logo

Telefone: (11) 3024-9500

Klein Curaçao: paraíso perdido nas águas do Caribe | Qual Viagem Logo

Foto por Marco Jorge Maradei

Klein Curaçao: paraíso perdido nas águas do Caribe

9 de agosto de 2017

Quem visita Curaçao se surpreende com um passeio de barco que é surpreendente. Representada pela estrela menor na bandeira da ilha , “Klein (que significa pequena, em holandês) Curaçao” é uma ilhota situada a 1h30 de barco partindo da capital do país. É um verdadeiro paraíso perdido no Caribe. Não tem habitantes, e suas belezas são únicas.

Foto por Marco Jorge Maradei

Foto por Marco Jorge Maradei

Para chegar até lá é preciso comprar um passeio em uma das empresas que operam esse roteiro. Na verdade o que mais encanta nesse local, além da sensação que Deus fez o lugar para o seu puro relax, é a possibilidade de ver muitas tartarugas nadando livremente, além de uma quantidade e variedade  enorme  de peixes coloridos e de diversos tamanhos e formas com ou sem snorkel. De cima do barco ou de locais mais altos.

Uma das coisas mais bacanas de mergulhar em Curaçao é que você não precisa de barco para chegar no local dos corais. Você vai apenas montar seu equipamento na beira da praia e entrar no mar normalmente, até chegar na parte própria para afundar e mergulhar.

O passeio de barco custa  de 109 dólares para adultos e U$ 55 crianças entre 4 e 12 anos. O pacote  inclui  Open Bar – cervejas Polar e Amstel, vinhos branco, rose e tinto, refrigerantes, sucos e água,além de petiscos, frutas,  equipamentos para mergulho e para finalizar um completíssimo churrasco. Existem mais de 4 empresas que operam esse roteiro, mas indicamos a Bluefinncharetrs.  Se você costuma enjoar em barcos, tome um remedinho antes da viagem começar, pois o balanço na ida é intenso. Fique sempre atento às coordenadas do capitão e aproveite cada minuto com vistas de paisagens maravilhosas. Dá até pra ver os golfinhos acompanhando o barco.

A ilha é fantástica e bem pequena. O maior espetáculo é o maravilhoso degradê de azuis que vão do royal ao piscina, sem falar na areia que é ultrabranca, parece açúcar.

Na ilhota existe um farol em manutenção e um navio naufragado nas suas histórias, cenários perfeitos para ótimas fotografias.

Foto por Cláudio Lacerda Oliva

Foto por Cláudio Lacerda Oliva

O vento nessa região do país sopra constantemente de maneira forte e acaba enganando os turistas menos avisados sobre a necessidade de utilizar bastante protetor e filtro solar. A equipe de brigada dos barcos sempre emprestam  snorkels, mas se tiver o seu, ficará mais seguro para ver de perto as maravilhas do fundo do mar. O passeio parte regularmente as 9 horas da manhã e retorna entre 16 e 17 horas. Confira: bluefinncharters

Mais informações: curacao.com

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva.

Foto destaque por Marco Jorge Maradei

Jornalista e fotógrafo foram a Curaçao a convite do CTB e Governo de Curaçao

 

Comentários