logo

Telefone: (11) 3024-9500

Nova Déli contrasta tradição e modernidade na Índia | Qual Viagem Logo

Humayun's Tomb in New Delhi, India.

Nova Déli contrasta tradição e modernidade na Índia

24 de fevereiro de 2016

Quem visita Nova Déli pela primeira vez terá de superar um certo choque inicial perante a pobreza, os altos níveis de poluição e o trânsito caótico. Depois, será recompensado por uma imensa riqueza histórica e cultural, escondida nas estreitas ruas da Velha Deli.

Foto via Istock/ naveen0301

Foto via Istock/ naveen0301

Nova Deli tem no seu percurso não só traços de história milenar (já foi governada pelas dinastias Lodi e Mongol) como diversos símbolos de prosperidade e modernidade. Ao longo dos últimos anos, a capital indiana sofreu grandes mudanças e, hoje, divide-se em duas áreas distintas: a antiga e a moderna.

Nas ruas, prepare-se para se deparar com muitas cenas inusitadas, marcadas por contrastes abissais, como os palácios de marajás e os edifícios recém-construídos, mulheres vestidas de saris a circular em carros topo de gama, animais (vacas, camelos e elefantes) deambulando no asfalto e, em simultâneo, protagonistas de um trânsito caótico, onde carros, motos, riquexós e peões discutem por um pouco de espaço nas ruas cheias de lixo.

A capital indiana tem em seus caminhos traços da história milenar e também os símbolos da prosperidade do presente. Ao longo dos últimos anos, Nova Déli sofreu grandes mudanças e hoje se divide em duas áreas: a antiga e a moderna.

Comece o passeio pelo bairro antigo da cidade, Old Delhi, onde o comércio é intenso e cheio das tradicionais mansões indianas para fotografar. Por lá também se encontram alguns cartões-postais, como o Forte Vermelho e a Jama Masjid, a maior mesquita do país.

Já pela área moderna de Nova Déli, o Connaught Place é uma região repleta de entretenimento, com lojas, restaurantes, bares, livraria e cinema. Destaque para a rua Parliament.

Na lista de pontos turísticos imperdíveis, valem incluir o observatório Jantar Mantar e o Túmulo de Humaium. O primeiro foi construído por um marajá no início do século 18, enquanto o segundo data de 1560 e é uma homenagem póstuma ao segundo imperador mongol.

Foto via Istock/ naveen0301

Foto via Istock/ naveen0301

A modernidade em Nova Déli também se reflete na agitada vida noturna. A cidade é uma das poucas baladeiras na Índia. Nos últimos anos, dezenas de bares e danceterias foram abertas na capital. A música eletrônica é a preferida do público jovem indiano, que curte a pista de dança madrugada adentro.

Estando no destino, não deixe de visitar também o suntuoso Taj Mahal. Patrimônio da Humanidade e eleito uma das sete maravilhas do mundo moderno, o Taj Mahal é o palácio mais famoso e foi erguido em nome de um grande amor. O imperador Shah decidiu construir o monumento em homenagem à sua esposa favorita, que faleceu em 1631, após o parto. Mais de 20 mil operários trabalharam na obra, ao longo de 12 anos. Fica na cidade de Agra, a 2h30 da capital.

Como chegar

Há diversos voos para Nova Déli saindo do Brasil, mas não são diretos. A Qatar Airways e a Etihad são algumas das companhias que realizam o trajeto, com paradas em Doha e Abu Dhabi, respectivamente.

O que comer

Para o paladar brasileiro, a culinária indiana é muito quente e apimentada. Os temperos seduzem com suas cores, texturas e aromas. Em Nova Déli, abundam restaurantes da cozinha local, dos mais econômicos aos sofisticados, até as barraquinhas de comida típica nas ruas. Os tandoori (assados) dominam a ementa e são sempre acompanhados pelo chapatis, um pão fino feito de farinha de trigo. Entre as iguarias, não deixe de provar o vodka gol gappa (pastéis crocantes recheados com uma dose de vodka picante), o cordeiro assado no forno e o peixe tikka.

Onde ficar

Siddarth Deli – jaypeehotels.com/siddharth

Le Meridien Deli – lemeridiennewdelhi.com

The Lalit Deli – thelalit.com/the-lalit-new-delhi/

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque via Istock/ sumnersgraphicsinc

Comentários