logo

Telefone: (11) 3024-9500

Os melhores ecodestinos para 2020 | Qual Viagem Logo

Foto por IStock/ Rafael Serathiuk

Os melhores ecodestinos para 2020

19 de novembro de 2019

O momento de conhecer a natureza é agora! Aproveitar todas as paisagens lindas que o Brasil oferece. Respirar ar puro, enquanto percorremos trilhas nas matas, a caminho de suntuosas cachoeiras e nos deliciamos com o frescor de suas águas. Os ecodestinos estão de volta para você apreciar todas as maravilhas de cada região do país.

O verão propicia momentos assim e se sentirá muito feliz em compartilhar esses momentos numa viagem em família ou com os amigos, acompanhe!

Jalapão

Foto por Flávio André -MTUR

Foto por Flávio André -MTUR

Dunas douradas pelo sol em paisagens exóticas de grande beleza, o Jalapão tem todo esse encanto. A região está situada no estado do Tocantins, região norte do Brasil. Serras, chapadões imersos numa paisagem de cerrado com dunas douradas e muitas nascentes e rios encachoeirados… O Jalapão hoje é considerado um dos principais pontos de ecoturismo e turismo de aventura nacional. Seja no período chuvoso ou durante a estiagem, o lugar é muito concorrido, mas sua extensão e natureza são tão surpreendentes que você se sentirá em paz, num lugar tranquilo e naturalmente belo.

Chapada dos Guimarães

Foto por IStock/ Michelle7623

Foto por IStock/ Michelle7623

O pôr-do-sol dourado da Chapada dos Guimarães é o palco para bandos de araras vermelhas fazerem uma pintura viva no céu, com seu voo coordenado. A estrada é reta na maior parte do percurso, a 1 hora da cidade de Cuiabá-MT, aos poucos, emerge a chapada surgindo ao longe com sua montanha de arenito vermelho. Fauna e flora típicas do cerrado brasileiro é o cenário perfeito para o turismo de aventura. Pode não ser a região mais concorrida do país, em termos de destinos turísticos, mas, sem dúvida, um destino exótico encanta a todos. O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães foi criado em 1989 e hoje é uma unidade de conservação ambiental que abrange uma área de 33 mil hectares. E quando você chega um sem número de paisagens estonteantes aguardam: cachoeiras, rios, vales, montanhas e cavernas e sua fauna riquíssima abraçam os visitantes que buscam paz e tranquilidade na natureza preservada.

Ilhéus

Foto por Denise Mayumi via Commons Wikimedia

Foto por Denise Mayumi via Commons Wikimedia

Ilhéus é conhecida como a cidade romance da Bahia. Os grandes romances de Jorge Amado tiveram inspiração nessas terras, num tempo de barões de cacau e muita riqueza das fazendas. Atualmente, o destino tem sua vocação turística bem definida: os hotéis de Ilhéus são confortáveis e com muitas atividades. Porém, as vantagens para ir em Ilhéus não param por aí: belíssimas praias emolduradas por dunas brancas e vastos coqueirais. As descidas de buggy pelas dunas desbravando antigos vilarejos deixam o visitante imerso numa outra realidade, um outro Brasil que o Sudeste desconhece.

Lençóis Maranhenses

Foto por Istock/ Roman_Rahm

Foto por Istock/ Roman_Rahm

O Maranhão tem verdadeiros paraísos escondidas em seu interior: Os Lençóis Maranhenses é um deserto gigante, com grandes lagoas de água doce formada pelas águas das chuvas, que rendem momentos de profunda paz interior e fotos surpreendentes! É composta por uma sinuosa cadeia de dunas de areias brancas que moldam lagoas temporárias ao longo de quase 10 mil anos, segundo alguns especialistas. O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é uma área de preservação ambiental om área total de 156,5mil hectares, na famosa Rota das Emoções.

Chapada dos Veadeiros

Foto por iStock / Priscylla Barros

Foto por iStock / Priscylla Barros

A Chapada dos Veadeiros é uma das regiões mais dinâmicas do cerrado brasileiro – composta de paredões rochosos e cachoeiras esplêndidas, um roteiro diferente e bem diverso, com passeios contemplativos (massagens, ioga, caminhadas e Spas terapêuticos). Um ecodestino perfeito para uma viagem romântica. O acesso à algumas cachoeiras é possível através de trilhas que variam de 2 a 12 km, ida e a volta, através de estradas planas e bem sinalizadas em grande parte. Uma das paisagens mais bonitas está na cidade de Alto Paraíso de Goiás; o Vale da Lua: um vale rochoso esculpido pelas águas do Rio São Miguel que tem aparência de terreno lunar. As diversas fendas na pedra formam piscinas de água doce e pequenas quedas d´água.

Fernando de Noronha

Foto via iStock/ Camila1111

Foto via iStock/ Camila1111

O arquipélago de Fernando de Noronha é um paraíso protegido, dividido em Parque Nacional Marinho e Área de Proteção Ambiental – isso serve para uma ocupação humana racional. O arquipélago impressiona pela possibilidade de passeios fantásticos na natureza, como nadar com tartarugas e golfinhos. Para os mais ousados, mergulho livre e com cilindro. Na Vila dos Remédios, não deixe de caminhar até as ruinas da fortaleza, na face esquerda visualize o Morro do Pico, o Morro Dois Irmãos e as praias da Conceição e do Meio, além de barquinhos e ilhas secundárias. Não deixe de conhecer a Lasca da Velha e a piscina do Morro, mas você deve acessá-la na maré baixa ou pela manhã.  Lembre-se que o arquipélago é uma área de preservação ambiental, portanto todos os passeios devem ser previamente agendados.

Fique por dentro das promoções do Hurb para Black Friday

Texto por: Semíramis Moreira – Redação Hurb

Foto destaque por IStock/ Rafael Serathiuk

Comentários