logo

Telefone: (11) 3024-9500

O que fazer em La Maddalena | Qual Viagem Logo

maddalena

O que fazer em La Maddalena

25 de setembro de 2019

La Maddalena, na Sardenha, é combinação de mar esmeralda, areias claras e costas rochosas fazem do arquipélago um dos mais bonitos de toda a Itália. Nesses post listamos o que fazer em La Maddalena, escolhendo a dedo todas as atracões imperdíveis dessa pérola mediterrânea.

Onde fica La Maddalena

Esse arquipélago lindo faz parte da Costa Esmeralda. Ele está fica na região nordeste e a porta de entrada mais próxima é Palau.

As ilhas que fazem parte de La Maddalena são: Isola Maddalena, Caprera, Santo Stefano, Spargi, Santa Maria, Budelli e Razzoli.

Como chegar em La Maddalena

É preciso voar para Olbia, onde fica um dos três aeroportos da Sardenha. De lá, siga para Palau, de onde partem os barcos para a maior ilha do arquipélago, Maddalena.

Para passagens e carro, nós sempre fazemos a pesquisa de preços dos voos pelo site Skyscanner (que faz a varredura das tarifas mais em conta em todas as cias aéreas) e alugamos o carro pela rentalcars ou  rentcars (que também são buscadores que apresentam o melhores valores  de locação de veículos). Todos são super confiáveis.

Chegando em Palau, as empresas que fazem a travessia para Maddalena são Maddalena LinesDelcomar, e o tempo de viagem é de cerca de 15 minutos. Os preços são a partir de 7€ (ida e volta) por pessoa e, se estiver com veículo, os bilhetes ficam a partir de 15€.

Nesse caso, se optar por ir com veículo, confira as tabelas de valores nos sites para os diferentes tipos de carros e motos (quanto maior, mais caro).

Como chegar em La Maddalena: Cidade de Palau, ponto de partida para o arquipélago.

Como chegar em La Maddalena: Cidade de Palau, ponto de partida para o arquipélago.

Como se locomover entre as ilhas

Tirando Maddalena e Caprera, onde você pode circular de carro, todas as outras ilhas tem acesso somente por mar. Há duas opções para chegar nelas: ir com excursões ou por conta própria em um pequeno barco alugado chamado gommoni.

Tenha em mente que os passeios coletivos são mais baratos (média de 40€ por pessoa) e seguem um roteiro pré-determinado, ao contrário do aluguel, que é mais caro (média de 200€ por casal) e você fica livre para ir onde quiser.

Das empresas para ir em excursão, a mais indicada é a Elena Tour e a Emanuel (ambas com saídas de Maddalena ou Palau).

Para alugar os gommonis, há diversas empresas em Maddalena. Nós escolhemos a Fratelli Cuccu, mas tem também, Nautilus, La Rosa dei Venti e Marina Avid. Procure na marina “Noleggio Gommoni” que será fácil de encontrar.

Lembrando que além do aluguel, a partir de 80€, o combustível utilizado também é cobrado (em torno de 30€ para um dia inteiro). Se quiser, há a opção de ir com piloto.

Quanto tempo ficar

Tenha pelo menos 3 dias inteiros para explorar bem as ilhas. Nossa sugestão de roteiro é essa:

  • Primeiro dia: Passeios pelas ilhas de Budelli, Spargi, Stefano e Santa Maria (que são as mais distantes).
  • Segundo dia: Passeios pela ilha de Spargi e final de tarde pela Estrada panorâmica de La Maddalena.
  • Terceiro dia: Praias de Caprera de carro e centro de La Maddalena.

Ai fica ao seu critério alugar os barcos por conta própria ou ir com algumas da empresas que vamos mencionar aqui no post.

Onde ficar em La Maddalena

A única ilha habitada é a da Maddalena, a maior delas. Mesmo não tendo grandes estruturas ou hotéis de luxo, nós recomendamos ficar nela. De lá partem passeios para todas as outras e também é onde se alugam botes (gommones) particulares.

No centro, o Hotel Excelsior e o apara-hotel AHR Residence tem ótimas estruturas. O primeiro fica perto do porto, com vista para o mar e quartos confortáveis. Já os apartamentos ficam em uma parte mais alta, também com vista. São ótimos para ficar com famílias maiores e crianças.

Agora, se não se importar de ficar mais afastado (e se estiver com carro), sugerimos o Grand Hotel Ma&Ma, na parte sul, ou o Cala Lunga, ao norte. São opções mais sofisticadas, com pé na areia e serviços exclusivos.

Onde se hospedar em La Maddalena : a praia particular do Cala Lunga.

Onde se hospedar em La Maddalena : a praia particular do Cala Lunga.

Melhores hotéis em La Maddalena: piscina e área externa do Grand Hotel Ma&Ma.

Melhores hotéis em La Maddalena: piscina e área externa do Grand Hotel Ma&Ma.

