logo

Telefone: (11) 3024-9500

Búfalos, praias virgens e moqueca de arraia nas fazendas do Marajó | Qual Viagem Logo

Foto por phogel via Commons Wikimedia

Búfalos, praias virgens e moqueca de arraia nas fazendas do Marajó

29 de janeiro de 2016

Banhada pelo Oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins, a Ilha do Marajó, a principal ilha do maior arquipélago fluviomarinho do planeta tem praias semi desertas, manguezais e, estima-se, três búfalos  para cada habitante do local – e não por acaso, a carne e o queijo do animal são as estrelas da culinária local, em pratos como filé marajoara e o frito do vaqueiro.

No município de Salvaterra, as atrações são as praias de Joanes e Grande, extensa e movimentada. Soure é a cidade que concentra pousadas, restaurantes e boas lojas de artesanato com peças de cerâmica marajoara, ricas em grafismo e símbolos.

Foto via Flickr Daniel Lobo

Foto via Flickr Daniel Lobo

Trilhas, passeios de canoa e de búfalo estão entre as atividades oferecidas pelas fazendas locais, como a Araruna, a Bom Jesus e a São Jerônimo, onde uma caminhada leve leva até a majestosa Praia do Goiabal. Experimente o passeio em búfalos e na gastronomia, vale a pena comer uma saborosa e única moqueca de arraia, um dos pratos mais requisitados pelos turistas e visitantes.

Para chegar a Ilha do Marajó é necessário uma pequena conexão em Belém. Aproveite para passar no mínimo duas noites na capital do Pará e curtir as dezenas de belos parques e construções históricas do local. Informe-se sobre os horários de saída dos barcos para Ilha do Marajó. Antes de ir pra lá faça a sua reserva em pousadas e hotéis de maneira antecipada para não correr risco de ficar sem hospedagem. No caminho entre Belém e a Ilha que duram em média 03 horas de travessia é possível avistar o balé de golfinhos e apreciar lindas ilhas e praias.

Mais informações paraturismo.pa.gov.br

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por phogel via Commons Wikimedia

Comentários