logo

Telefone: (11) 3024-9500

Surpreenda-se com o Sri Lanka | Qual Viagem Logo

Temple in Colombo, Sri Lanka

Surpreenda-se com o Sri Lanka

28 de dezembro de 2017

Na região do litoral há bonitas praias; no interior, enormes fazendas que cultivam chás; na capital, um dia a dia frenético em uma das principais metrópoles do mundo. Visitar e explorar o Sri Lanka é se surpreender com uma população doce e prestativa e cenários inesquecíveis.

O país foi descoberto por Colombo e teve também colonização holandesa e britânica. Para quem não tem ideia de onde fica o Sri Lanka, é um país insular bem embaixo da Índia, e a diferença entre a fertilidade das terras fez os indianos crescerem os olhos no país. Desde sua independência em 1948, foram 25 anos de guerra civil e mais de 70 mil mortos. A guerra felizmente acabou em 2009.

Foto por iStock / thekoala

Foto por iStock / thekoala

Ao chegar a Colombo, capital econômica e política do Sri Lanka, nos deparamos com as pessoas vestidas com os sáris e o transporte mais popular por lá são os tuktuks. Mesmo apresentando um trânsito quase caótico e ares de cidade grande, Colombo apresenta uma população cordial, carinhosa e principalmente hospitaleira. O Sri Lanka é um país verde, com chuva abundante e uma agricultura milenar.

Uma das atrações da capital é o templo Gangamaya, além das redondezas do antigo Dutch Hospital, que agora é uma galeria que abriga o famoso restaurante Ministry of Crab, onde a principal pedida são os enormes caranguejos, iguaria da culinária local.

Foto por iStock / efesenko

Foto por iStock / efesenko

Visite também o Pettah Market, bem ao lado da estação de trem (Colombo Fort), uma feira que comercializa de produtos eletrônicos a roupas e guloseimas. Outro local interessante para as compras e lembrancinhas é o Floating Market: tente se concentrar na compra de artesanatos locais e muito cuidado com os produtos falsificados.

Assim como em todo o país, o melhor jeito de circular pela capital é de ônibus. Não se assuste com as más condições dos coletivos, porque o preço cobrado compensa. Os ônibus são antigos, mas equipados com ar-condicionado. Os tuktuks podem ser uma opção, mas para os turistas que costumam ser facilmente reconhecidos, os preços das corridas triplicam. O custo para uma semana em transporte público sai barato e dá para viajar bem pelo país.

Foto por iStock / AsianDream

Foto por iStock / AsianDream

O que vale mesmo a pena está a uns 200 km de Colombo. De trem ou de ônibus, para leste ou para o sul, você vai se encantar. No sul, há as famosas praias. Vale a pena fazer uma visita a Galle. A cidade fortificada é Patrimônio da Humanidade e vai lhe trazer agradáveis surpresas, além de render belíssimas fotos. No centro do país, as plantações de chá e o clima agradável de cidadezinhas de montanha são os destaques. Há sempre um templo budista ou hinduísta. Nas alimentações, geralmente servidas com muitas verduras e legumes ao vapor, tome cuidado com os famosos currys, que na maioria das vezes são muito apimentados.

Como chegar

Como não há voos diretos entre o Brasil e o Sri Lanka, para chegar lá é preciso fazer pelo menos uma escala, que pode ser em Dubai (pela Emirates) ou em Doha (pela Qatar Airways).

Onde ficar

The Blue Water

Hilton Colombo Residences

OZO Colombo

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por: iStock / surangaw

Comentários