O que fazer em La Maddalena

Vamos falar e listar aqui as coisas indispensáveis para fazer em cada uma delas.

Isla Maddalena

É a maior ilha de todas e também a única que é habitada. As praias são bonitas, mas há outras coisas para se fazer, como andar pelo centro ou pela Estrada Panorâmica, que dá a volta na ilha e tem visuais lindos.

Dela partem os passeios e excursões para as demais ilhas e na marina ficam empresas que alugam os barcos particulares chamados de gommonis (Fratelli Cuccu, Nautilus, La Rosa dei Venti e Marina Avid que mencionamos antes).

Centrinho da cidade de La Maddalena.

Centrinho da cidade de La Maddalena.

Caprera

Essa é a ilha vizinha à Maddalena, ligadas por uma ponte extensa porém simples. As praias aqui são mais bonitas, preservadas e selvagens. Se tiver pouco tempo, dê preferência por elas.

O destaque fica para a Cala Coticcio, na região leste. Para se ter ideia da beleza, o apelido dela é praia Tahiti, remetendo à coloração azul da Polinésia Francesa. O acesso é de carro até um determinado ponto. Depois há uma trilha de 30 minutos até chegar nela (mas já avisamos, vale muito a pena).

Mas não é só ela que faz jus às belezas locais. Na lista ainda tem a Cala Napoletana (que fica após uma trilha de 3km do estacionamento), a Capraresa (a 20 minutos de caminhada da Napoletana), a Garibaldi (com estacionamento na frente) e a Serena (a 20 minutos de caminhada da Garibaldi).

O que fazer em La Maddalena: o mar impressionante da Cala Coticcio.

O que fazer em La Maddalena: o mar impressionante da Cala Coticcio.

A charmosa Capraresa em Caprera.

A charmosa Capraresa em Caprera.

Outra praia imperdível em Caprera, a Cala Serena.

Outra praia imperdível em Caprera, a Cala Serena.

Spargi

Muitos falam que é onde estão as praias mais bonitas de Maddalena e eu concordo. O mar nela é muito calmo e de tons que variam de azul ao verde esmeralda intenso. É um espetáculo.

As imperdíveis são a  Cala Granara, Cala Corsara e Cala Soraya. E aqui vai uma dica de ouro: opte por ir  na ilha Spargi (se não for com excursão) nos dias de semana. Assim elas estarem mais vazias e reservadas.

Praias de La Maddalena: o esmeralda da Cala Granara.

Praias de La Maddalena: o esmeralda da Cala Granara.

Cala Corsara em Spargi.

Cala Corsara em Spargi.

O que fazer em La Maddalena: Cala Soraya em Spargi.

O que fazer em La Maddalena: Cala Soraya em Spargi.

Santa Maria, Budelli e Razzoli

Essas três ilhas são as menores do arquipélago e ficam todas próximas, ao norte de Maddalena. Nossa sugestão é visita-las no mesmo dia, já que não há muitas paradas. Se você for de excursão, elas também estão no roteiro.

  • Santa Maria: ela só tem uma praia que serve de parada e leva o mesmo nome da ilha. No entanto, costuma ficar cheia por causa dos barcos grandes de passeios.
  • Ràzzoli: aqui não há uma praia para parar, mas sim uma região chamada de Passo degli Asinelli. Nada mais é que uma enorme piscina natural que se forma entre Ràzzoli e Santa Maria. É muito bonito e ótimo para relaxar.
  • Budelli: o destaque é a Spiaggia del Cavaliere.
Dicas La Maddalena: Passo degli Asinelli.

Dicas La Maddalena: Passo degli Asinelli.

Spiaggia del Cavaliere em Budelli.

Spiaggia del Cavaliere em Budelli.

Onde comer em La Maddalena

Os restaurantes, bares e cafeterias se concentram no centro de Maddalena, a principal ilha do arquipélago. Boas indicações são a pizzaria Sergent Pepper’s, a Vineria Ninì e o Bar Cristal com comidas locais.

E não podem faltar os gelatos. Indicamos a Gelateria dolci distrazioni e a La Finestrella, tradicionais e com sabores bem locais, incluindo pistache e mascarpone.

Leia mais sobre a Itália

Sardenha, guia completo de toda a ilha

Roteiro Itália: Costa da Ligúria

As praias mais lindas da Itália

O que fazer em Roma: roteiro de 3 e 5 dias

Siga!

Juju na Trip

Gabriela Temer é jornalista, Rico Sombra é fotógrafo, e juntos eles viajam pelo mundo com a filha Juju em busca de boas histórias e muita aventura. Uma família vivendo o melhor da vida! Juntos, já rodaram por mais de 40 países, e querem conhecer muitos outros.
instagram @jujunatripblog
youtube.com/jujunatrip
facebook.com/jujunatrip
Juju na Trip
Siga!

Últimos posts por Juju na Trip (exibir todos)

Comentários