logo

Telefone: (11) 3024-9500

O Carnaval, as cavernas e os salares de Oruro | Qual Viagem Logo

800px-Diablada_-_Carnaval_2009_at_Oruro

O Carnaval, as cavernas e os salares de Oruro

1 de fevereiro de 2016

A cidade de Oruro é um interessante destino turístico da Bolívia, que apresenta grande riqueza folclórica, pré-colombina, étnica e natural, encontra-se ao oeste boliviano, na altiplanicie central, atravessando a Cordilheira dos Andes (Oriental  e Ocidental), lagos e salares, com uma altura média de 3,700 metros.

Oruro é  berço de uma das civilizações mais antigas da América “Os Urus”, foi um dos núcleos mais importante da Audiência de Charcas, produto de intensa atividade mineira da época, dotando a Bolívia e o mundo de enorme riqueza das entranhas de suas montanhas.Oruro tem sido reconhecida como a capital do Folclore da Bolívia por seus Majestosos Carnavais, declarado pela UNESCO como “Obra Mestra do Patrimônio Oral e Intangível da Humanidade”. Conta com importantes centros arqueológicos e históricos, e majestosas igrejas coloniais de grande valor artístico, dignas de ser visitadas por turistas do mundo inteiro.

Foto por ch images via Commons WIkimedia

Foto por ch images via Commons WIkimedia

Entre as atrações do destino está o Parque Nacional Sajama. Situado no extremo noroeste de Oruro, em plena cordilheira ocidental dos Andes; e a primeira área protegida da Bolívia. Sua identidade está marcada pelo majestoso vulcão nevado Sajama que esta a 6,542 metros de altitude (o pico mais alto da Bolívia). Este importante território, tem em seu habitate enormes bosques de quenhuas (árvores que crescem a maior altitude no mundo), e uma variedade importante de flora e fauna silvestre. Completando a paisagem, formosas lagoas, águas minerais e gêisers coloridos.

Já o Salar de Coipasa, situado a 225 km da cidade de Oruro, e o segundo mais importante da América do Sul e forma parte da Rota Turística Inter salar. Destino único no mundo porque possui um lago interior rodeado de serranias e imponentes bosques de cactos que complementam a paisagem. Este formoso salar é conhecido como “O Espelho do Céu”.

Carnaval de Oruro: Patrimônio Oral e Intangível da Humanidade

A maior expressão cultural do folclore boliviano, e o Carnaval de Oruro “OBRA MESTRA DO PATRIMÔNIO ORAL E INTANGÍVEL DA HUMANIDADE” (UNESCO), e uma festividade religiosa de devoção a Nossa Senhora do Socavón, na que rende tributo com música e dança.

Esta manifestação de folclore, tem origem na antiga Cultura Uru e caracteriza-se por seu colorido, arte de desenho de suas fantasias e expressões que convergem de diferentes culturas; ritos y tradições dos participantes nesta festa, acompanhados de ritmos de bandas e músicos que fazem o deleite do público. Esta expressão de folclore prepara-se co,n muita antecipação e enumeráveis cerimônias e rituais ao longo do ano.

Foto por Alfredobi via Commons Wkimedia

Foto por Alfredobi via Commons Wkimedia

A apresentação mais transcendental é o dia sábado de peregrinação, quando os dançarinos percorrem as diferentes ruas da cidade para finalizar no santuário de Nossa Senhora do Socavón, onde recebem a benção pelo pároco e posteriormente desfilam de joelhos diante da imagem da santa.

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por bjaglin via Commons Wikimedia

Comentários