logo

Telefone: (11) 3024-9500

Os maiores sítios arqueológicos de Cancún | Qual Viagem Logo

"View of the arquaeological site of Palenque, Chiapas, Mexico. Palenque was a very import Mayan city. Photo taken from the highest pyramid, the Temple of the Cross, showing the Temple of the Inscriptions (left) und the Palace with its observatory (right). The photo also shows the surrounding area - the Mayans always chose locations for their citys where they had the widest view."

Os maiores sítios arqueológicos de Cancún

26 de setembro de 2017

Cancún é uma das cidades que mais recebem turistas ao longo dos anos. Se você pensa que os encantos do local são apenas as belas praias, os incríveis bares e as baladas agitadas, você está enganado. Por lá, você encontrará muita cultura e conhecimento, já que existe uma grande variedade de sítios arqueológicos que são capazes de dizer muito a respeito da vida dos Maias, um povo extremamente fascinante.

Entre os maiores sítios arqueológicos de Cancun, podemos citar o San Miguelito. O local está repleto não apenas de ruínas, mas também de artefatos antigos que estão expostos em um museu e ajudam os visitantes a ter um panorama melhor de como era a vida desse povo. Um ponto muito interessante de San Miguelito é que ela é uma das poucas ruínas nas quais pode se ver a evidência de que existiam dunas ali por perto – os Maias tentavam construir sempre próximo delas, para que eles pudessem se proteger.

Se você está indo para o destino e deseja conhecer um pouco mais a respeito da cultura Maia, Tulum é um passeio obrigatório. Por lá, você encontrará um ambiente que é quase místico, com ruínas que deixam evidente como esse povo tinha uma forte conexão com os deuses. Se você visitar esse local, portanto, não deixe de observar muito bem os detalhes engraçados nas paredes do local, eles são a maior evidência disso.

Mayan Ruins of Tulum. Old city. Tulum Archaeological Site. Riviera Maya. Mexico

Foto por iStock / Iren_Key

Visitando Chichén Itzá, você tem a oportunidade de conhecer um pouco mais a respeito da vida desse povo, já que por lá encontrará praças, templos, colunas e até mesmo um mercado. A principal estrutura da cidade, no entanto, é a pirâmide de Kukulcan, uma construção impressionante que deixa claro a precisão matemática desse povo. Uma curiosidade: a pirâmide tem 365 degraus, o mesmo número de dias do ano.

Temple of Kukulkan, pyramid in Chichen Itza, Yucatan, Mexico

Foto por iStock / fergregory

Visitar as ruínas de Ek’ Balam é uma experiência diferente dos demais, já que nesse local você poderá explorar tudo de perto, entrando nas estruturas e conhecendo de perto a forma de vida desse povo. Uma das estruturas mais marcantes do local é a acrópole, a maior estrutura da mesoamérica. Vale ressaltar, ainda, que visitando esse local você irá conhecer o lado guerreiro desse povo, já que Ek’ Balam é completamente fortificada e cercada por muros, mostrando que esse povo estava sempre pronto para se proteger de ataques.

Cobá é outro local que teve grande importância histórica, econômica e cultura para esse povo. Lá você encontrará diversas edificações monumentais, uma extensa rede de ruas e uma grande quantidade de hieróglifos, que fazem com que a visita a esse local seja uma experiência única. Cobá, aliás, chegou a exercer o controle da península de Yucatán. Se você gosta de grandes estruturas, encontrará a pirâmide de Nohoch Mul, a mais alta e íngreme da região.

Tourists hardly making it  to the top of the Coba Main pyramid, highest Maya  structure standing 40 Meters above the Yucatan jungles,   MAYA here date from the 6oo's AD.

Foto por iStock / Pierdelune

Uxmal é patrimônio cultural da humanidade por ser um dos melhores exemplares do estilo de arquitetura dos Maias, que é conhecido como Puuc. Você encontrará belas e impressionantes edificações que ajudam a dar um bom panorama de como esse povo vivia. Uma das edificações mais importantes do local é a Pirâmide del Advino. Vale ressaltar, ainda, que por lá você vê com frequência a figura de Chaac, o deus da chuva, que tinha importância histórica para esse povo.

Uxmal archeological site, mayan ruins in yucatan, mexicoUxmal archeological site, mayan ruins in yucatan, mexico

Foto por iStock / tommasolizzul

Palenque é patrimônio cultural da humanidade desde 1987. O local teve seu apogeu entre os anos 600 e 800 d.c. e foi berço de uma das dinastias mais importantes dos Maias, encabeçada por Pakal, o Grande. No ano de 1952, foi descoberto uma tumba no local, que é considerada um dos achados arqueológicos mais importantes da mesoamérica. Por volta de 900 d.c., no entanto, a cidade foi “perdida”, tendo sido encontrada novamente apenas em 1794 e tendo se tornado, a partir de então, um dos sítios arqueológicos mais visitados do México.

Mais informações em: conexaocancun.com.br

Texto por: Agência com edição de Caroline de Oliveira

Foto destaque por iStock / Philgood

Comentários