logo

Telefone: (11) 3024-9500

Rota Cultural Caminhos do Frio homenageia centenário de Jackson do Pandeiro | Qual Viagem Logo

portal

Rota Cultural Caminhos do Frio homenageia centenário de Jackson do Pandeiro

2 de agosto de 2019

Nem só de sol e mar vive a Paraíba. Entretanto, é durante o inverno que o clima esquenta e convida visitantes e moradores a participarem do evento mais aconchegante da Serra da Borborema.

A Rota Cultural Caminhos do Frio acontece anualmente na região serrana do interior do Nordeste e inclui nove municípios que, anualmente, recebem uma extensa programação cultural com shows, trilhas ecológicas, festivais gastronômicos, espetáculos artísticos e diversas experiências únicas que só podem ser vistas nos atrativos locais, como os antigos engenhos de açúcar. Cada cidade sedia o roteiro por uma semana e, esse ano, todas irão homenagear o centenário de Jackson do Pandeiro, o Rei do Ritmo.

No mês de agosto, a festa passará por quatro cidades, começando por Bananeiras, entre os dias 5 e 11. Localizada a 141 quilômetros de João Pessoa, a região é a maior produtora de café do estado e a segunda de todo o Nordeste. Atualmente, é considerada um município com forte potencial para o turismo, devido aos seus atrativos históricos como Igrejas centenárias, a Estação de Bananeiras e o túnel ferroviário que data construção do século XX, o Engenho Goiamunduba,  e a Cachaça Rainha, que anualmente produz 100 mil litros da bebida e ainda possui maquinários de 1877.

Foto via brejoparaibano.com.b

Reprodução via brejoparaibano.com.br

De lá, a festa segue para Remígio, aonde permanece entre os dias 12 e 18. Famosa pela produção de algodão, a cidade de 19 mil habitantes oferece aos visitantes a experiência de conhecer o plantio e a colheita do produto, que acontece durante outubro e novembro.

Outro atrativo é o Bangalô, casa que guarda a história de Tereza, uma jovem que se apaixonou por um escravo e enfrentou diversos obstáculos para viver o romance. Existe uma trilha turística que mostra os principais pontos da vida de Tereza e ainda os relevos da paisagem natural de Remígio.

Reprodução por brejoparaibano.com.br

Reprodução por brejoparaibano.com.br

A próxima parada é em Alagoa Nova, conhecida por ser palco de diversos festivais culturais. Além disso, a cidade oferta roteiros de ecoturismo e de aventura. A Rota Cultural chega no município no dia 19 e ficará até dia 25.

Alagoa Grande é o destino final da Rota Cultural. Terra do cantor e instrumentista Jackson do Pandeiro,  Rei do Ritmo, a cidade possui um leque de atrações artísticas e culturais, como a Casa das Bonecas, onde é possível acompanhar o processo de fabricação artesanal das bonecas.

Reprodução por brejoparaibano.com.br

Reprodução por brejoparaibano.com.br

Os destaques ficam por conta do Engenho Volúpia, o Memorial Jackson do Pandeiro e a Casa Museu Maria Margarida Alves, este último, construído em homenagem a sindicalista que morreu pela luta do direito dos trabalhadores rurais. Tanto o museu, quanto o memorial fazem parte do projeto de valorização cultural e turística da cidade com base em sua história.

A Rota Cultural ficará em Alagoa Grande até 1 de setembro.

Mais Informações: www.destinoparaiba.pb.gov.br | www.brejoparaibano.com.br

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada via brejoparaibano.com.br

Comentários