logo

Telefone: (11) 3024-9500

Torres del Paine, um dos trekkings mais lindos da América do Sul Logo

torres del paine

Tudo o que você precisar sobre o Torres del Paine – Patagônia Chilena

15 de janeiro de 2018

Todo trekking, seja para os leigos ou para os amantes, gera uma certa ansiedade antes de ser realizado. Quando eu resolvi ir para Patagônia Chilena e fazer parte do circuito W em Torres del Paine, confesso que fiquei bem receosa e tentei pesquisar todas as informações possíveis em sites de viagens. Colhi muita informação bacana, fato, mas só vivendo mesmo para ter certeza de certas coisas.
Pois bem, depois de ter caminhado quase 50 km em 3 dias, sentido coisas grandiosas e únicas e ter vivido uma das experiências mais incríveis da minha vida, venho aqui tentar ajudar os viajantes que sonham em fazer esse trekking em Torres del Paine.

trekking em torres del paine

Eu não fiz todo o circuito W, pois se o fizesse, não teria tido tempo de conhecer o Glaciar Perito Moreno. Resolvi então fazer uma trilha de 3 dias no parque e voltar para El Calafate, na Argentina. Fiz o bate e volta nas Torres, dormi no camping Central, caminhei até o camping Francês, dormi por lá e no terceiro dia fui até Paine Grande.
Minhas dicas são a partir do que vivi, vi, estudei e anotei.

Para ser bem didática, farei perguntas e respostas e espero atender ao máximo as dúvidas de vocês.
Se ainda ficar alguma lacuna, não hesite em deixar a dúvida nos conentários que te responderei!

trekking em torres del paine

1. O que é Torres del Paine

O Parque Nacional Torres del Paine é um parque chileno localizado na Região de Magalhães, no sul da Patagônia do Chile. Foi declarado como Reserva da Biosfera pela UNESCO em 1978, e é considerado um dos parques mais impressionantes da América do Sul. Lá, os lagos, cascatas, rios, glaciares e vegetação, estão em perfeita harmonia. É de uma magnitude incrível e por isso, é um dos locais preferidos para os amantes do trekking.

2. Como chego no Parque Nacional Torres del Paine (TDP)

A cidade mais próxima é Puerto Natales no extremo sul do Chile.
Para ir até lá, você provavelmente sairá de Punta Arenas (Chile) ou El Calafate (Argentina).
Há voos do Brasil para Punta Arenas e para El Calafate, todos com conexão em Buenos Aires pela LATAM.

♦ Para chegar em Puerto Natales:

De Punta Arenas, os ônibus fazem o trajeto de 225 km em mais ou menos 3 horas de viagem. Há 3 empresas fazem a rota, a Bus SurBuses Pacheco e a Buses Fernandes.

De Calafate (como eu fiz), a viagem dura cerca de 6 horas e custa em torno de R$ 70. Não é necessário comprar com antecedência, eu, por exemplo, comprei meu bilhete meio dia para o ônibus das 16h30.

Os ônibus fazem esses trechos regularmente. Minha indicação é a empresa Bus Sur, que foram pontuais, ofereceram lanchinho no trajeto e as cadeiras carregam equipamentos eletrônicos. Esse ponto é importantíssimo, uma vez que no Parque as tomadas, quando têm, são limitadas. Aliás, atente-se às tomadas chilenas:

Importante!
Lembre-se que se você vai para Puerto Natales a partir de El Calafate, você atravessará a fronteira entre Argentina e Chile. Essa parte demora um pouquinho e é bom saber que a polícia chilena, pelo menos nas fronteiras, é muito rígida. Não é permitido entrar com qualquer tipo de alimento a granel, sementes, frutas, carnes, mel, própolis, sanduíches, nada. Se deixar passar na mochila, no mínimo você perderá esses alimentos (lixo) e ainda corre o risco de pagar uma multa bem salgada. Veja informações mais detalhadas no site dos Andarilhos do Mundo.

♦ Para chegar à entrada de Torres del Paine

De Puerto Natales partem diariamente ônibus às 07h30 e às 14h30 (de abril a outubro há apenas o horário da manhã). A duração é de duas horas e o custo do trajeto varia entre 10.000 e 15.000 pesos chilenos. Vale a pena fazer uma pesquisa nas agências do terminal de bus, que ficam uma ao lado da outra. Você consegue bilhete para o dia seguinte, mas não deixe para comprar minutos antes da saída do ônibus.

