logo

Telefone: (11) 3024-9500

O que fazer no Rio de Janeiro para curtir a cidade como um carioca! | Qual Viagem Logo

iStock/marchello74

O que fazer no Rio de Janeiro para curtir a cidade como um carioca!

30 de agosto de 2016

Foto: iStock/marchello74

Destino turístico número 1 do Brasil, o Rio de Janeiro atrai viajantes interessados em conhecer essa vibrante metrópole à beira-mar, cercada por uma natureza privilegiada, sede do Carnaval mais famoso do mundo, cenário habitual de novelas e filmes, tema de dezenas de músicas que vão do Samba à Bossa Nova e que, por quase 200 anos, foi a capital do país. O Rio de Janeiro faz por merecer o título de Cidade Maravilhosa.

Graças às Olimpíadas, que acontecem na cidade em agosto, o Rio tem ganhado ainda mais destaque. Fora os programas clássicos, como Praia de Copacabana, Corcovado e Pão de Açúcar, existe muito o que fazer no Rio de Janeiro para curtir a cidade como um carioca. Conhecer a verdadeira capital fluminense, essa que se constrói em meio ao ir e vir praiano, belo e caótico, exige sair um pouquinho do circuito básico da Zona Sul.

Morro da Conceição

A Zona Portuária, situada na área central do Rio, remete ao primeiro movimento de ocupação da cidade, no século 16, e abarca locais históricos importantes.

Voos para o RJ

Foto: Prefeitura do Rio de Janeiro

Foto: Prefeitura do Rio de Janeiro

Um desses lugares é o Morro da Conceição, no bairro Saúde, onde, logo na subida se encontra o Jardim Suspenso do Valongo, um mirante e espaço de lazer projetado em 1906, ideal para curtir programas culturais e aproveitar esse pequeno refúgio situado numa parte cinza da cidade. À frente do Jardim, estão as primeiras favelas do Rio e do Brasil, os Morros do Livramento e da Providência.

Acessando o Morro da Conceição pela face leste, pisamos no mesmo local onde nossos antepassados descarregavam o sal vindo de Portugal. Esse seria, décadas mais tarde, o ponto de encontro de grandes nomes do samba, como Pixinguinha, Donga e João da Baiana.

Estamos falando da Pedra do Sal, onde cariocas curtem um bom samba (gratuito, agradável e democrático) todas as segundas e sextas. Durante uma caminhada pelas ruas do Morro avistamos casas antigas com fachadas coloridas, tipicamente portuguesas, algumas delas abrigando os ateliês de artistas plásticos da região – o que torna a visita mais bacana.

Ainda tem muito mais lugares! Continue lendo aqui no site do Skyscanner :)