logo

Telefone: (11) 3024-9500

Sarajevo é destino histórico na Bósnia e Herzegovina | Qual Viagem Logo

The Neretva river winding through the old UNESCO listed, Mostar bridge in Bosnia and Herzegovina.

Sarajevo é destino histórico na Bósnia e Herzegovina

19 de junho de 2018

Sarajevo é uma cidade repleta de história e marcada por uma rápida recuperação econômica e cultural pós-guerra. A belíssima capital da Bósnia e Herzegovina possui diversos atrativos que vão além das marcas deixadas por confrontos, mas também belezas naturais e de tirar o fôlego de qualquer um.

O centro histórico cultural da cidade é um dos principais points de parada. Bascarsija foi um grande centro comercial durante a Idade Média e chegou a ser considerada o maior polo mercantil da região dos Balcãs.

Foto via iStock/ Xantana

Foto via iStock/ Xantana

No tempo dos otomanos, cada rua que cercava a Bascarsija era específica a uma profissão. A Rua do Cobre é uma das mais populares e é possível achar diversos utensílios feitos a partir desse material.

Foto via iStock/ BalkansCat

Foto via iStock/ BalkansCat

Hoje, além de ser rodeada de lojas e de diversos patrimônios históricos e culturais do país, o centro de Bascarsija faz parte do monumento nacional da Bósnia e Herzegovina.

Bem no centro de Bascarsija, fica Gazi Husrev-beg Mosque conhecida na região como Mesquita de Bey. O edifício foi construído pelo governador Gazi Husrev Bey, como parte de um dote que foi estabelecido por ele na época de seu governo, em meados de 1520.

Foto via iStock/ Cezary Wojtkowski

Foto via iStock/ Cezary Wojtkowski

A mesquita é considerada um dos símbolos arquitetônicos do país e é um dos monumentos mais importantes da época do domínio otomano no país. O local é aberto para visitação todos os dias da semana, das 9h às 18h. A entrada custa BAM $2.

Foto via iStock/ utamaria

Foto via iStock/ utamaria

A Latinska Cuprija é um dos marcos mais importantes do país. Conhecida também como Ponte Latina, foi construída pelo império otomano, mas a sua popularidade veio por meio do estopim que causou a Primeira Guerra Mundial em 1914.

Foto via iStock/ Ellica_S

Foto via iStock/ Ellica_S

Foi nesse local que o arquiduque e herdeiro do trono do império austro-húngaro, Francisco Fernando, foi assassinado. Passaram anos e a Latisnka Cuprija até hoje é um marco do acontecido. Além da importância cultural, a ponte faz parte das construções mais antigas do país – que passou por diversas reconstruções e reformas – e também é um dos cartões postais da cidade, juntamente com o rio Miljacka, que passa por debaixo dela e cruza entre Sarajevo e Sarajevo Oriental.

Foto via iStock/ Ozbalci

Foto via iStock/ Ozbalci

Além da Primeira Grande Guerra, o Cerco de Sarajevo também marcou a cidade, além de ter sido o mais longo cerco da história de guerras modernas. Foi nessa época que o Túnel da Esperança foi construído. As escavações duraram cerca de seis meses e os 800 metros de túnel deram aos cidadãos uma escapatória e deu a oportunidade de poderem recuperar acesso as linhas de telefone, energia elétrica e suprimentos.

Foto via iStock/ PetrBonek

Foto via iStock/ PetrBonek

Após o fim da Guerra, o túnel foi estendido, e hoje possui cerca de 20 metros, onde funciona um museu que contém diversos itens da época do Cerco de Sarajevo.

Foto via iStock/ fotokon

Foto via iStock/ fotokon

Localizada na Cordilheira dos Alpes Dináricos, o Monte Trebevic é um dos pontos mais icônicos da Bósnia e Herzegovina. Além de toda a vegetação, ali está a pista de bobsledge, que foi construída para os Jogos de Inverno de 1984.

Foto via iStock/ fotokon

Foto via iStock/ fotokon

O local foi incendiado durante a guerra, e como a reconstrução custaria muito, a pista foi deixada do jeito que está, mas ainda é muito frequentada por jovens que andam de skate e praticam outros esportes, além de ser toda grafitada, o que a torna mais especial ainda.

Texto por: Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock/ Greg Sullavan

Comentários