logo

Telefone: (11) 3024-9500

Paradise Coast e The Palm Beaches: praias, vida selvagem e luxo acessível | Qual Viagem Logo

Evening light at the beach in Naples, Florida.

Paradise Coast e The Palm Beaches: praias, vida selvagem e luxo acessível

10 de janeiro de 2017

Com uma ótima variedade de destinos e passeios, organizamos um roteiro com o que tem de melhor nesses dois cantos da Flórida. Vale muito descobrir o que mais esse estado tem a oferecer aos turistas.

Ano após ano, a Flórida continua como destino favorito entre os brasileiros. Mas engana-se quem acha que os destinos turísticos por lá se resumem a Miami e Orlando. O estado é grande e oferece destinos dos mais variados. Da costa leste à costa oeste, as regiões de The Palm Beaches e Paradise Coast, respectivamente, são boas opções para quem quer estender o roteiro para além das cidades mais conhecidas.

Destino certo entre os americanos que fogem do inverno do norte do país todos os anos (os chamados “snowbirds”), as duas regiões em questão abrigam moradias luxuosas às margens dos canais e oferecem passeios variados com um toque de exclusividade, mas com um perfil muito mais acessível do que se imagina. Hotéis mais que completos, restaurantes de primeira qualidade, centros de compras para brasileiro nenhum botar defeito, praias tranquilas e até mesmo alguns passeios gratuitos fazem parte do roteiro por Paradise Coast e Palm Beaches.

Panoramic view of the Gulf of Mexico from a motel balcony in Marco Is., Florida. Taken with ultra wide angle (11-16 mm) lens and a polarizing filter.

Foto por iStock / StushD80

No sudoeste da Flórida, banhada pelo Golfo do México, Paradise Coast é formada por três cidades, a cerca de 150 km de Miami. Em poucos minutos, você pode ir da vida selvagem das áreas alagadas da Flórida em Everglades City ao luxo sossegado de Naples e ao mar caribenho de Marco Island.

A 70 km ao norte de Miami, o condado de Palm Beach é formado por 39 cidades de diferentes personalidades, de Boca Raton a Jupiter. Enquanto que West Palm Beach é urbana e agitada, Jupiter e Delray Beach exibem um clima descontraído e tranquilo. Já Palm Beach é simplesmente chamada de lar por alguns dos bilionários dos Estados Unidos.

Naples: sofisticação e tranquilidade

Principal destino de Paradise Coast, Naples é permeada por canais e lagos. Nessa cidade de clima calmo e alta qualidade de vida, os endinheirados americanos costumam fixar sua segunda residência. Não é difícil se deparar com mansões que custam alguns milhões de dólares na beira da água. Detalhe, todas possuem deques e barcos particulares. Mesmo assim, Naples não intimida, pelo contrário, é uma cidade bem aconchegante e acolhedora.

naples-6-_patricia-chemin

Foto por Patrícia Chemin

Não há trânsito nem problemas com segurança. Grande parte da população tem mais de 50 anos e a vida noturna se resume a ótimos restaurantes e alguns bares. Para sentir o verdadeiro clima da cidade, de dia ou à noite, passeie a pé pela 3rd Street South e pela 5th Avenue South, consideradas o coração do centro de Naples, onde se concentram lojas, galerias de arte, cafés e restaurantes elegantes de culinária internacional. Uma ótima opção é o Barbatella, de comida italiana, que serve de pizzas napolitanas a massas com frutos do mar. Todos os estabelecimentos têm uma aparência bem exclusiva, mas os preços são mais acessíveis do que em destinos como Miami.

Quando estiver em Naples, esqueça o hambúrguer e a batata frita. Você terá a chance de frequentar restaurantes premiados de gastronomia variada e experimentar ótimos pratos de frutos do mar. O destaque fica por conta do “stone crab”, um caranguejo gigante típico da região de Paradise Coast. Com uma carne que se assemelha à da lagosta, os “stone crabs” são servidos frescos em restaurantes de toda a região entre 15 de outubro e 15 de maio.

