logo

Telefone: (11) 3024-9500

Motivos para visitar Cunha (SP) | Qual Viagem Logo

20090604151739b2_0793

Motivos para visitar Cunha (SP)

18 de abril de 2016

Incrível município da região do Vale do Paraíba, em São Paulo, Cunha é muito conhecida, principalmente por ser a maior produtora de pinhão do estado, por possuir a maior coleção de fuscas de todo o país e também por ser uma excelente opção de ecoturismo. Com quase 160 anos e menos de 30 mil habitantes, é considerada uma das 12 estâncias climáticas do estado e um excelente lugar para descansar. Belas paisagens, contato com a natureza, grandes festivais, boa hospedagem e gastronomia diferenciada são pontos fortes desse destino.

20090617205150b2_1350

Foto por Miguel Schincariol / Banco de Imagens do Estado de São Paulo

O topo da Pedra da Macela possibilita uma bela visão de seu entorno. Para subir até lá é preciso preparo físico, já que o acesso se dá em trilhas a pé. Todo o esforço será recompensado ao atingir os 1.840 metros de altitude. Lá em cima você desfrutará da lindíssima vista da região de Cunha, incluindo as cidades de Paraty, a baía de Ilha Grande e parte Angra dos Reis. Leve lanches e água e não se esqueça do protetor solar.

Com quedas de 90 metros de altura, a Cachoeira do Pimenta é belíssima, e suas águas levam a um poço muito bacana para curtir com os amigos. Como essa cachoeira antigamente era responsável por mover a usina hidrelétrica que alimentava a cidade, hoje, no local, existe um Museu da Energia Elétrica, que conta com lanchonete, deck sobre o rio, além de dinâmicos painéis sobre a história da energia de Cunha. Há ainda outras belas cachoeiras em Cunha, como a Cachoeira do Desterro.

Ótimo passeio representante do ecoturismo na região, a caminhada pela Trilha do Ouro possui duração de cinco horas e necessita de acompanhamento pelos guias oficiais. Nesse tempo, você passará por nove quilômetros de trilha na Mata Atlântica, e poderá desfrutar dos poços de água cristalina. Além disso, o antigo caminho colonial, usado para transporte de ouro e diamantes de Minas Gerais a Paraty é parte do roteiro, e trará momentos históricos à tona. Não deixe de se aventurar nessa trilha.

20090617205150b2_1350

Foto por Miguel Schincariol / Banco de Imagens do Estado de São Paulo

Enorme. Ecológico. Tipicamente brasileiro. O Parque Estadual da Serra do Mar foi criado em 1977 e, ao todo, possui 332 mil hectares dividido em dez núcleos; dentre eles Cunha. Lá você encontrará, além de muita vegetação preservada, diversas atividades e cachoeiras, que terão roteiros acompanhados pela equipe local. Prepare-se para caminhar e encarar um dos passeios mais ligados à natureza em toda a região.

Mesmo sendo uma instituição particular, o Contemplário é um dos locais mais procurados pelos viajantes. É possível conhecer as plantações de lavanda e o processo de cultivo, tomar um delicioso café na lanchonete interna ou ainda comprar um souvenir na lojinha. Leve a família para passear e aproveite para comprar um presente para alguém querido.

Antigamente utilizada como refúgio pelos índios e escravos, a Gruta da Canhambora possui 60 galerias interligadas, que lhe renderão um passeio diferenciado. Para chegar lá, além da estrada asfaltada, há um caminho de terra, seguido de breve caminhada. As cachoeiras e belezas naturais são tantas que é possível passar o dia todo conhecendo o local.

Além das várias cachoeiras, trilhas, grutas, picos e opções eco turísticas, Cunha destaca-se por seus festivais. Os principais são o do Pinhão, realizado em entre abril e maio, e o de Inverno, que acontece já há 18 anos, sempre em julho. A cidade ainda é produtora de excelentes peças em cerâmica e de joias de lápis-lazúli. Mas se você quiser uma opção mais gastronômica, não deixe de conhecer a cervejaria local e desfrutar de uma gelada.

Texto por: Heitor Herruso

Foto destaque por: Miguel Schincariol / Banco de Imagens do Estado de São Paulo

Comentários