logo

Telefone: (11) 3024-9500

San Miguel de Allende tem cultura e história no México Logo

Foto por Istock/ bpperry

San Miguel de Allende tem cultura e história no México

14 de junho de 2016

É paixão à primeira vista. Suas estreitas ruas de pedra conduzem por um cenário de casarios em tons fortes de vermelho, marrom, rosa e amarelo, canteiros de bouganvilles, belas igrejas, ateliês de artistas e jardins secretos escondidos nos pátios internos de edifícios coloniais. Não é a toa que a pequena San Miguel de Allende é considerada por muitos a cidade mais bonita do México.

Encrustado entre as montanhas do Estado de Guanajuato, a exatos 265 quilômetros da capital mexicana, o pequeno povoado permite uma volta ao passado. Basta caminhar por suas vias para encontrar resquícios de épocas nas quais foi um importante entreposto na rota da prata, entre Zacatecas e a Cidade do México, e marco na luta contra os espanhóis pela independência do país. Tamanho cuidado com a preservação de sua história fez com que, em 2008, San Miguel de Allende fosse nomeada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Foto por istock/mofles

Foto por istock/mofles

Mas a cidade não parou no tempo. A vida sem pressa, os cenários pitorescos e o eterno clima temperado – por conta de sua localização, a 1.860 metros de altitude –  foi a tríade que a transformou em reduto de artistas e visitantes sofisticados que trouxeram energia renovada ao povoado. Resultado: uma simbiose perfeita entre o passado e o melhor que o presente pode oferecer. Por trás das fachadas coloniais estão galerias de arte, lojas de design, hotéis boutique de primeira linha, modernos spas e restaurantes de chefs estrelados – entre mestres da culinária internacional e representantes da nova gastronomia mexicana.

Junte-se a todas essas características uma vida cultural pulsante, com festas populares e festival de música barroca, e descobrimos a razão pela qual San Miguel de Allende também ganhou o título de Pueblo Mágico. Outorgado pela Secretaria de Turismo mexicana, ele é uma reconhecimento a um seleto grupo de povoados do país que, além de preservar suas riquezas históricas e culturais, souberam se reinventar para oferecer aos turistas experiências únicas de viagem.

A melhor maneira de conhecer San Miguel de Allende é perder-se por suas vielas e becos em agradáveis passeios a pé. A cada esquina, uma surpresa arquitetônica ou histórica, lugares charmosos que servem pit stop para repor as energias com bebidas e iguarias locais e bucólicos recantos para entregar-se ao dolce far niente.

O coração da cidade é o El Jardín Principal, um nome mais que apropriado para uma praça repleta de frondosas arvores de loureiro e bem-cuidados canteiros de plantas e flores. Epicentro da vida social e cultural do povoado, tem bancos que convidam a sentar-se e acompanhar o vaivém de turistas e moradores. Melhor: com trilha musical. Grupos de mariachis e artistas de outros estilos fazem da praça seu palco de apresentações.

A partir do El Jardín, ergue-se a construção mais importante da cidade: a Parroquia de San Miguel Arcángel, também conhecida apenas como La Parroquia. Símbolo da cidade, foi construída no século 17 e impressiona por suas várias torres. Antes de entrar, vale observar os detalhes da suntuosa fachada em estilo neogótico e tom rosa-envelhecido. Essas características, que a tornam única no México, são resultado de uma atualização feita no século 19 pelo arquiteto indígena Zeferino Gutiérrez Muñoz. Autodidata, ele teria se inspirado em cartões-postais de igrejas góticas europeias para compor sua obra.

Foto por Istock/ bpperry

Foto por Istock/ bpperry

Para imergir no passado histórico de San Miguel de Allende alguns pontos importantes não podem faltar no roteiro. Ao norte do El Jardín, o antigo Palácio Municipal, construído em 1736, guarda as figuras de Miguel Hidalgo e Ignacio Allende, líderes da independência do México que, nesse mesmo local, presidiram o primeiro conselho após a separação do país com a Espanha.

Parte dessa história também é contada na Casa de Allende. Uma bela porta neoclássica do século 18 dá entrada para o acervo de peças da época da independência. Elas estão distribuídas nos cômodos que serviram de lar para o revolucionário Ignacio Allende, cuja memória também está preservada na estátua central da Plaza Cívica, na zona norte da cidade.

Uma curta caminhada permite dar um salto de mais de 200 anos para conhecer a Plaza de Toros de San Miguel. Construída em 1950, tem capacidade para 3 mil espectadores em suas arquibancadas, mas esse número se multiplica quando ela recebe shows de grande porte, como da cantora neozelandesa Lorde.

Os fãs de natureza também são contemplados nos passeios por San Miguel Allende. Dois parques devem entrar na lista de lugares a visitar: o Paseo del Chorro, na região de uma nascente que foi usada originalmente por tribos indígenas antes de ser descoberta pelos espanhóis no século 16; e o Parque Juarez, com fontes, trilhas, pontes e um parque infantil perfeito para levar as crianças.

Foto por IStock/ Bryan Busovicki

Foto por IStock/ Bryan Busovicki

Para chegar a outro destino imperdível da viagem, é preciso rodar cerca de 14 quilômetros a partir de San Miguel. No povoado vizinho está o Santuário de Jesús de Atotonilco, considerado Patrimônio da Humanidade. Com mais de 250 anos, sua construção levou o estilo barroco ao ápice, com quase todas as paredes e tetos preenchidos por cenas bíblicas – tanto que é considerado a Capela Sistina mexicana.

Onde ficar

Construções coloniais, clima cultural, gastronomia de autor e a mistura na medida entre um ambiente regional e ares cosmopolitas. San Miguel de Allende reuniu todos os ingredientes necessários para o advento de outro fenômeno que geralmente os acompanha: o surgimento dos hotéis boutique. E aqui eles se multiplicam com todos os elementos que lhes garantem essa denominação: decoração sofisticada, agradáveis áreas de estar, itens especiais de conforto e atenção especial aos hóspedes.

Hotel Matilda

hotelmatilda.com

Dos Casas

doscasas.com.mx

Rosewood

rosewoodhotels.com/en/san-miguel-de-allende

www.visitmexico.com

Foto destaque por IStock/bpperry

Comentários