Um dos melhores restaurantes para comer caranguejo em Naples é o Pinchers, dentro do complexo chamado Tin City. Antigo depósito de pescadores na década de 1920, Tin City teve seus antigos galpões de madeira restaurados e ganhou um clima náutico divertido, com lojas e bons restaurantes. Para um almoço casual na praia, vá ao concorrido Turtle Club, com uma seleção de saladas e sanduíches e mesas ao ar livre de frente para o mar – algumas delas na areia mesmo, em Vanderbilt Beach.

O centro de Naples, principalmente a 5th Avenue South, recebe muitos eventos ao longo do ano, como festas de Halloween, festivais de artes e um desfile de Natal. Já a 3rd Street possui até mesmo um concierge próprio, pronto para atender a qualquer necessidade dos visitantes.

Por toda a cidade, há centros comerciais ao ar livre que oferecem essa boa combinação entre compras e gastronomia. Em The Village on Venetian Bay, entre uma compra e outra, faça uma refeição no M Waterfront Grille, com vista para um canal onde às vezes aparecem golfinhos. Para tomar um drinque à noite, uma boa opção é o Mercato, que possui bares como o Blue Martini Lounge. Já o sofisticado Waterside Shops oferece cerca de 60 lojas de luxo, algumas bem exclusivas, em meio a uma arquitetura primorosa, fontes e cascatas.

Evening light on the fishing pier in Naples, Florida.

Foto por iStock / AppalachianViews

Construído originalmente em 1888, a poucas quadras da 3rd Street, o Naples Pier é considerado um dos símbolos da cidade e se estende por 300 metros para dentro do mar. Observar o pôr do sol sobre o Golfo do México ali é um dos passeios imperdíveis na cidade. Muitas pessoas juram de pés juntos que conseguiram ver ali o “green flash”, um fenômeno atmosférico raro que produz um reflexo de luz verde quando o sol se põe sobre o oceano. Os moradores brincam que ajuda se você já tiver tomado um ou dois mojitos.

Outro bom passeio para um fim de tarde é andar de barco. Na Marina de Naples, é possível alugar um jet ski ou um barco próprio. Há ainda passeios em barcos maiores, com capacidade para dezenas de pessoas. Um deles é o Naples Princess, um grande iate de três andares, com serviços de bar e refeições. No passeio, o Naples Princess sai da marina e atravessa a Baía de Naples, onde estão as luxuosas mansões de Port Royal, até chegar ao Golfo do México. O passeio ao pôr do sol é um dos mais concorridos do dia.

Com uma natureza exuberante, o Naples Botanical Garden reúne, em uma extensa área entre lagos, belíssimos jardins. A concepção de cada um deles é uma das características mais interessantes desse jardim botânico: sob o nome “Gardens with Latitude”, foram criados jardins temáticos que representam as regiões subtropicais do mundo que estão entre os paralelos 26 norte e sul. Isso inclui a Flórida, o Caribe, o Sudeste Asiático e o Brasil. O “Brazilian Garden” possui incríveis espécies da flora brasileira e seu paisagismo foi todo inspirado nos trabalhos de Burle Marx. No jardim botânico, há também uma área feita para as crianças se divertirem, com fontes, casa na árvore e mais.

Por falar em crianças, existem outros dois ótimos passeios para se fazer em família em Naples. Um deles é visitar o Conservancy of Southwest Florida, entidade que visa proteger o meio ambiente da região. Há uma série de atividades divertidas e educativas, como um passeio de barco elétrico pelo Rio Gordon para conhecer um pouco sobre a fauna e flora locais e um museu interativo com aquários.

