logo

Telefone: (11) 3024-9500

O que fazer em Guimarães, o berço de Portugal | Qual Viagem Logo

guimaraes_adriana_lage-14

O que fazer em Guimarães, o berço de Portugal

5 de agosto de 2019

Berço de Portugal e cidade natal de D. Afonso Henriques, primeiro rei do país, Guimarães costuma ser combinada com Braga em uma viagem de bate e volta desde o Porto, um grande desperdício. Eleita Capital Europeia da Cultura em 2012, Guimarães entrou de vez para o roteiro cultural do continente, deixando de ser uma cidade de passagem turística quee proporciona experiências culturais, artísticas, gastronômicas, históricas e naturais aos visitantes que se permitem olhar para ela com mais atenção.

O que fazer em Guimarães

Castelo de Guimarães, construído no século X, onde duzentos anos depois nasceu o primeiro rei do país, D Afonso Henriques, batizado na Igreja de Sâo Miguel, apenas a uns passos de distância.

Paço dos Duques de Bragança é um dos Palácios Nacionais mais visitados no país. Edificado e habitado no século XV por D. Afonso, vale a visita pela arquitetura medieval com características de forte e pelas coleções existentes no seu interior.

Jardim do Palácio Vila Flor, fora da muralha antiga, também tem vasta programação cultural

Zona de Couros, antigo burgo onde a atividade de curtume e manufatura de peles prevalecia desde a Idade Média.

Casa da Memória, instalada numa antiga fábrica de plásticos, reconta a história de Guimarães.

Centro Internacional de Artes José de Guimarães dedica-se à arte contemporânea e sua relação com artes antigas.

Casa da Memória, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Casa da Memória, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Dois museus importantes em Portugal estão em Guimarães. O Museu Arqueológico Martins Sarmento é a principal referência da cultura castreja do país, povos que habitaram a região a partir do final da Idade do Bronze e iníciod a Idade de Ferro.

Apreciadores de arte sacra não podem perder o Museu de Alberto Sampaio, um dos melhores de Portugal, no local onde a condessa Mumadona instalou um mosteiro no século X, e deu origem à cidade. O destaque da coleção é o raro exemplar medieval europeu de um tríptico da natividade, em prata e dourado, além do edifício em si.

Museu de Cultura Castreja e ruínas arqueolóicas Citânia de Briteiros no alto da cidade para ver os traços e esquemas urbanísticos desses povoados antigos que viveram aqui até o século III e só foram descobertas em 1875 pelo arqueólogo Martins Sarmento.

O Santuário da Penha coroa o cume do monte que leva seu nome e protege os vimaranenses, avistado de qualquer ponto da cidade. Escolha entre subir até o alto pela estrada asfaltada sinuosa ou vá até o Parque das Hortas e embarque no teleférico para apreciar a paisagem. Lá em cima, áreas arborizadas, cafés e restaurantes e até mini-golfe são opções além do santuário.

Tours

Tour de tuk tuk da Peddy Tours. Ricardo propõe um tour cultural para contar a história e a evolução da cidade desde o primeiro rei até os dias de hoje.

Guimarães entrou para o circuito ecológico de Portugal. A GetGreen tem bicicletas normais e elétricas para realizar quatro percursos turísticos, com distâncias de 12 a 30km e diferentes níveis de dificuldade.

Ricardo da Peddy Tours, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Ricardo da Peddy Tours, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Hotéis em Guimarães

Pousada Mosteiro de Guimarães

Ocupando o antigo Mosteiro Agostiniano do século XII, o hotel da rede Pestana integra o portfólio Small Luxury Hotels e está no alto da colina debruçado sobre a cidade de Guimarães. Os quartos e suítes estão divididos entre a ala antiga, que ocupava as celas onde os monges dormiam, e a ala nova, projetada por Fernando Távora ideal para famílias. Duas crianças até 12 anos que partilham o quarto com os pais não pagam a estadia.

