logo

Telefone: (11) 3024-9500

Parques nacionais dos Estados Unidos comemoram 104 anos | Qual Viagem Logo

Sunset at Yosemite National Park, with Bridalveil Fall, El Capitan and Half Dome.

Parques nacionais dos Estados Unidos comemoram 104 anos

25 de agosto de 2020

Apesar de alguns parques nacionais dos Estados Unidos terem sido fundados décadas antes, foi apenas no dia 25 de agosto de 1916 que o então Presidente dos Estados Unidos Woodrow Wilson assinou o Organic Act, fundando o National Park Service, órgão que, desde então, cuida da manutenção e preservação de parques nacionais do país. Hoje, os EUA possuem oficialmente 419 parques nacionais, totalizando cerca de 34 milhões de hectares nas mais diversas paisagens, espalhados por cada um dos 50 estados, territórios e o Distrito de Columbia, onde fica a capital do país.

Alguns dos parques nacionais norte-americanos são muito conhecidos e visitados pelos brasileiros, como o Grand Canyon, no Arizona, o Everglades, na Flórida, o Yosemite, na Califórnia, entre muitos outros. Mas, como há mais de 400 opções para escolher, segue nossa sugestão de quatro parques nacionais dos EUA que ainda são pouco conhecidos pela maioria dos viajantes brasileiros:

Parque Nacional da Samoa Americana, Samoa Americana

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

A Samoa Americana fica situada na região do Oceano Pacífico Sul, entre o Havaí e a Nova Zelândia e, sim, mesmo sendo um local tão remoto é um território oficial dos Estados Unidos. Com tal localização, no coração da Polinésia, a Samoa Americana certamente é um destino único para quem busca sair do comum.

O remoto Parque Nacional da Samoa Americana é conhecido por suas praias de águas cristalinas, florestas tropicais, corais e montanhas vulcânicas com ladeiras íngremes, combinado com um toque de cultura polinésia e história da Segunda Guerra Mundial, tudo isso num ambiente muito bem preservado.

A extensão do parque é enorme, com mais de 5 mil hectares numa localização tão remota, o Parque Nacional da Samoa Americana é um destino certeiro para quem procura uma verdadeira experiência de relaxamento e isolamento, longe de barulhos, multidões e estresse.

Parque Nacional de Hot Springs, Arkansas

Foto por iStock / zrfphoto

Foto por iStock / zrfphoto

Há cerca de 14 mil anos, os nativos-americanos descobriram um local com poderes medicinais de raras piscinas de fontes termais. Conforme a exploração do território norte-americano foi se expandindo para o oeste, era normal que algumas cabanas fossem construídas em torno de locais de banho de águas termais e, nos últimos 150 anos, casas de banho com uma decoração diferenciada vêm atraindo visitantes para experimentar a água a 65ºC fluindo da Hot Springs Mountain.

A história e a tradição do lugar não são apenas um chamariz para visitá-lo, mas também uma breve introdução de tudo o que o parque tem a oferecer. Com uma bela arquitetura, nove históricas casas de banho, lindas montanhas, diversos lagos e riachos e ótimas trilhas para caminhar, para pessoas de todas as idades, fazem do Parque Nacional de Hot Springs, no Arkansas, uma atração única.

Parque Nacional de Crater Lake, Oregon

Foto por iStock / Chris LaBasco

Foto por iStock / Chris LaBasco

Localizado nas Cascade Mountais, região sudoeste do estado de Oregon, o Crater Lake National Park é um dos locais habitados com maior volume de neve dos EUA. Durante o inverno, os esquiadores mais impetuosos testam suas habilidades em uma volta de 50 km, com três dias de duração, ao redor do Crater Lake. Neste parque de 74.057 hectares, não é necessário ser um atleta de elite para curtir a beleza natural das encostas, das florestas e do lago durante todas as estações. Além do mais, toda essa neve derrete, fazendo desse lago o mais limpo e cristalino do mundo, já que não recebe água nem de rios nem de riachos.

O Crater Lake National Park tem uma das áreas mais incríveis do planeta: lago limpo e profundo, desfiladeiros íngremes com mais de 600 metros de altura e duas ilhas sem igual. Alcançando uma profundidade de 592 metros, o Crater Lake é o 9º lago mais profundo do mundo e o mais profundo dos EUA. O lago fica no buraco deixado por um vulcão após desabar durante uma erupção, há mais de 7.500 anos.

Não faltam formas de curtir o Crater Lake, sempre belo independente da estação. No inverno, quando a neve ultrapassa os 10 metros, trekkings liderados por guardas florestais brindam você com a magia da paisagem invernal (embora a profundidade do lago muitas vezes o impeça de congelar). Depois de a neve derreter, explore as trilhas ao longo dos desfiladeiros, ao redor do lago e na Wizard Island, uma ilha de cinzas vulcânicas em formato cônico de 2.113 metros de altura que fica a 230 metros acima da superfície do lago. Ou passe um dia passeando de barco ou pescando nas águas azuis brilhantes.

Parque Nacional de Acadia, Maine

Foto por iStock / Jim Ekstrand

Foto por iStock / Jim Ekstrand

Próximo de Bar Harbor e a cerca de cinco horas de carro a nordeste de Boston, o Acadia National Park é conhecido pelas incríveis praias rochosas, montanhas altas, florestas exuberantes e uma grande variedade de vida selvagem.

Algumas das melhores paisagens da Costa Leste dos EUA estão na Mount Desert Island, onde praias e desfiladeiros abrem espaço para florestas densas e picos montanhosos – um deles chega a 466 metros de altura. Aventure-se nos picos pelos mais de 204 km de trilhas para aproveitar as paisagens verdes do Maine e o fascínio do poderoso oceano. Visite um jardim, um centro natural e um museu para saber como terrenos doados tornaram-se uma das joias da coleção do National Park Service. Ouça os guardas florestais falarem sobre história e mudanças no século XXI.

Para poder observar vistas únicas deste parque que ocupa 192 quilômetros quadrados, faça uma caminhada até o topo do Cadillac, o ponto mais elevado do litoral norte do Atlântico. Você também pode passar o tempo pedalando pelos 92 km de históricas estradas para carruagem no parque. E não importa o que fizer, não perca a oportunidade de observar as estrelas, pois a falta de poluição luminosa é ótima para fotografias noturnas de cair o queixo.

Mais informações em: nps.govvisiteosusa.com.br

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / tonda

Comentários