logo

Telefone: (11) 3024-9500

Saiba quais são os meses mais baratos para se hospedar em diferentes destinos | Qual Viagem Logo

Asian women are staying in a hotel room. Open the curtain in the room Along with carrying luggage.Concept of people be comfortable to travel.

Saiba quais são os meses mais baratos para se hospedar em diferentes destinos

16 de janeiro de 2020

Com a chegada de 2020, muitos já começaram a fazer seus planos de viagem para o ano. Pensando nisso, a Booking.com criou um calendário de viagem* para ajudar as pessoas com um orçamento mais apertado a escolher o destino com o melhor custo-benefício para cada mês de 2020. Confira:

JANEIRO

Saas Fee, Suíça: 25% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Jerusalém, Israel: 45% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Canmore, Canadá: 35% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

FEVEREIRO

Copenhagen, Dinamarca: 40% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Las Vegas, EUA: 33% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Xangai, China: 29% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

MARÇO

Foto por iStock / lhongfoto

Foto por iStock / lhongfoto

Chicago, EUA: 35% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Singapura: 20% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Ubud, Indonésia: 25% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

ABRIL

Düsseldorf, Alemanha: 50% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Myrtle Beach, EUA: 39% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Brisbane, Austrália: 11% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

MAIO

Melaka City, Malásia: 35% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Taichung, Taiwan: 33% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Kuala Lumpur, Malásia: 23% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

JUNHO

Foto por iStock / diegograndi

Foto por iStock / diegograndi

Buenos Aires, Argentina: 30% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Orosei, Itália: 40% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Kyoto, Japão: 43% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

JULHO

Déli, Índia: 20% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Colônia, Alemanha: 42% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

AGOSTO

Madri, Espanha: 42% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Bolonha, Itália: 41% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Tóquio, Japão: 22% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

SETEMBRO

Osaka, Japão: 28% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Taipei, Taiwan: 32% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Hong Kong: 54% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Cidade do México, México: 12% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Orlando, EUA: 30% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

OUTUBRO

Foto por iStock / RudyBalasko

Foto por iStock / RudyBalasko

Veneza, Itália: 45% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Biarritz, França: 45% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Barretos, Brasil: 45% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Cape May, EUA: 48% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Toowoomba, Australia: 11% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

NOVEMBRO

Praga, República Tcheca: 39% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

Rio de Janeiro, Brasil: 29% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

DEZEMBRO

Bogotá, Colômbia: 21% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

São Francisco, EUA: 33% mais barato em comparação ao período mais caro do ano

* Metodologia: os analistas de dados da Booking.com examinaram os preços de novembro de 2018 a outubro de 2019 para definir os meses mais baratos e mais caros do ano. A análise só levou em consideração reservas concluídas (ou seja, em que ocorreu a estadia) em acomodações de 3 e 4 estrelas. A análise tem como base o preço praticado no passado e não pode garantir o preço nem a disponibilidade futura nos destinos mencionados.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / bunditinay

Comentários