Pousada dos Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Pousada Mosteiro dos Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Clube Paraíso

Ótimo para famílias que estão percorrendo o norte de Portugal de carro e buscam bom custo-benefício. Apartamentos ecossustentáveis turísticos estão enquadrados pela natureza, com espaço para as crianças correrem, restaurante, piscina e SPA. Fica a 10 minutos de carro do centro histórico.

Clube Paraíso, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Clube Paraíso, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Posh Residences

Alojamento local aconchegante no centro histórico de Guimarães, com suítes modernas e elegantes, onde você será recebido pelos queridos proprietários João e Joana com a hospitalidade calorosa vimaranense e café da manhã no quarto no horário marcado. A atenção aos detalhes em toalhas e roupões bordados e aromatizador de ambiente mostra a preocupação do casal em tornar a estadia dos hóspedes deliciosa.

Posh Residences, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Posh Residences, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Quinta da Cancela

Produtora de vinho verde na quinta geração, a Quinta da Cancela tem quartos com mobiliário de época originais da casa e quartos modernos para agradar a todos os hóspedes. Artur, o anfitrião, te leva para passear pelas vinhas e prepara pessoalmente o jantar para os hóspedes harmonizado com vinhos da propriedade, cujos jardins são encantadores, repleto de objetos decorativos graciosos. Fica a 20 minutos de carro do centro.

Quinta da Cancela, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Quinta da Cancela, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

 Onde comer em Guimarães

Cafés e Pastelarias

Pastelaria Supremo Gosto,  prove o Toucinho do Céu, outro doce convwentual da região com chila, um tipo de abóbora. (Av. Alberto Sampaio, nº 32)

Pousada Mosteiro de Guimarães, oferece café da manhã caseiro para hóspedes e não hóspedes, servido no grande salão onde funcionava a adega e o celeiro do antigo mosteiro. No buffet, queijos, embutidos, frutas, pães e pastelaria confeccionados localmente ou trazidos de produtores locais selecionados a dedo.

A Pastelaria Clarinha confecciona a receita original da Torta de Guimarães, o doce emblemático da cidade. (Largo do Toural, nº 86-87)

Pastelaria Clarinha, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Pastelaria Clarinha, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Bares e Restaurantes

Tapas e Manias tem especialidades portuguesas em porções para petiscos que viram um banquete real, em ambiente modernoso e atendimento sempre simpático. O dueto de queijos e os cogumelos salteados com nozes e brie são imperdíveis. (Praça de São Tiago, nº 12)

Restaurante Tapas e Manias, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Restaurante Tapas e Manias, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Casa Amarela oferece culinária típica portuguesa e internacional com toques autorais. Prove o camarão ao alho e laranja e a bochecha de porco no vinho tinto e de sobremesa a mousse de chocolate com flor de sal e pimenta rosa. (Largo de Donães, 24)

Novo Nora by Ge, restaurante aconchegante em ambiente moderno já na 3ª geração. As sugestões do chefe são Arroz de Pato e Bacalhau com Natas (Rua da Rainha Dona Maria II, nº 125-129)

Restaurante Novo Nora by Ge, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Restaurante Novo Nora by Ge, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

A Medieval Tapas Bar & Restaurante, aberto o dia todo, uma raridade no interior. As mesas na praça são agradáveis no verão, mas não deixe de conhecer o painel no interior retratando o cenário exterior. (Praça da Oliveira, nº 19)

Quinta da Cancela, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Quinta da Cancela, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Restaurante Buxa, tipicamente português, cujo nome significa “refeição rápida”, mas esqueça o tempo para saborear o polvo à lagareiro acompanhado de vinho nacional enquanto curte a vista da praça. (Largo da Oliveira, nº 23)

