logo

Telefone: (11) 3024-9500

Rio de Janeiro terá Via Sacra até o Cristo Redentor | Qual Viagem Logo

Rio de Janeiro, Brazil – September 14, 2007: Statue of Christ the Redeemer a top Corcovado Mountain, the historic monument of Brazil most visited by foreign tourists and Brazilians, which is positioned between "The 10 Wonders of the World"

Rio de Janeiro terá Via Sacra até o Cristo Redentor

26 de fevereiro de 2021

O ano de 2021 marca os 90 anos do Cristo Redentor. Ao longo de nove décadas, o monumento se consolidou como um dos maiores símbolos do país e da cidade do Rio de Janeiro. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro firmaram um acordo de cooperação técnica nesta quarta-feira (24) para elaborar uma Via Sacra entre o Maciço do Corcovado e o Santuário Cristo Redentor.

O acordo de cooperação entre o Iphan e a Arquidiocese, instituição responsável pelo Santuário Cristo Redentor, foi celebrado em uma cerimônia aos pés do Cristo Redentor. De caráter inovador, o projeto também conta com o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A Via Sacra consiste no percurso da Paixão de Cristo, em memória de sua caminhada a carregar a cruz. No Cristo Redentor, o trajeto será realizado através da ressignificação de trilhas históricas já existentes na floresta do Corcovado, com o uso de placas e sinalizações feitas de materiais biodegradáveis. A partir da celebração do contrato, serão desenvolvidos os estudos para selecionar as trilhas e as sinalizações que comporão o caminho. A previsão de término das instalações é no final de 2021.

Ao longo dos séculos, a peregrinação da Via Sacra passou a ser reproduzida por fiéis em localidades diversas, com destaque para Roma, na Itália, e Jerusalém, em Israel. A Via Sacra do Cristo Redentor será concebida para ser um ponto de visitação mundialmente reconhecido, com o diferencial de atravessar o bioma da Mata Atlântica em meio a uma paisagem singular.

“Vamos ressignificar o nosso riquíssimo patrimônio cultural, ambiental e paisagístico, e aliar o turismo religioso a um conceito de sustentabilidade. A Via Sacra do Cristo Redentor fortalecerá o turismo no Rio de Janeiro, bem como a imagem do Brasil como destino”, salienta o superintendente do Iphan do Rio, Olav Schrader.

Com 30 metros de altura, a imagem do Cristo se apoia em um pedestal octogonal de oito metros que se encontra no cume do Corcovado. O Iphan tombou o monumento em 2008, com a inscrição no Livro do Tombo Histórico. O Corcovado em si é protegido pelo Instituto desde 1973, enquanto patrimônio natural. Localiza-se na área do Parque Nacional da Tijuca, também tombado pela autarquia, no ano de 1967.

“Este acordo é tudo que precisamos: trabalhar os bens protegidos aliando a valorização do Patrimônio Cultural com fomento ao turismo, sustentabilidade ecológica e preservação. Mais que isso, esse projeto vai fortalecer a vocação turística desse bem cultural”, analisa a presidente do Iphan, Larissa Peixoto.

Principal cartão-postal carioca, o Cristo Redentor oferece uma vista panorâmica da cidade. Este bem cultural integra a região do Rio chancelada em 2012 como Patrimônio Mundial pela Unesco. Trata-se da primeira área urbana no mundo a ter reconhecido o valor universal da sua paisagem cultural.

“Queremos deixar um legado para as futuras gerações. Será um momento positivo de inflexão para a autoestima dos cariocas e a imagem do nosso Brasil”, afirma o reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / ValterCunha

Comentários