logo

Telefone: (11) 3024-9500

No Peru, conheça Kuelap, a segunda Machu Picchu | Qual Viagem Logo

Foto Daniel Silva/ PROMPERU

No Peru, conheça Kuelap, a segunda Machu Picchu

5 de abril de 2017

A fortaleza de Kuelap, no Peru, é o legado arquitetônico mais importante da cultura Chachapoyas. Popularmente conhecida como “a segunda Machu Picchu”, foi construída aproximadamente no século XI pelos Chachapoyas, também chamados de “Guerreiros do Vento” pelos bosques nublados onde se desenvolveram entre os anos 900 e 1470 da nossa era, até que vieram os incas e depois os espanhóis. Kuelap está localizada na região do Amazonas.

fortaleza-kuelap_foto-renzo-tasso-promperu

Foto por Renzo Tasso / PROMPERÚ

O conjunto arquitetônico de Kuelap se estende por quase 600 metros de comprimento, delimitados por uma parede de quase 20 metros de altura. Sua complexa arquitetura interior evidencia seu funcionamento como uma cidade bem organizada, com espaços administrativos para atividades religiosas e espaços cerimoniais. Contém 505 ambientes em seu interior, distribuídos em vários níveis e, do lado de fora, se encontram mais 198 edificações, somando um total de 700 estruturas. Além disso, a cidadela de Kuelap conta com um sofisticado sistema viário e de drenagem de água das chuvas através de canais que percorrem todo o complexo.

fortaleza-kuelap_1_foto-daniel-silva-promperu

Foto por Daniel Silva / PROMPERÚ

Dentro da fortaleza muitas construções apresentam forma circular devido à concepção de utilização do espaço redondo deste povoado, diferente do uso de outras culturas peruanas que compreendiam o espaço de maneira retangular. Esta particularidade agrega um enorme senso artístico e estético à fortaleza, que é reforçada por frisos em forma de losango e figuras antropomórficas decorados em alto relevo nas paredes.

fortaleza-kuelap_foto-fernando-lopez-promperu

Foto por Fernando Lopez / PROMPERÚ

Kuelap e cercanias

A visita à fortaleza de Kuelap pode ser combinada com passeios que incluem a imponente cachoeira de Gocta, uma das mais altas do mundo (771 metros), no distrito de Valera, cercada de flora e fauna exóticas, e rota na qual se pode apreciar o pássaro nacional do Peru, o Galo-da-Serra-Andino.

Outro atrativo imperdível, os Sarcófagos de Karajía são esculturas de mais de dois metros de altura com um padrão funeral considerado pela Organização Mundial do Turismo como o único no mundo. Além disso, se encontram nas cercanias de Kuelap as incríveis Cavernas de Quiocta, no distrito de Lamud, com suas agulhas calcárias de diferentes formas e tamanhos. Outro espetáculo do destino é o chamado Beija-flor Espátula ou Colibri Cola Espátula, que pode ser visto junto com outras aves endêmicas no Centro Ecológico Huembo. Complementa o tour uma visita imperdível ao Museu de Leymebamba, onde estão várias múmias Chachapoyas. Todas essas atrações estão a poucas horas de Kuelap, na região amazônica do Peru.

Chegada a Kuelap

kuelap_promperu

Foto por PROMPERÚ

Com a inauguração do novo sistema de teleféricos, o transporte até Kuelap está muito mais acessível, além de permitir um passeio diferente. O novo teleférico de Kuelap liga o sítio arqueológico ao distrito de Nuevo Tingo, também localizado na província de Luya. Este transporte alternativo oferece a possibilidade de viajar uma distância de aproximadamente 32 km em 20 minutos (sendo que anteriormente a duração era de 90 minutos), a uma altura de três mil metros. A taxa de serviço é de 20 Soles (cerca de US$ 6,00), tornando-o acessível a todos os orçamentos. Inicialmente, o teleférico opera com 26 cabines com capacidade para oito passageiros cada um.

fortaleza-kuelap_foto-luis-yupanqui-promperu

Foto por Luis Yupanqui / PROMPERÚ

Há voos de Lima a Tarapoto, Cajamarca e Jaén. Por terra, pode-se chegar saindo de Jaén em três horas, saindo de Tarapoto em oito horas, e saindo de Cajamarca em 14 horas, ou a partir de Lima (via Trujillo), em 20 horas. A melhor época do ano para visitar Kuelap é entre junho e outubro, por conta da ausência de chuvas. O clima varia de nublado a frio devido à altitude, mas em geral a região é muito úmida. A fortaleza de Kuelap está a três mil metros acima do nível do mar.

Mais informações em: peru.travel

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Daniel Silva / PROMPERÚ

Comentários