logo

Telefone: (11) 3024-9500

Salinas Grandes, o deserto de sal argentino | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ ulldellebre

Salinas Grandes, o deserto de sal argentino

14 de fevereiro de 2017

Quando se fala em deserto de sal, a imagem do Salar de Uyuni, na Bolívia, logo nos vem à mente. Porém, muitos não sabem que nossos hermanos argentinos também têm um cenário desses em seu território. Localizado no norte da Argentina, Salinas Grandes tem uma paisagem onde a vida se torna beleza extrema.

Foto por Istock/ xeni4ka

Foto por Istock/ xeni4ka

A 72 quilômetros de Purmamarca, na província de Salta, as inquietantes Salinas Grandes formam uma das paisagens mais belas da Puna, vizinha da também incrível Quebrada de Humahuaca. A 3.550 metros acima do nível do mar, o azul celeste do céu se confunde com o branco luminoso das Salinas. As cores dos cerros se perdem no horizonte. Além disso, animais típicos dos andes, como lhamas, condores e vicunhas podem ser vistos no caminho.

A crosta de sal com cerca de meio metro de espessura que forma Salinas Grandes é o resto de um lago que se secou há milhares de anos. Hoje, o terreno de 12 mil hectares é cortado pela Rota 52, que leva até ao Deserto do Atacama.

Foto por IStock/ xeni4ka

Foto por IStock/ xeni4ka

No cenário, o branco predomina no horizonte. Sobre o piso salitroso, hexágonos perfeitos se vislumbram como quadros. As piscinas de uma cor azul turquesa representam um oásis difícil de imaginar. O jogo de luzes, ainda nos dias nublados, é o paraíso dos fotógrafos.

Foto por IStock/ MisoKnitl

Foto por IStock/ MisoKnitl

Salinas Grandes recebem diversos passeios saindo de Jujuy, que se tornam a maneira menos cansativa de conhecer o lugar. Na hora de embarcar para o deserto de sal, não se esqueça do filtro solar, óculos de sol, casaco para se proteger do vento e muita água. Os locais também indicam algumas folhas de coca para prevenir o mal de atitude.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ ulldellebre

Comentários