logo

Telefone: (11) 3024-9500

Prepare-se para a temporada de neve em Chillán, no Chile | Qual Viagem Logo

FOTO FULLOUTDOOR.CL DIVULGAÇÃO

Prepare-se para a temporada de neve em Chillán, no Chile

29 de abril de 2016

A temporada de neve no hemisfério sul é um período de puro encanto para os brasileiros, que mesmo sem ter esse fenômeno em terras nacionais, se animam para visitar os países vizinhos no inverno. Além de Bariloche, na Argentina, que é bastante conhecida entre os entusiastas do esqui, os destinos de neve no Chile também são ótimas opções para quem busca qualidade de pistas e uma estrutura completa de hospitalidade.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Em Chillán, no sul chileno, estão as principais pistas de esqui do país, com temporada que vai de junho a setembro. É possível desfrutar de uma variedade de pistas (sem importar se você é esquiador novato ou experiente) como Las Tres Marías (13 km), a pista mais extensa da América do Sul, que inclui o teleférico mais comprido. Escolha entre múltiplas opções, como snowpark (tobogã de neve), circuitos para motos de neve, heli-esqui e terrenos fora de pista.

Desde lá de cima há uma vista privilegiada do vulcão Antuco e do Domuyo na Argentina. Finalize a jornada esportiva mergulhando nas mornas águas termais das piscinas, cobertas ou ao ar livre; ou desfrutando de uma massagem com pedras quentes ou barro mineral.

Chillán está localizada a 480 km de Santiago na região de Biobío. Para chegar até lá, existem algumas opções; a primeira é voar até a capital chilena e depois, pegar um voo doméstico até Concepción, que conta com o aeroporto mais próximo; de lá, basta alugar um carro até o centro de esqui Termas de Chillán. A outra opção é pegar um ônibus em Santiago e ir direto até o complexo em uma viagem de 6 horas. Existe também a opção de ir de trem da capital até Chillán, com duração de 5 horas.

Para quem escolhe a opção de descer de avião em Concepción, o roteiro fica mais livre, com opção de conhecer algum dos bons restaurantes da cidade ou a Pinacoteca de la Universidad, com sua gravação de Guayasamín. A cidade, bastante conhecida por suas universidades, conta com alguns hotéis no centrinho, mas o mais indicado é dirigir até Valle Las Trancas, um vilarejo de Chillán, e se hospedar em algumas das diversas cabanas que existem por lá. A vila é bastante rústica, possui praticamente só uma rua principal – a própria estrada que vai até a estação de esqui – mas possui todo um charme especial para passar alguns dias entre a neve e a montanha.

Foto por Eliria Buso

Foto por Eliria Buso

Vale lembrar que, para chegar até Termas de Chillán, as estradas são todas asfaltadas, mas exigem alguma prática em dirigir na neve. Em alguns casos, os carabineiros (policiais) irão solicitar que sejam colocadas correntes nas rodas para prosseguir.

O Chile é um dos destinos de neve mais populares e que recebe maior número de brasileiros. Isso se deve a excelente qualidade da neve e de suas pistas de esqui, que recebem cuidado especial durante todo o ano para que, no inverno, tudo ocorra da melhor forma possível. O Centro de Esqui Termas de Chillán, localizado no Valle Las Trancas, é considerado um dos melhores do mundo e oferece a oportunidade de experiências incríveis para sua viagem. Esquiadores de todos os níveis são muito bem recebidos por lá. As 28 pistas de esqui são divididas em três níveis, sendo 30% fácil, 40% médio e 30% difícil. No total, são 35 km preparados para desfrutar deste apaixonante esporte e com um potencial de 10 mil hectares de domínio esquiável. Por meio de nove meios de elevação (um teleférico triplo, três teleféricos de cadeiras duplas e cinco arrastres) é possível ter acesso a cada uma destas pistas e apreciar um desnível vertical de 1,1 mil metros.

Para os iniciantes, há monitores e instrutores a prontidão para auxiliar durante todo o tempo em que as pistas ficam abertas. Não é necessário ter todos os equipamentos para poder praticar os esportes de neve. O centro de esqui tem uma loja exclusiva para aluguéis tanto de equipamento para esqui, como para snowboard.

Entre as vantagens de escolher Valle Las Trancas para curtir a temporada de neve no Chile é a vasta diversidade de opções de hospedagem próximas ao centro de esqui. Para quem procura um lugar aconchegante, com estilo rústico e bastante típico das montanhas, a melhor opção está nas cabanas e lodges. A maioria é construída com madeira e tem sua decoração totalmente inspirada no estilo das casas de montanha. Nelas, o frio não é problema, mesmo se as temperaturas chegarem a números negativos. Equipamentos modernos de última geração são instalados em todos os apartamentos, deixando-os quentinhos e confortáveis.

Se a busca for por algo mais sofisticado e elegante, não há com o que se preocupar, pois os resorts da região oferecem um serviço excelente e opções de lazer a perder de vista. O M.I. Lodge, por exemplo, é quase um complexo turístico. Além de estar próximo ao centro de esqui, ele oferece inúmeras atividades para quem ficar no hotel. Um dos destaques é o Marula Spa Boutique que, além de oferecer diversos tipos de tratamentos estéticos de terapêuticos, possui uma piscina aquecida dentro de um espaço fechado com janela dando vista para as montanhas. Quem se hospeda no M.I. Lodge também tem o privilégio de observar de maneira totalmente especial o céu da região. O observatório Cielos de Shangri-la, inaugurado em 2011, conta com uma cúpula de quatro metros de diâmetro de aço inoxidável. Em seu interior, há um telescópio Dobson de 18 polegadas, motorizado com um sistema americano. As características do telescópio, a variada gama de oculares e o imponente céu de Las Trancas permite uma observação noturna maravilhosa e de alta resolução.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Já quem deseja ficar pertinho da neve, a melhor opção é o hotel Alto Nevados de Chillán. Ele está localizado em meio às montanhas e tem acesso exclusivo às pistas de esqui, além de contar com loja para aluguel de equipamentos e professores também exclusivos. Após horas de aventura e adrenalina na neve, nada melhor que um delicioso chocolate quente do bar do hotel ou, ainda, relaxar nas piscinas termais com temperaturas variando entre 27°C até os 65°C. Luxo e sofisticação estão presentes em todas as dependências do hotel e o conforto está garantido aos que se hospedam por lá.

Como chegar

As termas e o complexo de esqui estão a 407 km de Santiago e a 190 km de Concepción. O melhor jeito de chegar é indo até Concepción, via Santiago, e de lá pegar o transfer oferecido pelos hotéis. As empresas GOL (voegol.com.br), LAN/TAM (tam.com.br) e Sky Airline (skyairline.cl) oferecem voos para Santiago a partir do Aeroporto Internacional de São Paulo.

Onde ficar

Concepción

Hotel Presidente

hotelespresidente.com

Valle Las Trancas

Cabañas Rukapukem

rukapukem.com

Entrerocas

entrerocas.cl

Chillán

Hotel Alto Nevados

nevadosdechillan.com

Gran Hotel Termas de Chillan

termaschillan.cl

Texto por: Andressa Volpini e Eliria Buso. As jornalistas viajaram a convite da Sernatur Biobío, por meio da XtremoSur.

Foto por FULLOUTDOOR.CL / DIVULGAÇÃO

Comentários