logo

Telefone: (11) 3024-9500

10 atrações imperdíveis em Porto de Galinhas | Qual Viagem Logo

piscinas-naturais-17-carlos-henrique-pacheco

10 atrações imperdíveis em Porto de Galinhas

11 de outubro de 2018

No litoral sul de Pernambuco, Porto de Galinhas tem algumas das paisagens mais deslumbrantes do país ao longo de seus 18 km de praias. O destino é famoso pelas piscinas naturais, mas há muito mais para ver e fazer por lá. Conheça abaixo os principais passeios em Porto de Galinhas para incluir no seu roteiro:

Passeio de jangada nas piscinas naturais

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Visitar Porto de Galinhas e não fazer esse passeio é como ir a Paris e não ver a Torre Eiffel. As piscinas naturais ficam na Praia da Vila de Porto de Galinhas, a uma distância bem curta da faixa de areia. O trajeto até os recifes é feito em uma das jangadas, que enfeitam o cenário com suas velas multicoloridas. Depois, você caminha sobre os corais, que formam uma enorme área repleta de piscinas de todos os tamanhos.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

A água é totalmente cristalina, com temperaturas em torno dos 26°C. Ali vivem peixes de todas as cores, caranguejos, ouriços e até moreias. Só é permitido entrar em algumas das piscinas maiores, onde você pode nadar entre os peixinhos. O passeio é organizado pela Associação dos Jangadeiros de Porto de Galinhas, que vende os tickets na praça em frente à praia. Custa R$ 25 por pessoa. Mas as jangadas só saem na maré baixa, então cheque antes a tábua da maré.

Passeio de jangada no Pontal de Maracaípe

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

As jangadas também estão presentes no Pontal de Maracaípe, onde o Rio Maracaípe encontra o mar. Nesse passeio, a embarcação desliza pelas águas cristalinas do rio, entre os manguezais. Durante o trajeto, é possível ver vários animais que vivem no mangue, como cavalos-marinhos, ostras, caranguejos, guaiamuns e aratus. A jangada segue até a foz do rio, onde você pode caminhar pela praia e dar um mergulho nesse cenário paradisíaco. Organizado pela Associação dos Jangadeiros do Pontal de Maracaípe, o passeio custa R$ 25 por pessoa. Os ingressos são vendidos no mesmo local onde os barcos saem, na beira do rio.

Voo de paramotor

Foto por Carlos Henrique Pacheco

Foto por Carlos Henrique Pacheco

Na praia de Maracaípe, acontecem voos de paramotor – parecido com um parapente, mas equipado com um motor para propulsão. No voo duplo, você sobrevoa toda a praia e tem uma visão panorâmica da região no entorno. A sensação de liberdade é indescritível. As várias subidas e descidas dão mais emoção ao passeio. Quem lidera os voos é o Sérgio Voador, experiente instrutor de paramotor e voo livre. Agende o passeio pelo menos um dia antes, pelo WhatsApp (81) 99481-3949 ou pelo Instagram @sergiovoador. Custa R$ 250 por pessoa e dura de 10 a 15 minutos.

Pontal do Cupe

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Mar azul turquesa e cristalino, areia clarinha e recifes de corais. A praia do Pontal do Cupe tem tudo isso. As piscinas naturais aparecem na maré baixa, sempre repletas de peixes. A área com os corais é bem menor do que a da Praia da Vila, mas tem a vantagem de estar a apenas poucos passos da areia. Ali você pode nadar entre os peixes, passear de caiaque, fazer stand-up paddle e muito mais. Depois, faça uma refeição no Bar da Praia Pontal do Cupe, cujo cardápio tem vários pratos com frutos do mar.

Passeio de buggy

Foto por Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

Foto por Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

Porto de Galinhas tem uma costa bem extensa. Por isso, vale fazer um passeio de buggy para percorrer os trajetos mais longos – é mais rápido e mais divertido. O mais comum é o “ponta a ponta”, que atravessa todas as praias, do Pontal de Maracaípe a Muro Alto. O passeio pode ser contratado diretamente com o motorista, como o Wellington (reservas pelo Whatsapp (81) 97904-9520), ou por intermédio dos hotéis e pousadas. Prefira os buggys credenciados pela prefeitura. De três a quatro horas de duração, custa R$ 200; de cinco a seis horas, R$ 250. Os valores são por veículo, sendo que cada um tem capacidade para até quatro pessoas.

Praia de Muro Alto

Foto por Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

Foto por Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

Tranquila e reservada, essa praia possui uma enorme piscina natural de quase 3 km de extensão, com águas rasinhas, cristalinas e sem ondas. Ela é protegida do mar aberto por um paredão de pedras e corais a cerca de 150 metros da faixa de areia branca e fofa.

Vila de Porto de Galinhas

Foto por Carlos Henrique Pacheco

Foto por Carlos Henrique Pacheco

Descontraída e cheia de personalidade, a Vila de Porto de Galinhas, junto à praia das piscinas naturais, reúne vários restaurantes – destaque para os de frutos do mar – e lojas. Passeie por ali sem preocupação, já que a vila é super segura, mesmo à noite. É nessa hora, inclusive, que ela fica mais movimentada. Todos os estabelecimentos costumam ficar abertos até às 22h. A maioria se concentra entre a Rua Esperança e a Rua Piscinas Naturais, que fica sempre enfeitada. Na Rua Beijupira, há uma feira de rua e um polo de artesanato.

Ateliê do Carcará

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Ao caminhar pela vila, você vai encontrar várias esculturas de galinhas, que se tornaram símbolos do destino. Elas são assinadas pelo artista plástico Gilberto Carcará, que as esculpe em troncos de coqueiros caídos. Seu ateliê fica perto da Praia do Cupe e é aberto ao público. Vale conhecer seu trabalho. Aproveite para bater um bom papo com o artista e comprar peças autênticas para levar de lembrança.

EcoAssociados

Foto por Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

Foto por Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

A ONG EcoAssociados trabalha na preservação das tartarugas marinhas, com monitoramento de ninhos, soltura de filhotes, reabilitação de animais debilitados e educação ambiental. Na sede, localizada na Vila de Porto de Galinhas, é possível visitar o museu sobre o tema. Há também uma lojinha.

Projeto Hippocampus

Foto por Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

Foto por Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

Pioneiro no país, o Projeto Hippocampus atua no resgate e recuperação dos cavalos-marinhos. Na vila, abriga aquários repletos de cavalos-marinhos, peixes, lagostas e moreias – todos animais resgatados. Também tem uma loja na saída. Todo o dinheiro arrecadado é revertido para o próprio projeto.

Mais informações em: portodegalinhas.org.br

Texto por: Patrícia Chemin. A jornalista viajou com o apoio da Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas e do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau.

Foto destaque por: Carlos Henrique Pacheco

Comentários