logo

Telefone: (11) 3024-9500

5 lugares para curtir em Salvador, cenário da novela O Segundo Sol | Qual Viagem Logo

Foto via Divulgação

5 lugares para curtir em Salvador, cenário da novela O Segundo Sol

25 de julho de 2018

Sucesso de crítica e audiência, a novela Segundo Sol, da TV Globo, vem dando o que falar. E tamanha repercussão se deve, em grande parte, a belíssima atuação da capital Salvador, que vem chamando a atenção entre uma cena e outra.

Ambientada na Bahia, nas cidades de Salvador e na fictícia Boiporã, a trama, escrita por João Emanuel Carneiro, tem ido muito além do estúdio e utilizado locais reais para a gravação de várias cenas da novela. Pensando nisso, nós selecionamos 5 destes pontos que serviram de cenário para que você possa visitar e curtir o seu dia de Luzia, Beto Falcão e Karola.

Pelourinho

Foto via iStock/ filipefrazao

Foto via iStock/ filipefrazao

Ponto de partida para descobrir Salvador, o icônico bairro do Pelourinho é constantemente visto na telinha da TV. Vibrante e alegre, a região, que hoje desponta com uma das atrações turísticas mais importantes da Bahia serviu como pano de fundo para boa parte do elenco da novela. Destaque para a Igreja e Convento de São Francisco, que dizem ter sido feita com “ouro” e para o Largo do Pelourinho, onde está situada a Fundação Casa de Jorge Amado. Nas proximidades, a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e o Elevador Lacerda, principal cartão postal de Salvador.

Santo Antônio Além do Carmo

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Ainda no centro histórico de Salvador, no bairro de Santo Antônio Além do Carmo, muitas construções históricas fizeram parte da trama das 21h – caso do Forte de Santo Antônio Além do Carmo, onde o núcleo capoeirista de Segundo Sol, formado por Acácio, Ícaro e Valentim gravou algumas cenas. Outra edificação histórica que é constantemente flagrada pelas câmeras é o Convento do Carmo, hoje um hotel administrado pelo Grupo Pestana e integra o Conjunto do Carmo, constituído pela Igreja do Carmo, duas capelas e um museu. O local foi erguido em 1586 pela Ordem Primeira dos Freis Carmelitas e finalizado somente em 1730.

Praça Castro Alves

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Tendo mais concreto do que áreas verdes, a Praça Castro Alves nem é tão badalada assim, mas a excepcional vista para a Baia de Todos os Santos e as cenas gravadas por Beto Falcão em cima de um trio elétrico alçaram o lugar queridinho das selfies. O local, inclusive, integra os circuitos do Carnaval de Salvador. No centro da Praça, é possível vislumbrar o monumento que homenageia o Poeta Castro Alves, que ali guarda os seus restos mortais em uma cripta subterrânea.

Farol da Barra

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Outro cartão postal soteropolitano que é bastante lembrado pela trama de João Emanuel Carneiro é o Farol da Barra, situado na área nobre de Salvador. No roteiro, o trio elétrico de Beto Falcão também faz ponta pela região, que durante o carnaval abriga atrações importantes, como Daniela Mercury, Chiclete com Banana, Cláudia Leite e Ivete Sangalo. Fora da temporada, o ponto é muito procurado por turistas e moradores locais para contemplação do poente, que é deslumbrante.

Feira de São Joaquim

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Não só de pontos turísticos se faz uma novela. E a Feira de São Joaquim, na cidade baixa, no bairro do Comércio que o diga. O local abrigou algumas tomadas dos personagens Luzia e Groa, interpretados por Giovanna Antonelli e André Dias e ganhou relevância e fama. Para aqueles que gostam de compras, o espaço carrega o status de maior feira livre de Salvador, reunindo milhares de barracas que vendem comida, bebida, artesanatos, artigos religiosos e outros.

Texto por Agência com edição de Carolina Berlato

Imagem Destacada via Divulgação

 

Comentários