logo

Telefone: (11) 3024-9500

Um roteiro para descobrir Londres e Brighton como um local | Qual Viagem Logo

brighton-royal-pavilion-2-foto-por-patricia-chemin

Um roteiro para descobrir Londres e Brighton como um local

22 de novembro de 2019

Muito além das atrações tradicionais, Londres é uma cidade vibrante, onde impera a criatividade. De mercados de rua à arte urbana, novos passeios e atrativos revelam uma Londres jovem, descolada e em constante mudança. O roteiro segue em direção ao litoral sul, na descontraída Brighton.

Há inúmeras atrações em Londres, e você não precisa – nem deve – ficar limitado apenas aos pontos turísticos mais tradicionais. Para quem já visitou lugares como o Museu Britânico e o Palácio de Buckingham, vale explorar os cantos menos conhecidos da cidade – porém não menos interessantes. São bairros e passeios que vão te surpreender e fazer com que você sinta um gostinho de como é morar nessa que é uma das cidades mais cosmopolitas do mundo.

Depois, para curtir alguns dias de descanso e diversão à beira-mar como um típico londrino, a dica é completar o roteiro com uma visita à litorânea Brighton. Com a nova rota direta entre o Rio de Janeiro (Galeão) e Londres (Gatwick), inaugurada em março deste ano pela companhia área low cost Norwegian, ficou ainda mais fácil visitar os destinos. O Aeroporto de Gatwick fica a meio caminho entre Londres e Brighton.

LONDRES

Para fugir de um roteiro tradicional em Londres, há empresas que oferecem passeios a pé privados e personalizados com guias locais, como a City Unscripted e a Coutours. Assim, você estará acompanhado de um londrino que poderá te mostrar aqueles cantos escondidos que só um residente da cidade conhece. Ou siga as dicas abaixo para montar o seu próprio roteiro.

Brixton: bairro multicultural

Comece no colorido bairro de Brixton, localizado no sul da cidade. Assim como a própria Londres, onde vivem pessoas de 270 nacionalidades diferentes, Brixton é um caldeirão de culturas e lar de imigrantes de várias partes do mundo, de caribenhos a indianos. Esse perfil multicultural fez de Brixton um centro de arte urbana e criatividade.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Ao longo da Electric Avenue e da linha de trem, Brixton é um lugar cada vez mais badalado, mas ainda imperam ali os empreendimentos independentes e locais. Muitos deles estão no Brixton Village Market, um mercado coberto cheio de lojas descoladas e pequenos restaurantes e cafés que servem culinária internacional boa e barata. No bairro, confira também o memorial ao David Bowie, que nasceu em Brixton.

O vintage e o descolado em Shoreditch

Um dos bairros mais descolados de Londres, Shoreditch reúne mercados de rua, bares da moda, lojas de artigos vintage, galerias de arte e cafés charmosos. Uma verdadeira joia próxima ao centro da cidade. Se você quiser adquirir algum item único de vestuário, de decoração ou lembrancinhas de viagem, vá ao Brick Lane Market ou ao Old Spitalfields Market. Ambos também abrigam barraquinhas de todo o tipo de culinária.

Foto por iStock / chris-mueller

Foto por iStock / chris-mueller

Outro endereço imperdível é a Columbia Road, com dezenas de lojas independentes, cafés, pubs e restaurantes. Aos domingos, ela fica ainda melhor e mais bonita com o Columbia Road Flower Market, o principal mercado de flores de Londres. Ainda em Shoreditch, conheça também o Boxpark, uma estrutura de contêineres na qual há restaurantes, lanchonetes e lojas estilo “pop-up”.

Gastronomia em Bermondsey

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Esse é um passeio para quem gosta de comer bem. Aliás, quem diz que Londres não é um destino que se destaca pela gastronomia ainda não explorou a cidade de verdade. Em Bermondsey, perto da Tower Bridge, as arcadas sob as históricas linhas de trem que cruzam o bairro foram transformadas em atrações gastronômicas.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Uma delas é o Maltby Street Market, onde dezenas de barraquinhas de comida, restaurantes, cafés e bares servem o melhor da culinária internacional aos finais de semana. Já no Spa Terminus, pequenos produtores locais de queijos, mel, geleias, pães, embutidos e outras delícias feitas em plena Londres abrem as portas para o público aos sábados de manhã.

