logo

Telefone: (11) 3024-9500

Kew Gardens: belos jardins botânicos ao lado de Londres | Qual Viagem Logo

Small lake on an estate in a beautiful rural setting with large flower pot in the foreground

Kew Gardens: belos jardins botânicos ao lado de Londres

2 de maio de 2017

Fora do agito da capital inglesa, os arredores de Londres escondem um refúgio de tranquilidade e de extrema beleza. Trata-se dos Royal Botanic Gardens (Reais Jardins Botânicos), ou apenas Kew Gardens. Referência internacional, esse jardim reúne a maior e mais diversificada coleção de espécies botânicas no mundo e é reconhecido como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

istock-139377134

Foto por iStock / Emble

Em uma área ampla às margens do Rio Tâmisa, há mais de 14 mil árvores e 30 mil tipos diferentes de plantas provenientes de diversos climas, do tropical ao alpino. Entre caminhos cercados por muito verde e o colorido das flores, há também belas construções arquitetônicas, entre estufas de vidro e outros prédios históricos. Tudo isso a apenas 15 km a oeste do centro de Londres, em Richmond.

Bench under the tree in the Royal Botanic Gardens in London

Foto por iStock / naumoid

Kew Gardens foram fundados em 1759 e, desde então, têm um importante papel nos estudos de botânica. O local também se tornou uma popular atração turística, atraindo visitantes de todo o mundo. Abre todos os dias e os ingressos custam 15,50 libras (adultos). Tours informativos estão inclusos no preço.

The Royal Botanic Gardens, Kew was founded in 1759 and declared a UNESCO World Heritage Site in 2003.

Foto por iStock / mitakag

Entre as principais atrações dentro dos jardins está a Treetop Walkway, uma via de 200 metros de extensão erguida a 18 metros de altura, com lindas vistas entre as copas das árvores. Construção icônica do local, a Palm House é uma grande estufa de ferro e vidro, que sustenta em seu interior um ecossistema tropical. Outras estufas importantes são a Temperate House e o Princess of Wales Conservatory, inaugurado pela Princesa Diana em 1987.

Front view of Kew palace in Kew gardens

Foto por iStock / vladimirzahariev

Não só o paisagismo, mas a arquitetura tem destaque em Kew Gardens. O local abriga desde o Palácio de Kew (residência de veraneio do Rei George III) e o Queen Charlotte’s Cottage (um chalé que pertencia à família real no século XIX), a um alto pagode de estilo chinês com 50 metros de altura.

Mais informações em: kew.org

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / PaulVinten

Comentários