Para saber onde descer no parque, para iniciar seu trekking em Torres del Paine, você precisa saber por onde pretende começar a trilha.
Há três paradas de ônibus dentro do parque: Laguna Amarga, Pudeto e Sede Administrativa CONAF.

Resumindo, veja os quadros abaixo retirado do Torresdelpaine.com:

Puerto Natales ⇒ Parque TDP

Horario 1 Horario 2
Salida desde Puerto Natales 7:30 14:30
Parada en Laguna Amarga 9:45 16:45
Parada en Pudeto (Catamarán) 10:30 17:15
Llegada a Administración (Conaf) 11:45 18:00

Parque TDP ⇒ Puerto Natales

Horario 1 Horarios 2
Salida desde Administración (Conaf) 13:00 18:00
Parada en Pudeto (Catamarán) 13:30 19:00
Parada en Laguna Amarga 14:30 19:45
Llegada a Puerto Natales 17:00 22:00

3. Quando ir

A Patagônia é fria o ano inteiro, mas no outono e inverno, o gelo toma conta e muitas vezes impossibilita o trekking em Torres del Paine e dificulta a vida dos turistas. A melhor época é entre novembro e fevereiro, quando as temperaturas atingem máximas de 20 graus e as vezes mínimas abaixo de zero durante a noite. Dificilmente neva e é possível até fazer a trilha com regada, por alguns instantes. Alta temporada é dezembro e janeiro, se for nessa época, atente-se com as reservas.

trekking em torres del paine

4. Circuitos do Parque

Há 2 circuitos oficiais:
O circuito O e o circuito W.
O primeiro é o maior, com cerca de 120 km e percorre todo o parque ente 8 e 10 dias. É para os fortes.
O segundo, por ter formato de um W, dura cerca de 4 a 5 dias e percorre 70 km visitando as atrações principais. O nível de dificuldade é de médio para difícil.

As informações que vou passar nesse post são referentes ao circuito W.

5. Por onde começar o trekking em Torres del Paine – Circuito W

Você pode começar pelo lado do Glaciar Grey, à esquerda, ou já pelas Torres del Paine, à direita. Eu escolhi iniciar já pela atração principal, estava receosa de deixar para o final do treeking, ficar muito cansada e não aproveitar direito aquela maravilha.

Portanto, não há melhor ou pior caminho para começar, é apenas uma decisão que precisa ser feita. Essa escolha depende muito do tempo que você tem de trilha e do que deseja conhecer. Escolheu?

Como chegar no início da trilha

  • Se você vai apenas fazer o bate e volta em Torres del Paine, você irá descer na Laguna Amarga.
  • Se vai iniciar o trekking W pelas Torres, como eu fiz, também descerá na Laguna Amarga.
  • Se vai começar pelo sentido inverso, à esquerda do circuito, você descerá em Pudeto.

Os ônibus chegam diariamente às 9h45 ou às 16h45 na Laguna Amarga e às 10h30 ou 17h15 em Pudeto.
Depende se você pegou o ônibus pela manhã ou pela tarde saindo de Puerto Natales.

Importante: Ao chegar você registra sua entrada, paga o valor de 21.000 pesos chilenos (+/- R$150) e assina uma declaração de ciência de algumas regras básicas do parque. Essa parte da entrada não é a parada final, ainda há um trajeto para chegar até o primeiro ponto de base da Torres, o Central, pagando 3.000 pesos de bus ou até Paine Grande, por meio de uma embarcação por 12.000 pesos.
Na volta é a mesma lógica, só que no sentido inverso ao que começou.
O ônibus passa na parada Pudeto às 13h30 e na parada Laguna Amarga às 14h30.
No horário da tarde, o ônibus passa na parada Pudeto às 19h e na parada Laguna Amarga às 19h45.

Decidido por onde começar, escolha como você quer descansar. Você quer acampar ou ficar nos refúgios? Pagar mais por mais conforto ou menos e economizar? Assim que decidir isso, você precisará reservar suas noites.

trekking em torres del paine

6. Opções de estadia no parque

Para continuar lendo clique AQUI

Luisa Galiza

Colunista em Leve na Viagem
Apaixonada por viagens, fotografia e natureza, além de especialista em Gestão Cultural e adepta de uma alimentação saudável, criou o Blog Leve na Viagem para inspirar, dar dicas de roteiros e compartilhar bem-estar pelo mundo.

Instagram: @levenaviagem
www.levenaviagem.com.br
Luisa Galiza

Comentários