logo

Telefone: (11) 3024-9500

Miches e Baní: destinos tendência da República Dominicana | Qual Viagem Logo

dunas-de-bani_2-1

Miches e Baní: destinos tendência da República Dominicana

18 de abril de 2019

Com montanhas, praias e lagos lindos, diversificadas atividades e desenvolvimentos importantes no setor hoteleiro, Miches e Baní se consolidam como dois destinos turísticos de excelência em ascensão na República Dominicana, surpreendendo os viajantes com um novo mundo a se descobrir, além dos destinos já consolidados.

“A indústria turística dominicana continua em permanente evolução com novos destinos pouco explorados e interessantes, prontos para mostrar encantos próprios e atrair viajantes de todo o mundo”, afirma Magaly Toribio, assessora de Marketing do Ministério do Turismo da República Dominicana (MITUR). “Miches e Baní são exemplos de destino cuja atividade e crescimento respondem a um salto no potencial atrativo turístico, que tem sido complementado por investimentos significativos feitos em matéria de infraestrutura e estradas”.

Chamada o “paraíso do leste”, Miches é uma belíssima cidade localizada na costa sul da Bahía de Samaná, de frente para o Oceano Atlântico na província de El Seivo. A menos de uma hora de automóvel do Aeroporto Internacional de Punta Cana por uma moderna estrada, esse destino deslumbra os visitantes com diversos atrativos naturais.

A aventura está garantida em Miches. Visitar a Montanha Redonda, desde o topo, onde pode-se contemplar uma vista espetacular do oceano, cidade, lagoas e montanhas em 360 graus, em uma experiência inesquecível. Já lá em cima, um balanço localizado bem na borda da colina verde convida os turistas a agregarem uma nova fonte de adrenalina ao passeio.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Outra excursão recomendável é o Parque Nacional Salto de la Jalda, de 120 metros de altura, considerado o mais alto do Caribe. O trajeto para chegar lá toma algumas horas, mas a recompensa é desfrutar de uma imponente paisagem de montanhas, em meio à vegetação local. A Lagoa Limón, de água doce, e a Lagoa Redonda, de água salgada, são reservas científicas inigualáveis pela biodiversidade, flora e fauna, e podem ser acessadas em um bote, passeio ideal para os amantes da natureza e da observação de animais.

As praias maravilhosas são outro atrativo de Miches. Com areia branca, água turquesa e um fabuloso arrecife, a Praia Esmeralda é perfeita para mergulhar, praticar snorkel, fazer um passeio de caiaque ou simplesmente tomar sol. Rodeada de coqueiros, a linda Praia Limón, a 20 quilômetros de Miches, é ideal para relaxar ou aproveitar uma das cavalgadas que são organizadas lá, contemplando o entardecer.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Além de ser uma zona de pesca, a próspera comunidade de Miches cultiva todo o tipo de frutas e verduras e, por isso, é o destino indicado para saborear a deliciosa gastronomia local e especialidades preparadas com plátano, coco, mamão papaya e manga.

Indo ao sudoeste do país, a apenas 65 quilômetros de Santo Domingo, Baní é outro dos destinos em ascensão da República Dominicana. Conhecida como a “capital do sul”, esta cidade, a mais importante da província de Peravia, atrai visitantes com uma beleza natural exótica e maravilhosa.

A paisagem mais impressionante deste destino são as Dunas de las Calderas, melhor conhecidas como as Dunas de Baní, monumento natural situado no povoado de Las Calderas, nos arredores da vila de Baní. Nas enormes dunas de areia, com uma largura de 15 quilômetros e uma altura de 35 metros, cactos e arbustos de diversos tipos crescem como em um verdadeiro deserto no Caribe. E tem mais: ao chegar no topo das dunas, a paisagem se transforma e deslumbra com a Praia Salinas. Com águas azul marinho, grandes ondas e um vento forte, esta praia é ideal para a prática de windsurf e kitesurf.

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Baní é um destino fabuloso para viver uma das festas mais populares da cultura dominicana: o carnaval. Durante o Carnaval Regional Banilejo, que este ano é comemorado no dia 28 de abril, a cidade se transforma em um verdadeiro cenário a céu aberto, reunindo milhares pessoas de diferentes povos do país e do exterior, que participam deste colorido evento cultural, para celebrar os personagens Roba la Gallina, Los Diablos Vacases, Las Ciguapas e outros.

Um tour pelas famosas salinas de Baní, antes de chegar ao coração da cidade, oferece a possibilidade de percorrer pelas imensas esplanadas cobertas de montanhas de sal e conhecer como se fabrica o sal marinho que é comercializado e exportado.

Mais informações em: godominicanrepublic.com

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Divulgação

Comentários