logo

Telefone: (11) 3024-9500

Punta Tombo: um encontro com os pinguins na Patagônia argentina | Qual Viagem Logo

Magellanic Penguins at Natural protected area Punta Tombo, Chubut, Patagonia, Argentina

Punta Tombo: um encontro com os pinguins na Patagônia argentina

6 de dezembro de 2016

Localizada na província de Chubut, centro da Patagônia argentina, a 180 km de Puerto Madryn, a Área Natural Protegida de Punta Tombo torna-se ano após ano o lar da maior colônia continental de pinguins-de-Magalhães do mundo. Esses animais chegam a esse local para se reproduzirem em setembro e ficam por ali até o mês de abril.

istock-527093789

Foto por iStock / arleking

Apesar de estar na Patagônia, Punta Tombo não é coberta por neves e geleiras. Na verdade, é um local árido e rochoso, com uma estreita península que se estende pelo mar por 3,5 km, com algumas baías e enseadas. É nesse lugar, longe de centros urbanos e banhado pelo Oceano Atlântico, que os pinguins cuidam de seus ninhos e alimentam seus filhotes.

Penguins at Punta Tombo fauna reserve, on the Atlantic coast of the province of Chubut, Argentina.

Foto por iStock / alfnqn

Por se tratar de uma reserva natural, Punta Tombo é protegida por uma série de regulamentações para a proteção dos animais e do meio ambiente. Para observar os pinguins em seu habitat natural, os turistas devem andar por trilhas autorizadas e pré-determinadas e não tocar nos animais, nem incomodá-los. Punta Tombo chega a abrigar um milhão de pinguins todos os anos.

Punta Tombo is a peninsula into the Atlantic Ocean south of Trelew, in Chubut province, Patagonia, Argentina. It is covered with sand, clay and gravel. Between September and April, a large number of Magellanic penguins come to this site to incubate their eggs, and prepare their offspring for migration - the largest such colony in South America. Couples stand in front of their nests, protecting the eggs from birds and other predators, and occasionally one adult goes to the sea for food

Foto por iStock / misterbike

Os melhores períodos do dia para contemplar os pinguins são pela manhã e no fim da tarde, quando eles estão mais agitados e fazem todo o tipo de atividades. A rodovia que leva de Puerto Madryn a Punta Tombo é quase toda asfaltada, apenas com um trecho de pedras no final. Logo na entrada está o Centro Tombo, a única estrutura turística do local, onde é possível aprender um pouco mais sobre a fauna das costas patagônicas.

Mais informações em: argentina.travel/pt e puntatombo.com

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / xeni4ka

Comentários