logo

Telefone: (11) 3024-9500

Vega: as ilhas preciosas da Noruega | Qual Viagem Logo

-d=393&p=1706&t=4&

Vega: as ilhas preciosas da Noruega

14 de abril de 2016

Existem mais de 6.500 razões pelas quais você deve visitar o arquipélago de Vega no condado de Nordland, na Noruega. De fato, a cifra corresponde ao número de ilhas, corais e rochedos esperando por sua visita.

Pra os entusiastas da ornitologia, o arquipélago de Vega é uma verdadeira joia, uma vez que a área reúne mais de 230 espécies de pássaros. Liderando a população de aves encontra-se o pato edredão, conhecido pelo valor de suas penas. As casas construídas por eles com o fim de abrigar seus ninhos podem ser vistas junto aos faróis, vilas de pescadores e paisagens dramáticas.

Foto porHELGELAND REISELIV / WWW.VISITHELGELAND.COM / VEGA

Foto porHELGELAND REISELIV / WWW.VISITHELGELAND.COM / VEGA

Emn 2004, a paisagem cultural do arquipélago passou a integrar a Lista de Patrimônios Mundiais Naturais e Culturais da UNESCO, como representante do «estilo de vida sustentável seguido por gerações de pescadores e agricultores nos últimos 1.500 anos, em conjunto com a paisagem inóspita do encontro com o Círculo Ártico, sustentada pela exploração das penas de pato edredão».

As Ilhas Vega também receberam a certificação de Destino Sustentável, um selo de qualidade conferido a todos os destinos com êxito em ações de redução do impacto ambiental causado pelo turismo, bem como pela manutenção de experiências de alta-qualidade para os visitantes. Outro objetivo alcançado é a preservação da história, caráter e natureza locais.

Muitos moradores locais defendem a ideia de que passar algum tempo em Vega permite conhecer «a vida num ritmo tranquilo». Este é o lugar para relaxar o espírito e apreciar belezas naturais. Isso não quer dizer que nada aconteça – ao contrário, tudo segue o seu passo, naturalmente. Aqui é possível apreciar desde praias rasas em Eidem ao sul, até portos pesqueiros em Nes, Holand e Kirkøy ao norte, cenários rochosos e visuais panorâmicos no Oeste e florestas verdes, baías e enseadas no Leste.

Caminhe ou pedale para desfrutar da atmosfera única e contrastante das ilhas. Seja em dias nublados ou nas noites ensolaradas de verão. Alugue um barco e explore o litoral, experimentando uma pescaria – a pesca no mar, rios e lagos da região é uma atividade popular entre os moradores locais. E o que pode ser melhor do que encerrar o dia repousando numa velha cabana de pescador?

Nas Exposições do Patrimônio Cultural em Nes e Lånan é possível conhecer a história das tradições que renderam o título conferido pela Unesco,  com ênfase na indústria local dos ovos e penas do pato edredão – o universo autêntico da vida dos pescadores. Outras atrações incluem a Igreja de Vega em Gladstad, uma igreja de madeira de 1864, além do memorial de guerra de Ylvingen, onde é possível conhecer os bunkers e túneis utilizados durante a Segunda Guerra Mundial.

Como chegar

Existem vôos diários conectando Oslo a Brønnøysund, que é o aeroporto mais próximo. Do local, você segue o trajeto de táxi (6-7 minutos) até o pier de barcos expressos.

Onde ficar

Foto por thonhotels.com/

Foto por thonhotels.com/

Vega Havhotell – havhotellene.no

Thon Hotel Bronnoysund – thonhotels.com

Texto com informações visitnorway.com.br

Foto destaque via visitnorway.com.br

Comentários