Túnel de arte urbana

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Mesmo ao lado da London Eye e da movimentada estação de Waterloo, o Leake Street Arches costuma passar despercebido pelos turistas. Antes um lugar abandonado, esse antigo túnel ferroviário ganhou fama em 2008, graças a um evento promovido ali pelo artista Banksy. Desde então, tornou-se uma galeria aberta e democrática repleta de grafites. As arcadas no interior do túnel foram ocupadas por bares e restaurantes independentes, como o Draughts London, bar com jogos de tabuleiro.

A tradição das destilarias

Foto por © East London Liquor Company / Divulgação

Foto por © East London Liquor Company / Divulgação

A East London Liquor Company foi a primeira destilaria a operar no leste de Londres em mais de 110 anos – região considerada um dos berços da produção de gin na Inglaterra. Além de abrigar uma loja da marca, um restaurante e um bar, a East London Liquor Company abre sua área de produção aos visitantes em tours com degustações de rótulos de gin e outras bebidas destiladas.

Uma refeição sobre rodas

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

O Bustronome inova ao combinar um passeio turístico a bordo de um clássico ônibus de dois andares com uma refeição sofisticada – é um restaurante de luxo sobre rodas que percorre os principais cartões-postais de Londres. No andar de baixo do ônibus funciona a cozinha, enquanto que no andar superior ficam as mesas, cercadas por janelas panorâmicas. Há tours diariamente para almoço, chá da tarde e jantar.

Cenários do rock

Não é novidade que Londres está ligada a grandes nomes do rock, dos Beatles ao Queen. Para os fãs da música, empresas como a London Rock Tours organizam passeios pela cidade, cheios de curiosidades e com paradas nos locais onde os artistas viveram, gravaram seus álbuns e fizeram shows. Tours exclusivos dos Beatles estão entre os mais populares, sempre incluindo a famosa Abbey Road.

Pelas águas do Tâmisa

Foto por Thames Rockets / Divulgação

Foto por Thames Rockets / Divulgação

Para ver o centro de Londres de um ângulo diferente, a Thames Rockets organiza passeios de barco a motor pelo Rio Tâmisa. O guia conta histórias curiosas sobre a cidade, intercalando com momentos em que o barco atinge altas velocidades, enquanto tocam músicas pop britânicas.

BRIGHTON

Cidade localizada em Sussex, no litoral sul da Inglaterra, a menos de uma hora de trem de Londres e a 30 minutos do Aeroporto de Gatwick, Brighton é o melhor lugar para viver a autêntica experiência do litoral britânico. De um pequeno vilarejo de pescadores, Brighton foi transformada em um destino animado e popular de veraneio para os moradores de Londres a partir da chegada do futuro Rei George IV, na época príncipe regente, no início do século XIX.

Até os dias de hoje, Brighton preserva essa atmosfera boêmia, vibrante e liberal, com uma ampla população de jovens universitários e a maior cena LGBT do Reino Unido, além de inúmeros restaurantes, lojas independentes e atrações culturais.

Na época da Regência

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

O estilo de vida extravagante de George IV e a presença da corte contribuíram para o desenvolvimento de Brighton, que ganhou construções luxuosas de frente para o mar com a arquitetura típica da época. A mais impressionante edificação da cidade é do mesmo período: o Royal Pavilion, palácio que foi a materialização das excentricidades do príncipe George. O local recebia grandes festas e banquetes e é único por misturar a arquitetura inglesa com estilos visuais da Índia e da China, sendo repleto de cores e formas exóticas.

O palácio deixou de pertencer à Coroa britânica em 1850, quando foi vendido à cidade de Brighton pela Rainha Vitória. Hoje, há vários cômodos abertos à visitação, como o salão de banquetes, a sala de música, os aposentos do rei e a cozinha. Na mesma propriedade fica um parque com os jardins do palácio e o Brighton Museum & Art Gallery.

Diversão à beira-mar

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Brighton Beach é banhada por um belo mar em tons de turquesa. Apesar de a água ser fria, o visual é muito bonito e vale a pena passear pelo calçadão a pé ou de bicicleta, que você pode alugar facilmente por ali. A orla também é pontuada por restaurantes e bares, além do Brighton Palace Pier, um dos símbolos da cidade – uma estrutura em estilo vitoriano sobre o mar.