O zoológico da cidade (Naples Zoo at Caribbean Gardens) faz um ótimo trabalho no resgate de animais em perigo e também tem esse perfil de educar, principalmente as crianças, sobre a preservação da vida selvagem. Além de ver de perto uma pantera da Flórida, espécie local em risco de extinção, os visitantes podem alimentar girafas e fazer um passeio de barco para ver diferentes primatas.

Das praias aos Everglades

Se você está em busca de praias paradisíacas dignas do Caribe, daquelas com areia branquinha e fofa, pode encontrá-las em Naples ou nas Ten Thousand Islands. O nome não é um exagero – dizem que ali pode haver até mais do que dez mil ilhas. A maior delas é Marco Island, onde estão diversos resorts de alto nível. Na baixa temporada, é possível se hospedar em hotéis como o Marriott Resort Marco Island com preços bem em conta.

marriott-marco-island-5-_patricia-chemin

Foto por Patrícia Chemin

Os resorts ficam de frente para as praias, que são abertas ao público. A areia é repleta de uma infinidade de conchas dos mais diferentes formatos e o mar é cristalino e muito calmo, tanto que dá até para fazer stand up paddle em alto mar, graças à ausência de ondas, e golfinhos chegam a nadar tranquilamente a poucos metros da areia. De Marco Island também saem os passeios de barco que levam a algumas das Ten Thousand Islands.

O cenário natural mais icônico da Flórida são os Everglades. Ao contrário do que muitos pensam, não se trata de um pântano, mas sim de um ecossistema subtropical único no mundo, uma vasta região selvagem protegida, habitat de crocodilos e jacarés, os famosos “aligators”. Uma combinação sem igual entre pântanos de ciprestes, campos alagados, estuários e manguezais, onde a água límpida domina sobre a terra.

Apesar de se estenderem por diversas partes da Flórida, o melhor lugar para conhecer os Everglades é Paradise Coast. No entorno do Everglades National Park, onde também vivem cobras, grandes felinos, lontras e aves, faça o clássico passeio de “airboat”, aqueles barcos nos quais a hélice e o motor ficam fora da água. No Wooten’s, é possível fazer um passeio de 30 minutos de airboat pelas áreas alagadas dos Everglades. Entre árvores de mangue e juncos, veja de perto os incríveis jacarés da Flórida em seu habitat natural. Os melhores horários para avistá-los são no começo da manhã e no final da tarde.

everglades-4-_patricia-chemin

Foto por Patrícia Chemin

Depois do passeio, vale visitar Everglades City, uma pequena cidade histórica que ainda conserva um pouco do passado da Flórida e é considerada a capital do “stone crab”. Aproveite para fazer uma parada no City Seafood, um restaurante bem casual na beira do rio, que serve peixes, caranguejos, camarões e outros frutos do mar, além de algumas carnes mais exóticas, como a de jacaré.

O urbano e o luxuoso de Palm Beaches

Ao norte de Miami e Fort Lauderdale, The Palm Beaches reúne opções de lazer para todos os gostos, 75 km de praias, cultura, gastronomia e compras. Com uma extensa área no sudeste da Flórida, o condado é um dos lugares mais ricos do país, onde é possível ter acesso ao luxo por preços muito convidativos. Muitos comparam a região à Miami, porém, The Palm Beaches oferece ao turista mais tranquilidade, uma maior diversidade de passeios e uma sensação de exclusividade.

Em pequenos trajetos de até 30 minutos, você pode chegar a cidades de personalidades bem diferentes entre si. Por sua localização mais central dentro do condado, West Palm Beach pode servir como base para explorar a região. É a cidade que possui o clima mais urbano dentro de The Palm Beaches. Prédios altos dominam a paisagem, enquanto surgem cada vez mais opções de lazer em espaços públicos. O centro, por exemplo, foi todo revitalizado e tornou-se uma área muito agradável para passeios a qualquer hora do dia ou da noite.

West Palm Beach, Florida, USA skyline on the Intracoastal Waterway.

