logo

Telefone: (11) 3024-9500

Seguro viagem: segurança e economia em caso de doenças preexistentes | Qual Viagem Logo

Divulgação

Seguro viagem: segurança e economia em caso de doenças preexistentes

23 de junho de 2017

Segundo a GTA – Global Travel Assistance, uma das principais empresas especializadas em seguro viagem no País, 65% dos brasileiros ainda não contratam nenhum tipo de seguro quando vão ao Exterior. “Trata-se de uma estatística preocupante”, declara Celso Guelfi, presidente da operadora. “A contratação do seguro é muito importante para qualquer tipo de viagem, principalmente para clientes que possuem alguma doença preexistente, como colesterol alto, problema de vesícula, hipertensão, problemas de coração, entre outros”, lembra Guelfi.

Doenças preexistentes são aquelas que o viajante possui e podem aumentar consideravelmente as chances de ter algum tipo de complicação de saúde durante uma viagem. Entre os benefícios que os usuários passaram a ter com as novas regras da Superintendência de Seguros Privados (Susep), está a cobertura obrigatória para doenças preexistentes em viagens ao Exterior.

“Um atendimento médico-hospitalar emergencial nos Estados Unidos pode custar até US$ 3 mil. Caso seja necessária a realização de procedimentos complexos, o custo final pode chegar a valores estratosféricos. Sem um seguro, despesas como essas ficam por conta do viajante”, acrescenta o executivo da GTA.

A GTA oferece a cobertura para doenças preexistentes em todos os seus produtos: internacionais, nacionais, de cruzeiros, esportivos, estudantis, corporativos e receptivos, para clientes de até 85 anos, dependendo do plano. O Euromax, por exemplo, carro chefe da empresa, conta com cobertura no valor de € 55.000. Já os aventureiros de plantão, que gostam de praticar esportes como escalada, mergulho, esqui, entre outros, também podem contar com uma cobertura para preexistência no valor de US$ 60.000, no plano Full Sport Extreme.

Texto por: Agência com edição Eliria Buso

Foto Divulgação

Comentários