da Praia de Barra de Santo Antônio, na maré baixa. Situada na Ilha da Crôa, de carro, o caminho é por uma estreita estradinha de chão batido, muito dificultoso em dias de chuva. Considerada uma das praias mais bonitas do Brasil, a origem do nome vem da história de um carro que teria atolado na estrada de acesso, sendo corroído completamente pela maré alta. Praticamente deserta, possui apenas algumas casas de pescadores na orla mesmo. Suas areias são finas e claras abrigando falésias coloridas nas pontas, com coqueirais e ondas fortes. Para curti-la de verdade somente caminhando.

Pajuçara

Foto via Flickr Ana Paula Hirama

Foto via Flickr Ana Paula Hirama

A praia de Pajuçara é a mais movimentada das três urbanas localizadas na capital alagoana. É de lá que saem os passeios, quando a maré está baixa, de jangadas para as piscinas naturais que se formam a cerca de 2 km da costa.

Praia do Patacho

Foto via Flickr Cícero R. C. Omena

Foto via Flickr Cícero R. C. Omena

Considerada uma das mais bela do país possui mar claríssimo, coqueiros por toda a parte e sossego. Na maré baixa caminha-se por quilômetros mar adentro que possibilita os turistas nadar e fotografar a vida marinha.

Maragogi

Foto via Flickr Thiago Melo

Foto via Flickr Thiago Melo

Localizada a 130 quilômetros da capital alagoana, Maragogi é um destino muito interessante para ser visitado durante o todo ano. O turista pensa estar no Caribe. Mar calmo, areias claras e finas cercada de coqueirais, numa paisagem quase que intocável. As galés de Maragogi encantam a todos. Por elas, os visitantes desfrutam de um dos mais belos contatos com a natureza. Peixes de todos os tamanhos e cores passeiam pelas águas cristalinas a cerca de seis quilômetros da costa.

Praia do Toque

Foto via Flickr Erika Morais

Foto via Flickr Erika Morais

A Praia do Toque, em São Miguel dos Milagres, conta com águas transparentes e uma das maiores piscinas naturais de São Miguel, a Piscina do Toque. exibe diferentes espécies de peixes, vistas a olho nu. As areias clarinhas são perfeitas para caminhadas e passeios de bicicleta.

Japaratinga

Foto por Yuri Cedrim Lessa via Commons Wikimedia

Foto por Yuri Cedrim Lessa via Commons Wikimedia

Nesse vilarejo de pescadores são imperdíveis as paisagens que se descortinam desde o Pontal do Boqueirão, na foz do Rio Manguaba, passando pela Praia de Barreiras do Boqueirão, com suas fontes de água mineral.

Praia da Barra de Camaragibe

Foto Divulgação

Foto Divulgação

A Barra de Camaragibe, no município de Passo do Camaragibe – no extremo norte do Estado -, é cercada por coqueiros, tem águas calmas e cristalinas e atrai todos os públicos. Praia tranquila de grande litoral, é considerada um dos recantos da cidade. Seu belo visual e clima agradável costumam encantar os diversos turistas que chegam ao lugar durante a alta temporada, que aproveitam para relaxar, tomar um refrescante banho de mar e repor as energias. O lugar é ideal para todos os públicos, recebendo famílias e jovens.

Praia do Morro

Foto via Flickr Felipe Canova

Foto via Flickr Felipe Canova

A praia é deserta, com águas cristalinas e em forma de enseada. Possui acesso por barco ou pela praia, em 1h de caminhada. Dentro de fazenda.Na maré alta, suas pedras ficam submersas, formando uma espécie de aquário. As ondas são boas para surfe.

Praia de Ipioca

Foto via Flickr Ana Paula Hirama

Foto via Flickr Ana Paula Hirama

Rodando pouco mais de 60 quilômetros da capital encontramos a belíssima e ainda pouco conhecida praia de Ipioca. Considerada por muitos como um pequeno paraíso, essa bela praia é conhecida por sua tranquilidade e clima agradável. Costuma receber um bom número de turistas todos os anos, que aproveitam para relaxar, tomar um refrescante banho de mar e repor as energias. É uma boa opção para todos os públicos, desde os jovens aos mais velhos. Conta com uma grande faixa de areia dourada, o mar é calmo, apresentando leve movimentação dependendo do tempo. De águas cristalinas, não há quem resista a um mergulho.

Paripuera

Foto Divulgação

Foto Divulgação

O nome dessa antiga colônia de pescadores significa praia de águas mansas, em linguagem indígena. Do Restaurante Mar & Cia partem catamarãs rumo aos recifes. Eles seguem sempre acompanhados por um biólogo que vai ensinando sobre as espécies que vivem nas piscinas naturais: ouriços, estrelas-do-mar e peixinhos coloridos. Com um banco de areia no norte da praia, possui faixa de areia estreita. Boa para pesca e mergulho na ponta sul. São oferecidos passeios de catamarã para piscinas naturais. Possui uma base do projeto Peixe-Boi Marinho.

Praia do Francês

Foto via Flickr Ana Paula Hirama

Foto via Flickr Ana Paula Hirama

A 21 km ao sul de Maceió pela AL-101, a Praia do Francês atrai os surfistas com suas ondas de mais de 2 m. Para quem não surfa há passeios de barcos até os recifes de coral, onde se pode mergulhar nas piscinas naturais. Se a maré estiver baixa, é possível caminhar até a Praia do Saco. Também conhecida como Saco da Pedra, a praia está dentro de uma reserva ecológica que pertence à Ilha de Santa Rita.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por MaFelipe via Istock

Comentários