Foto por iStock / SeanPavonePhoto

Principal via do centro de West Palm Beach, a Clematis Street concentra uma série de lojas, restaurantes e barzinhos, muitos deles com música ao vivo, além de ser o coração da vida noturna na cidade. A qualquer horário você verá pessoas andando por ali ou tomando uma cerveja ou um café com os amigos em mesinhas na calçada. Há todo o tipo de restaurantes, da culinária mexicana do Rocco’s Tacos (não deixe de provar a guacamole feita na hora) à gastronomia moderna e elegante do Jardin.

Novos restaurantes de jovens chefs têm surgido por toda a cidade e mudado a cara da gastronomia em West Palm Beach com o uso de produtos orgânicos, naturais e locais. Um bom exemplo é o The Regional, da chef Lindsay Autry, com pratos que possuem um refinado toque da cozinha sulista dos Estados Unidos. Para continuar o roteiro no centro, não deixe de ir ao CityPlace para fazer algumas compras ou uma boa refeição. O local, que compreende alguns quarteirões, foi todo decorado para parecer uma praça italiana.

West Palm Beach, Florida, USA - June 26, 2013: Pedestrians walk through City Place. The mixed-use development is an upscale downtown lifestyle center opened in 2000.

Foto por iStock / SeanPavonePhoto

Entre outubro e abril, acontece no Waterfront, área espaçosa em frente à Laguna Lake Worth, o GreenMarket aos sábados de manhã. É uma espécie de feira onde produtores locais vendem de frutas e legumes frescos a alimentos para serem consumidos ali mesmo, como cafés, chás orgânicos, pães e doces. O lugar fica cheio de famílias e pessoas passeando com seus cachorros. É uma ótima maneira de experimentar um pouco da vida local.

Há três formas fáceis e baratas para se deslocar por West Palm Beach. O Free Ride disponibiliza carros elétricos que te levam a qualquer lugar no entorno do centro da cidade – é só chamar pelo aplicativo. O serviço é gratuito, mas é bom dar uma gorjeta para o motorista. Já o Downtown Trolley é um serviço de bondinhos também de graça. São duas linhas que passam pelos principais pontos do centro, como a Clematis Street e o CityPlace. Existe também o serviço de aluguel de bicicletas, chamado de SkyBike.

Como as compras são uma parte muito importante no roteiro dos brasileiros nos Estados Unidos, siga para o Palm Beach Outlets, também em West Palm Beach. São mais de 100 marcas, além de uma área adjacente chamada de Marketplace, ideal para quem procura preços ainda mais baixos, com lojas como Ross, T.J. Maxx e Bed Bath & Beyond. Para eletrônicos, existe uma Best Buy do outro lado da avenida.

Separada de West Palm pela Laguna Lake Worth, Palm Beach é uma ilha comprida e estreita às margens do Atlântico. Graças a essa cidade, o nome de The Palm Beaches está associado ao luxo e à riqueza. Isso porquê Palm Beach está repleta de mansões pertencentes a empresários bilionários norte-americanos, sendo um dos endereços mais caros do país. Isso sem contar os resorts mais que luxuosos, como o Four Seasons e o histórico The Breakers. A cidade atrai os ricos por ser tranquila e super segura – há apenas três pontes de acesso para quem vem de fora.

Ficar hospedado em Palm Beach não é algo para todos os bolsos, mas passear por lá é de graça. A Worth Avenue abriga butiques das grifes mais conceituadas do mundo, como Chanel e Prada, além de chiques galerias de arte e a Via Mizner, uma propriedade histórica, construída em estilo espanhol. Não longe dali, estão The Four Arts Botanical Gardens, com entrada gratuita e belas plantas e esculturas, e um dos campos de golfe mais tradicionais da região, o Everglades Golf Course. O esporte é bem popular no condado de Palm Beaches: existem 160 campos de golfe no total, 40 deles abertos ao público em geral.

