logo

Telefone: (11) 3024-9500

Lempuyang Temple: um dos seis lugares mais sagrados de Bali | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ Nick Burgoyne

Lempuyang Temple: um dos seis lugares mais sagrados de Bali

22 de março de 2019

O complexo de templos Lempuyang, que fica na colina Seraya, em Karaugasem, forma um dos lugares mais sagrados – e cênicos – de Bali. Dividido em sete templos, o local tem grande importância para a cultura e religião balinesas e, apesar de não ser tão famoso quanto outros templos do destino – em muito por conta de sua remota localização – é um reduto de paz e belas paisagens.

Para explorar os templos, o ideal é fazer um passeio com guia e motorista balinês, já que o estacionamento é limitado. Ao chegar lá, o visitante se depara com o primeiro templo, logo antes da escadaria de 1700 degraus. Esse primeiro local sagrado é conhecido como a “porta de entrada para o céu”, por se assemelhar a um portal em meio às montanhas. O cenário é incrível e rende belas fotos. A parada é ótima para ganhar um último fôlego antes de encarar a subida.

Foto por Istock/ dmf87

Foto por Istock/ dmf87

Depois dali, a vista que se tem é da impressionante arquitetura dos templos e de suas enormes escadarias. São três: uma no meio, e outras duas em cada ponta. Segundo as tradições locais, os turistas só podem subir pelos degraus laterais. O ideal é subir sem pressa, conhecendo todos os templos pelo caminho até chegar ao mais alto, o Lempuyang Luhur, que está a 1058 metros de altura.

Foto por IStock/ TimArbaev

Foto por IStock/ TimArbaev

De lá de cima, a vista que se tem das montanhas nos arredores é deslumbrante. Vale a pena subir bem cedinho para ver o nascer do sol nas encostas dos montes. O pôr do sol também forma um belo cenário, porém, é bastante comum o tempo ficar nublado nos fins de tarde.

Foto por Istock/ HuxleyMedia

Foto por Istock/ HuxleyMedia

A subida a um dos lugares mais sagrados de Bali é levada a sério pelos peregrinos. Segundo eles, o trajeto faz parte de uma jornada espiritual onde não se pode reclamar da subida. Faz parte da experiência!

Além disso, os visitantes dos Lempuyang Temple devem seguir algumas regras para uma visita respeitosa, de acordo com as tradições locais. É essencial estar de sarongue, com joelhos e ombros cobertos. E também respeitar ao máximo as cerimônias que ocorrem por lá.

Foto por Istock/ dmf87

Foto por Istock/ dmf87

O passeio dura em média quatro horas, ida e volta, portanto é ideal reservar um dia para conhecê-lo da melhor forma.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ Nick Burgoyne

Comentários