logo

Telefone: (11) 3024-9500

Turim é cidade de palácios e museus na Itália | Qual Viagem Logo

Turin (Torino), landscape with Mole Antonelliana and Alps

Turim é cidade de palácios e museus na Itália

20 de junho de 2017

Mais conhecida por ser a casa da Fiat e da Juventus, Turim é um lugar agitado, repleto de atrações culturais e cercado de lindas paisagens. Quarta maior cidade da Itália (com mais de um milhão de habitantes), está localizada na região de Piemonte, noroeste do país, bem ao pé dos Alpes. São inclusive essas incríveis montanhas com picos nevados que surgem no horizonte de Turim, constituindo um panorama deslumbrante.

Foto por iStock / Ladiras

Foto por iStock / Ladiras

Fundada há muitos séculos, viveu seu primeiro auge quando passou a fazer parte dos domínios da Casa de Savoia, uma das principais dinastias europeias entre os séculos X e XIX. Em 1562, Turim tornou-se a capital do Ducado de Savoia. A partir disso, a cidade ganhou uma série de palacetes e casas reais luxuosas, construídas pelos melhores arquitetos da época. O principal é o Palácio Real de Turim, bem no coração da cidade. Antiga residência oficial dos Savoia, hoje funciona como museu.

Foto por iStock / robilusso

Foto por iStock / robilusso

No centro de Turim há ainda o Palazzo Carignano e o Palazzo Madama – ambos também abrigam museus de arte e história. Já o imponente Castello del Valentino fica no parque homônimo, o maior da cidade, às margens do Rio Pó. Quem tiver interesse em completar o roteiro pelo conjunto de residências da Casa Real dos Savoia (que é Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO), pode visitar uma série de outros palácios e castelos nos arredores de Turim, em Nichelino, Venaria, Moncalieri, Rivoli e Stupigini. É até difícil saber qual é a construção mais bonita.

Foto por iStock / kasto80

Foto por iStock / kasto80

Ainda dentro dos atrativos culturais, vale visitar o bem estruturado Museu Egípcio, o Museu do Automóvel e o Museu Nacional do Cinema. Este último está instalado no Mole Antonelliana, prédio do século XVIII que é um dos cartões-postais de Turim, cuja torre se destaca sobre todas as outras construções. Outros pontos de interesse são a Catedral (Duomo) de San Giovanni, a Porta Palatina da época romana, o Santuário della Consolata e a Igreja de San Lorenzo. Fãs do futebol podem visitar o Estádio da Juventus, que conta com um museu do clube. Para compras, vá à Piazza San Carlo e à Via Roma, repletas de lojas elegantes.

Foto por iStock / RossHelen

Foto por iStock / RossHelen

Foi em Turim que surgiu o primeiro Eataly, famoso empório de comidas italianas que hoje tem filiais por todo o mundo, como em Nova York, Tóquio e São Paulo. Também no quesito gastronomia, Turim é um ótimo destino para os chocólatras. Ali a tradição é o chocolate gianduiotto – bombons recheados com gianduia, uma pasta de chocolate com avelã. Na cidade acontece anualmente um grande festival só de chocolate, o CioccolaTò.

Foto por iStock / RossHelen

Foto por iStock / RossHelen

Como chegar

O trecho entre São Paulo e Turim é realizado em voos com uma escala em cidades europeias como Madri e Paris. Outra opção é pegar um voo direto para Milão pela Latam. Turim fica a apenas 140 km de Milão.

Onde ficar

NH Torino Santo Stefano

Grand Hotel Sitea

Turin Palace Hotel

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / Ladiras

Comentários