palm-beach-flagler-museum-2-_patricia-chemin

Foto por Patrícia Chemin

Outra propriedade icônica de Palm Beach é o Flagler Museum, que abriga hoje importantes obras de arte. Construção de 1902 em estilo neoclássico e chamada também de Whitehall, originalmente era uma mansão que pertencia a Henry Morrison Flagler, um industrial do petróleo responsável pela fundação da cidade. A história dos Flagler em Palm Beach é cheia de dramas dignos de um filme de Hollywood. Para mergulhar nesses fatos e conhecer as partes mais interessantes da cidade, a dica é fazer um tour guiado com o Island Living, a pé, de carro ou de bicicleta. Outra forma de fazer o tour é com bicicletas elétricas, que são rápidas, ecológicas e divertidas. A EBikes2You disponibiliza esse tipo de veículo para aluguel em Palm Beach e na região de Boca Raton.

Clima praiano em Jupiter e Delray Beach

A poucos minutos ao norte de West Palm Beach, a cidade de Jupiter possui algumas das melhores praias de The Palm Beaches, com um mar azul e cristalino graças à proximidade com a corrente marítima do Golfo. Jupiter é cortada pelo Rio Loxahachee e seus vários braços, que formam pequenas ilhas fluviais. Nessas águas calmas, é possível andar de caiaque ou fazer stand up paddle. Com esse cenário, os moradores da cidade costumam ir de suas casas a restaurantes e centros comerciais em seus barcos particulares.

Vários estabelecimentos ficam na beira do rio e possuem pequenas docas onde barcos, lanchas e iates podem atracar. Um exemplo é o Harbourside Place, um destino luxuoso para compras, gastronomia e entretenimento. Ali, você pode curtir música ao vivo no anfiteatro aos finais de semana e jantar no restaurante do famoso golfista Tiger Woods, o The Woods.

jupiter-guanabanas-6-_patricia-chemin

Foto por Patrícia Chemin

Um verdadeiro favorito entre os locais, o Guanabanas é um restaurante na beira da água, com mesas ao ar livre e repleto de árvores e palmeiras, tudo num clima bem tropical e casual. No cardápio estão pratos com peixes e frutos do mar. Para um drinque, siga para The Square Grouper, um bar em estilo havaiano, com música ao vivo e vista para o farol de Jupiter. Um dos símbolos da cidade, o farol data de 1860 e é possível subir até seu topo.

jupiter-2-_patricia-chemin

Foto por Patrícia Chemin

A caminho de Jupiter, vale visitar a pequena Juno Beach. Lá se encontra o Loggerhead Marinelife Center, um dos mais importantes santuários e centros de reabilitação de tartarugas marinhas nos Estados Unidos, onde é possível ver de perto esses incríveis animais. A área entre Juno e Jupiter é muito procurada pelas tartarugas para a desova. O Loggerhead tem entrada gratuita e fica aberto todos os dias. Depois de caminhar por alguns minutos pela areia da praia, você chegará ao Juno Beach Pier, que oferece lindas vistas do Atlântico.

juno-beach-pier-3-_patricia-chemin

Foto por Patrícia Chemin

A atmosfera de praia e descontração que existe em Jupiter também está presente em Delray Beach, cidade a 30 km ao sul de West Palm Beach e ao lado de Boca Raton. Delray parece estar eternamente de férias, com pessoas que se exercitam nas ruas pela manhã, aproveitam o sol da Flórida nas praias e saem à noite para curtir a vida noturna, os restaurantes e as festas na Atlantic Avenue. É em torno dessa via, que corta o centro da cidade de oeste a leste, que se concentram as principais atrações de Delray Beach.

delray-beach-4-_patricia-chemin

Foto por Patrícia Chemin

Além das praias, onde é possível alugar um guarda-sol, cadeiras de praia e pequenas cabanas, passeie a pé pela Atlantic Avenue e descubra suas galerias de arte e as lojas cheias de personalidade. Muitas delas não pertencem a grandes marcas ou redes e são butiques pequenas que vendem produtos exclusivos. Também não faltam restaurantes incríveis na Atlantic Avenue, como o Deck 84, onde você pode fazer uma refeição à beira da água. Já o City Oyster é uma ótima opção para um farto brunch de domingo e oferece uma grande variedade de ostras frescas, especialidade do local. Na South Ocean Boulevard, vá ao elegante 50 Ocean e ao tradicional Caffe Luna Rosa.

