logo

Telefone: (11) 3024-9500

São Paulo: onde comer no centro da cidade | Qual Viagem Logo

Sao Paulo, Brazil - March 14, 2015: General view of the traditional Municipal Market (Mercado Municipal), or Mercadao, in Sao Paulo, Brazil.

São Paulo: onde comer no centro da cidade

21 de fevereiro de 2020

Além de pontos turísticos e monumentos históricos, a revitalização do centro de São Paulo passa também pela gastronomia. Nos últimos anos, a região entre o Centro Velho, a República e a Consolação tornou-se endereço procurado por grandes chefs e passou a abrigar novos empreendimentos badalados. Há ainda uma boa oferta de restaurantes clássicos, que funcionam no centro da cidade há décadas. Conheça abaixo um pouco da oferta gastronômica dessa área tão importante de São Paulo:

A Casa do Porco

Como o nome já indica, a estrela de todos os pratos do restaurante é a carne de porco – e todas as partes do animal são usadas, sem desperdício. Dos embutidos à massa, tudo é feito ali mesmo e a casa ainda valoriza o pequeno produtor do interior de São Paulo. Foi com essa proposta que o chef Jefferson Rueda tornou A Casa do Porco um dos restaurantes mais badalados de São Paulo, localizado a poucos quarteirões da Praça da República. Ali perto, vale conhecer também a lanchonete Hot Pork e a Sorveteria do Centro, ambos do mesmo chef.

Mais informações em: acasadoporco.com.br

Ponto Chic

Foto por Walter Cruz

Foto por Walter Cruz

O Ponto Chic foi inaugurado durante a Semana de Arte Moderna, em 1922, e já foi frequentado por nomes como Mário de Andrade e Monteiro Lobato. Hoje, ele é mais conhecido por ter criado o famoso bauru, lanche composto por queijos fundidos, rosbife, tomate e picles no pão francês – isso na década de 1930. O bauru ainda é o carro-chefe da casa e pode ser pedido no Ponto Chic original, no Largo do Paissandu.

Mais informações em: pontochic.com.br

Esther Rooftop

Instalado no topo do Edifício Esther, ao lado da Praça da República, o Esther Rooftop foi aberto por Olivier Anquier, famoso chef francês e apresentador de TV. Além de ótimas vistas e uma atmosfera descolada, o restaurante serve pratos de inspiração francesa.

Mais informações em: estherrooftop.com.br

Pizzaria Copan

Foto por Gabriel Macedo

Foto por Gabriel Macedo

No térreo de um dos prédios mais icônicos de São Paulo – o Edifício Copan, projetado por Oscar Niemeyer –, a Pizzaria Copan serve, além de pizzas, um cardápio misto de massas e pratos brasileiros. Favorito para o almoço de segunda a sábado, o menu executivo é composto por opções como escondidinho de carne seca, picadinho e filé à parmegiana. À noite, é a vez do rodízio de pizza, com mais de 50 sabores no cardápio.

Mais informações em: pizzariacopan.com.br

Restaurante Ca’d’Oro

Foto por Tadeu Brunelli

Foto por Tadeu Brunelli

Dentro do hotel de mesmo nome, na Rua Augusta, o Restaurante Ca’d’Oro foi inaugurado em 1953 e inovou ao trazer para o Brasil pela primeira vez a gastronomia do norte da Itália, na qual se destacam carnes de caça, assados e risotos. No menu, continuam pratos clássicos, como ossobuco de vitela, carpaccio, risoto com açafrão, massas frescas e o tradicional “gran bollito” misto, além de uma prestigiada carta de vinhos. Foi a partir de seu sucesso que nasceu o Hotel Ca’d’Oro.

Mais informações em: cadoro.com.br/gastronomia

Santinho

Desde 2015, a chef Morena Leite, do renomado restaurante Capim Santo, abriu a terceira unidade do Santinho em um endereço nobre: dentro do Theatro Municipal de São Paulo. O almoço de segunda a sexta tem um buffet farto com opções saudáveis e com um toque regional brasileiro, entre saladas, massas e tapiocas.

Mais informações em: restaurantesantinho.com.br

Casa Mathilde

Foto por iStock / Julio Ricco

Foto por iStock / Julio Ricco

A Casa Mathilde é parada obrigatória para quem vai passear pelo Centro Velho. Inaugurada em 2013, na Praça Antônio Prado, quase em frente ao Edifício Martinelli, descende de uma fábrica de queijadas de Portugal, que data de 1850. Hoje, a Casa Mathilde faz os melhores doces conventuais portugueses da cidade, entre pastéis de nata, travesseiros de Sintra e outras delícias.

Mais informações em: casamathilde.com.br

Santa Tereza

São Paulo é uma cidade famosa pelas padarias, e a Santa Tereza é simplesmente a mais antiga padaria do Brasil. Foi inaugurada em 1872 e, atualmente, está na Praça Dr. João Mendes, atrás da Catedral da Sé. Além do tradicional pão na chapa, o café da manhã aos finais de semana e feriados é em estilo colonial, com um buffet bem completo. A padaria serve ainda almoço e jantar todos os dias.

Mais informações em: padariasantatereza.com.br

Bar e Lanches Estadão

Foto por Carolina Berlato

Foto por Carolina Berlato

Inaugurado em 1968, o Bar Estadão é um dos mais tradicionais do centro e tem a cara de São Paulo: além de ser um espaço democrático, onde várias tribos se encontram, funciona 24h por dia e sete dias por semana. O carro-chefe é o sanduíche de pernil, suculento e muito bem servido. Fica no Viaduto Nove de Julho, pertinho da Biblioteca Mário de Andrade.

Mais informações em: estadaolanches.com.br

Restaurantes da Rua Avanhandava

Foto por Juliana Branco / Banco de Imagens do Estado de São Paulo

Foto por Juliana Branco / Banco de Imagens do Estado de São Paulo

O restaurateur Walter Mancini transformou um trecho de cerca de 150 metros da Rua Avanhandava, perto da Rua da Consolação, em um boulevard gastronômico. Ali, a rua é decorada com plantas, chafarizes, luzinhas coloridas e murais grafitados, e as pessoas fazem fila para entrar em um dos cinco restaurantes assinados por Mancini. Entre eles, o mais concorrido é o Famiglia Mancini, de 1980, cantina italiana com pratos fartos, perfeitos para dividir com a família ou os amigos.

Mais informações em: famigliamancini.com.br

Mercado Municipal

Foto por iStock / Phaelnogueira

Foto por iStock / Phaelnogueira

Perto do famoso comércio popular da Rua 25 de Março, o Mercado Municipal de São Paulo, ou apenas Mercadão, reúne várias bancas que vendem frutas, queijos, temperos, carnes, grãos e muito mais, além de lanchonetes e restaurantes. É impossível visitar esse lugar tão icônico sem provar quitutes clássicos da cidade, como o pastel de bacalhau e o muito bem servido sanduíche de mortadela.

Mais informações em: oportaldomercadao.com.br

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / R.M. Nunes

Comentários