logo

Telefone: (11) 3024-9500

Vinícola no Chile tem passeios para a época da colheita da uva | Qual Viagem Logo

imagem_release_850861

Vinícola no Chile tem passeios para a época da colheita da uva

20 de janeiro de 2017

Uma boa opção para quem se interessa pelo enoturismo no Chile é partir para o Valle de Colchagua, a apenas duas horas de Santiago, e participar da colheita da uva. Lá, será possível conhecer, entender e saborear a bebida. Abaixo, conheça os passeios mais disputados na Vinícola Santa Cruz, que acontecem entre fevereiro e abril, época da colheita da uva.

Tour da vindima

É a tradicional colheita da uva. Ao término, os frutos serão entregues no pátio da recepção da vindima e será dado início à seleção, participando assim de um dos processos mais importantes da fabricação do vinho Chamán, um dos principais rótulos da vinícola. Acontece entre abril e maio, com custo de 25.000 pesos por pessoa e duração de 1h45.

Vinhos premium

Passeios entre os diferentes tipos de parreiras e uvas. Na sequência, é iniciado o processo de vinificação e degustação de vinhos na sala de barris, incluindo subida de teleférico ao Cerro Chamán, com visita às aldeias indígenas e ao Observatório Astronômico. É preciso verificar disponibilidade com antecedência de 48h e o valor é de 25.000 pesos por pessoa.

imagem_release_850869

Foto por Divulgação

Gran Chamán

Visita ao jardim de variedades de uvas, pátio de recepção da vindima, tanques de fermentação e adega, onde será possível a degustação de alguns vinhos, além de incluir translado em teleférico com destino ao Cerro Chamán, com suas aldeias indígenas e o Observatório Astronômico. O tour acontece todos os dias, com duração de 1h30 e sai por 17.000 pesos por pessoa.

Carménère

Passeio focado na produção dos vinhos, com visita à adega, jardim de variedades, sala de vinificação, sala de guarda e galeria do vinho, incluindo degustação. Valor de 9.500 pesos por pessoa, com duração de 1h.

Cerro Chamán

O teleférico da Vinícola Santa Cruz leva o turista até as aldeias indígenas do Cerro Chamán, onde é possível visitar as réplicas das casas dos povos indígenas Rapa Nui, Mapuche e Aymará, além de entender melhor seus costumes e suas tradições. A programação sai por 9.500 pesos por pessoa, com duração 1h.

Tour da oliva

Esse passeio é quase uma aula. Inclui degustação e aprendizado sobre as diferentes azeitonas da região, além dos benefícios do consumo para a saúde. Valor de 10.000 pesos por pessoa.

Mais informações em: vinasantacruz.cl

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Divulgação

Comentários