Se estiver com crianças, vale uma visita ao Sandoway Discovery Center, com exibições educacionais sobre a vida marinha da região. Veja tubarões de perto, toque em arraias e confira uma surpreendente coleção de milhares de conchas raras coletadas em várias partes do mundo. Mas para voltar a ser criança, não há lugar melhor do que o Silverball Museum & Arcade. São mais de 150 máquinas de pinball e fliperama que datam de diversas épocas desde os anos 30. É um museu único, no qual você pode jogar o quanto quiser em qualquer uma das máquinas – não é preciso usar fichas, tudo já está incluso no preço do ingresso. O lugar tem um clima de festa, com luzes coloridas e música alta dos anos 80. Há também um bar e restaurante.

Para passear por Delray Beach, há um serviço gratuito de carros elétricos, o Downtowner. Para chamar um veículo, é só baixar o aplicativo. Outra opção é o bondinho (trolley), também gratuito, que circula pelo centro da cidade. Alguns hotéis oferecem aluguel de bicicletas.

SERVIÇOS

Quando ir

A alta temporada tanto em Paradise Coast quanto em The Palm Beaches vai do final de dezembro a meados de abril ou maio, quando os americanos fogem do inverno do norte do país. As temperaturas são mais agradáveis, mas os preços podem ser mais altos. Viajar na baixa temporada pode ser uma boa opção para conseguir preços mais em conta, principalmente nos resorts – o valor das diárias pode cair pela metade. Vale lembrar que no verão faz muito calor, sem contar a alta umidade do ar.

Como chegar

Você pode voar para o Aeroporto de Miami, o de Orlando ou o de Fort Lauderdale a partir de várias cidades brasileiras sem escalas. De qualquer um deles, alugue um carro para chegar ao seu destino. As estradas da Flórida são bem cuidadas e sinalizadas. A partir do verão de 2017, será possível ir de Miami ou Fort Lauderdale até West Palm Beach de trem com a Brightline.

American Airlines

Azul

Latam

United Airlines

Onde ficar

NAPLES

Hyatt House

Vanderbilt Beach Resort

MARCO ISLAND

Marriott Beach Resort

Hilton Beach Resort

WEST PALM BEACH

Hyatt Place

Hawthorne Suites by Wyndham

DELRAY BEACH

Crane’s Beach House

Delray Beach Marriott

Onde comer

Tanto em Paradise Coast quanto em The Palm Beaches, há restaurantes de alta qualidade, para todos os gostos e bolsos. Esqueça o hambúrguer – a preferência local fica por conta dos peixes da região, como a garoupa, o stone crab e outros frutos do mar.

NAPLES

Barbatella

M Waterfront Grille

Pinchers

Turtle Club

EVERGLADES CITY

City Seafood

WEST PALM BEACH

Jardin

Rocco’s Tacos

The Regional

JUPITER

Guanabanas

The Square Grouper

The Woods

DELRAY BEACH

50 Ocean

City Oyster

Caffe Luna Rosa

Deck 84

Informações turísticas

paradisecoast.com.br

thepalmbeaches.com

Texto por: Patrícia Chemin. A jornalista viajou a convite de Florida’s Paradise Coast (Naples, Marco Island, Everglades Convention & Visitors Bureau) e Discover The Palm Beaches (The Official Tourism Marketing Corporation for Palm Beach County), e com a proteção do seguro-viagem da GTA – Global Travel Assistance.

Foto destaque por: iStock / AppalachianViews

Comentários