Foto por VisitBrighton / Adam Bronkhorst

Foto por VisitBrighton / Adam Bronkhorst

O píer reúne várias barraquinhas de sorvetes e outras guloseimas, duas áreas de arcade, um pequeno parque de diversões e o Palm Court Restaurant, que serve o típico fish & chips e é uma tradição da cidade desde 1906. Para conferir uma vista panorâmica de Brighton e do mar, em frente à praia está a British Airways i360, uma torre de observação que te leva a quase 140 metros de altura, sendo mais alta do que a London Eye.

Compras e gastronomia com muito charme

Foto por VisitBrighton / Adam Bronkhorst

Foto por VisitBrighton / Adam Bronkhorst

No centro de Brighton, explore os becos e as ruas estreitas do bairro histórico de The Lanes e se perca entre uma infinidade de lojas pequenas e de marcas independentes, cafés charmosos, pubs ingleses e restaurantes de todo o tipo. A área da North Laine também é uma ótima opção para compras, cheia de lojas únicas e bem peculiares, com um charme boêmio. Vale destacar que a maioria dos estabelecimentos na cidade costuma fechar cedo, em torno das 17h30 – com exceção dos pubs e restaurantes.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Entre The Lanes e North Laine você vai encontrar alguns dos melhores restaurantes da cidade, de frutos do mar frescos no tradicional English’s of Brighton à aromática culinária indiana no The Chilli Pickle. Outro destaque são os estabelecimentos vegetarianos, como o Terre à Terre – considerado um dos melhores restaurantes do Reino Unido, leva o vegetarianismo a outro patamar.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Do interior à costa

A viagem a Brighton pode ser completada com um passeio pelo Condado de Sussex, do South Downs National Park à faixa litorânea ainda intocada. Comece pela mais icônica paisagem do litoral sul britânico: as Seven Sisters. São falésias brancas de calcário que formam um visual arrebatador, com sete picos bem delimitados (daí o nome “sete irmãs”), que podem ser observadas a partir de Beachy Head, junto ao farol, ou de Seaford Head.

Foto por VisitBrighton

Foto por VisitBrighton

Outras atrações da região são o Long Man of Wilmington (um misterioso desenho de um homem sobre a encosta de uma colina), o belo vale verde de Devil’s Dyke, a vinícola Bolney Wine Estate e pubs históricos em vilarejos rurais, como o simpático Plough and Harrow Pub, em Litlington. Para explorar essas e outras atrações de Sussex, a dica é agendar um tour guiado com a Brighton & Beyond.

Como chegar

A Norwegian é a primeira companhia low cost a operar voos diretos entre o Brasil e o continente europeu, ligando o Rio de Janeiro (Aeroporto do Galeão) a Londres (Aeroporto de Gatwick). O avião que opera a rota Rio-Londres é o moderno Boeing 787 Dreamliner, com as cabines econômica e Premium.

O Aeroporto Internacional de Gatwick fica a cerca de 40 km ao sul do centro de Londres, a meio caminho entre a capital inglesa e Brighton. O melhor modo de sair do aeroporto, ou chegar a ele, é de trem com o Gatwick Express, que liga o aeroporto à estação Victoria em Londres em um trajeto de 30 minutos sem paradas. Para ir de Londres a Brighton, e de Brighton a Gatwick, o trem também é a melhor opção, dessa vez com a Southern Railway.

Onde comer

LONDRES

Boxpark Shoreditch

Brixton Village & Market Row

Bustronome London

Draughts London

Maltby Street Market

Zizzi

BRIGHTON

English’s of Brighton

Palm Court Restaurant

Terre à Terre

The Chilli Pickle

Onde ficar

LONDRES

Qbic Hotel London City

The Bermondsey Square Hotel

Z Hotel Shoreditch

BRIGHTON

Jurys Inn Brighton

Hotel UNA

The Charm Brighton Boutique Hotel

 

Mais informações em: VisitBritain.comVisitLondon.com e VisitBrighton.com

Texto por: Patrícia Chemin. A jornalista viajou a convite do VisitBritain e da Norwegian, e com a proteção do seguro viagem da GTA – Global Travel Assistance.

Foto destaque por: Patrícia Chemin

Comentários