Restaurante A Buxa, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Restaurante A Buxa, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Berço dos Bifes traz no menu as melhores carnes da região, quiçá de Portugal, segundo alguns clientes. A parede do fundo do restaurante faz parte da muralha antiga. Brasileiros vão amar o bife com farofa de broa e bacon. De sobremesa, peça o “Pijama”, um doce de cada para partilhar com o grupo, todas receitas caseiras. (Largo da Misericórdia, nº 9)

Restaurante Berço dos Bifes, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Restaurante Berço dos Bifes, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Le Babachris traz o conceito de menu único de quatro ou seis pratos reformulado a cada quinze dias pelo chef Christian Rullan. Uma noite digna de estrela Michelin em ambiente mais intimista e descontraído. (Rua Dom João I, nº 39)

Restaurante Le Babachris, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Restaurante Le Babachris, Guimarães, Portugal. Foto Adriana Lage

Cinecitta, snack bar, cervejaria e restaurante italiano na Praça de São Tiago serve pratos refinados e porções generosas. O charmoso salão estruturado sobre arcos ogivais é excelente opção para dias mais frios e no verão oferece vasta programaão musical.

Almoço numa casa típica portuguesa

A Quality Tours oferece a experiência de almoçar na residência de uma família tradicional com quatro gerações e degustar pratos portugueses caseiros.

Quando ir a Guimarães

Em junho acontecem as festas dos santos populares e a feira medieval. A cidade está cheia e festiva.

Maio e setembro costumam ser meses com temperaturas agradáveis e menos movimentadas.

Julho e agosto tendem a ter clima quente e seco, com lindos dias de céu azul. Espere encontrar tarifas altas e hotéis cheios.

Outubro a fevereiro são meses chuvosos e temperaturas baixas.

Abril águas mil, já diz o ditado. Evite.

COMO CHEGAR

A LATAM e a TAP operam voos saindo de várias capitais brasileiras para Lisboa e Porto.

Se você já estiver na Europa, pode aproveitar as tarifas baixas das empresas low cost.

COMO SE LOCOMOVER

O centro histórico de Guimarães é facilmente percorrido a pé, repleto de bares, cafés, restaurantes e lojas instalados em sobrados graciosos com fachadas preservadas.

O ônibus hop on, hop off circula as principais pontos turísticos de Guimarães, é panorâmico, tem gravação em português com informações sobre as atrações e você pode descer e subir quantas vezes quiser em um período de 24h. Além disso, oferece um livreto com descontos em ingressos para monumentos, museus e outras atividades.

Se você vai explorar o país, os trens portugueses são confortáveis e pontuais quando ligam as grandes cidades. Para chegar a Guimarães, Viana do Castelo e outras cidades menores, é recomendável alugar um carro para ter mais conforto e flexibilidade de horário, uma vez que as opções de trem são mais escassas.

INTERNET

A prefeitura de Guimarães oferece aos turistas a rede wifi GUIMARAES-WIFI disponível nos principais espaços públicos de interesse.  Geralmente os cafés e restaurantes oferecem wifi aos clientes.

Os chips de internet comprados na Europa são caros e os pacotes de dados expiram rápido. Para quem deseja estar conectado durante toda a viagem, recomendo já sair do Brasil com chip de internet. Empresas como a MySimCard e a EasySim4You oferecem pacotes de dados com cobertura para toda a Europa.

MAIS INFORMAÇÕES

Site oficial do Turismo de Guimarães

A Camminare em Portugal

CENTRO DE INFORMAÇÕES AO TURISTA

Largo Cónego José Maria Gomes, 4800 – 419

Tel. 351 253 421 221 / 233

Email. [email protected]

Siga também

A Camminare

Jornalista em A Camminare
Adriana Lage é especialista em turismo há 25 anos, já esteve em mais de 50 países e 400 cidades, nos cinco continentes. Após dois anos de sabático pela Ásia, descobriu sua paixão por Portugal, e o fez sua nova morada. Jornalista e consultora de viagens personalizadas, está sempre descobrindo novos refúgios.
A Camminare
Siga também

Comentários